Huto Izakaya, no Campo Belo, é novo bar-restaurante de Fabio Honda
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Huto Izakaya, no Campo Belo, é novo bar-restaurante de Fabio Honda

Rafael Sousa Muniz de Abreu

18 de fevereiro de 2016 | 16h52

Foto: Felipe Rau/Estadão

Foto: Felipe Rau/Estadão

O Huto Izakaya foi inaugurado sem muito alarde em janeiro, mas a casa merece bastante atenção desde já. Projeto de Fabio Honda, que comanda o japonês Huto – estrelado pelo Guia Michelin em 2015 – o bar-restaurante serve versões sofisticadas e autorais das comidinhas típicas dos botecos japoneses.
Embora se mostre um pouco cara, a proposta é atraente: entre a grande variedade de pratos, opções caprichadas com sabores equilibrados.

A chapa e os cozinheiros, que preparam porções reduzidas e individuais de petiscos e robatas, ficam diante de um balcão de madeira com alguns assentos, embora também haja mesas e cadeiras confortáveis.

Entre as boas pedidas, o ‘Spice No Shissô’ (R$ 23), tartar de atum temperado com pimenta Sriracha, ovas de massagô e gergelim torrado sobre tempurá de shissô (folha japonesa), e o ‘Ebi Missô’ (R$ 36), bolinhos de camarão fritos em óleo de gergelim ao molho de laranja, missô e pimenta. Experimente também robatas quentinhas e macias, como a de kobe beef com foie gras (R$ 18).

A carta de bebidas é variada, mas pouco autoral. Além de cervejas especiais (R$ 24/R$ 39) e saquês (R$ 24/R$ 35, a dose), oferece bons drinques como o ‘Dry Martini de Lichia’ (R$ 26), que leva vodca, vermute seco e licor de pêssego, e tradicional ‘Aperol Spritz’ (R$ 35).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.