Festival Internacional de Mulheres no Cinema e outros seis eventos de cinema na capital
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Festival Internacional de Mulheres no Cinema e outros seis eventos de cinema na capital

André Carmona

28 Junho 2018 | 15h59

‘Que Língua Você Fala?’ abre festival Festival Internacional de Mulheres no Cinema. Foto: FIM

FIM – Festival Internacional de Mulheres no Cinema
De 4ª (4) a 11/7, será realizada a primeira edição do FIM – Festival Internacional de Mulheres no Cinema. A mostra traz competições de longas internacionais e nacionais, exibições especiais e cursos – sempre destacando o protagonismo feminino nas telas e por trás das câmeras. A primeira homenageada é a atriz Zezé Motta. Ao todo, 28 produções integram a programação. As sessões ocorrem no Espaço Itaú Augusta, no CPF Sesc e no CineSesc. Este último recebe a abertura do evento, na 4ª (4), às 20h30, com a exibição do documentário ‘Que Língua Você Fala?’ (foto), de Elisa Bracher, em sessão gratuita (retirar ingresso 1h antes). Programação completa.

Lobo à Espreita
Nos meses de junho, julho e agosto, sempre às terças-feiras, o Sesc Santana apresenta a mostra, que homenageia o centenário do diretor sueco Ingmar Bergman. Suas obras estão, em geral, centradas no estudo psicológico dos personagens e das famílias disfuncionais. Na 3ª (3), às 20h, tem sessão de ‘Persona’ (1966). Sesc Santana. Av. Luiz Dumont Villares, 579, 2971-8713. Grátis (retirar ingresso 1h antes).

Mostra Miguel Picazo
O Instituto Cervantes de São Paulo homenageia o cineasta, morto há dois anos. Menos conhecido do público brasileiro, Miguel Picazo é considerado ícone do Novo Cinema Espanhol, movimento que tomou forma na década de 1960. O evento ocorre durante as quintas-feiras do mês de junho e vai exibir quatro longas do diretor. Na 5ª (5), às 19h, será projetado o documentário ‘Miguel Picazo, um Cineasta Extramuros’. Av. Paulista, 2.439, metrô Consolação, 3897-9600. Grátis (retirar ingresso 1h antes).

Cidade em Chamas: o Cinema de Hong Kong
O cinema de Hong Kong, que fascinou o ocidente e lançou grandes astros, como Bruce Lee, Jackie Chan e Chow Yun-Fat, ganhará mostra inédita no CCBB. Ao todo, serão 23 longas-metragens, que abrangem desde o auge do sucesso da produtora Shaw Brothers, nos anos 1960 e 1970, até quando a colônia foi devolvida à China, em 1997. No sábado (30), tem sessão dupla: ‘O Grande Mestre Beberrão’ (17h) e ‘Confissões Intimas de uma Cortesã Chinesa’ (19h). CCBB. R. Álvares Penteado, 112, Centro, 3113-3651. R$ 10. Programação completa.

TRANSdocumenta
Até 9/7, o Museu da Diversidade Sexual, a Casa das Rosas e o MIS recebem a mostra, que irá discutir assuntos ligados à transexualidade por meio de exibição de filmes, debates, exposições fotográficas, entre outras atividades. Hoje (29), tem sessão de ‘Última Chance’ (16h), documentário do canadense Paul-Émile d’Entremont, e do nacional ‘Quarto Camarim’ (18h), de Fabrício Ramos e Camele Queiroz, ambos no Museu da Diversidade Sexual. R. do Arouche, 24, metrô República, 3882-8080. Grátis. Programação completa.

Cine Rodízio: Mostra Japão
No mês de julho, a programação de cinema do CPF Sesc presta uma homenagem aos 110 anos da imigração japonesa com uma seleção de filmes contemporâneos do país asiático. Na 2ª (2), às 17h, o evento exibirá a animação ‘O Conto da Princesa Kaguya’, de Isao Takahata. O filme é baseado no conto popular ‘O Corte do Bambu’. CPF Sesc. R. Dr. Plínio Barreto, 285, 4º andar, Bela Vista, 3254-5600. Grátis (retirar ingresso 1h antes).

Touki Bouki – A Viagem da Hiena
No sábado (30), às 16h30, o IMS exibe o primeiro longa-metragem do cineasta senegalês Djibril Diop Mambéty. O filme narra o encontro de um vaqueiro-motociclista e uma jovem universitária, que se conhecem em Dacar, mas sonham em se mudar juntos para a França. IMS. Av. Paulista, 2.424, Bela Vista, 2842-9120. R$ 8.