Festival com pratos das cozinhas paulista e baiana está entre as dicas de restaurantes na cidade
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Festival com pratos das cozinhas paulista e baiana está entre as dicas de restaurantes na cidade

Lucineia Nunes

26 de julho de 2018 | 15h34

Foto: Romulo Fialdini

Pratos das cozinhas paulista e baiana integram o Festival Brasileirinho da Mercearia do Conde. Até 3ª (31), será possível provar receitas como o ‘Farnel dos Bandeirantes’ (R$ 74; foto), com frango, linguiça, pupunha, tomate e ovo. R. Joaquim Antunes, 217, Jd. Paulistano, 3081-7204. 12h/16h e 19h/23h30 (6ª, 12h/0h30; sáb., 12h30/0h30; dom., 12h30/23h).

Foto: Guilherme Oliveira

A partir de hoje (27), o Templo da Carne Marcos Bassi promove seu festival anual de costela do contrafilé. O corte (R$ 398), levado à mesa no espeto e depois fatiado em bistecas (foto), serve quatro pessoas e vem acompanhado de arroz com ovos mexidos e batata palha. R. 13 de Maio, 668, Bela Vista, 3288-7045. 11h/0h (dom., 11h/18h).

Confira outras dicas de restaurantes na cidade:

Novos

Futuro Refeitório
Fica num enorme galpão, que mistura a rusticidade do antigo estacionamento com a cozinha moderna e aberta, que integra padaria e bar. Na casa da chef Gabriela Barretto, do Chou, brilham principalmente os vegetais e os pães. O menu abre com itens do café da manhã. No almoço, entram em cena os combos (R$ 36/R$ 43), que são montados pelo cliente com as sugestões do menu, incluindo opções vegetarianas, a exemplo do arroz preto com coco, abóbora e sementes, e do ‘Pappardelle ao Pesto do Jardineiro’. No jantar, as pedidas são à la carte. No fim de semana, vigora o menu de brunch. R. Cônego Eugênio Leite, 808, Pinheiros, 3085-5885 (64 lug.). 8h/22h30 (6ª, 8h/23h; sáb., 9h/16h e 19h/23h; dom., 9h/16h). Cc.: todos. Cd.: todos.

Árabe

Farabbud
Um restaurante pequeno e caprichado. Entre as opções estão a linguiça árabe de carne bovina (R$ 35) e o quibe de peixe (R$ 49). Há também ‘Chich Barak’, capelete de vitela cozido na coalhada fresca (R$ 54). Para fechar, peça o ‘Chocolamour’, sorvete com coberturas e farofa (R$ 29). Al. dos Anapurus, 1.253, Moema, 5054-1648 (50 lug.). 12h/15h30 e 18h30/22h30 (sáb., dom. e fer., 12h/22h30). Cc.: todos. Cd.: todos.

Brasileiro

Bananeira
No salão amplo e agradável, há plantas por todos os lados. Uma boa pedida é a moqueca de camarão com molho de coco e farofa de dendê (R$ 190, para dois). O menu traz ainda o bife ancho com ervas, farofa de banana-da-terra e vinagrete (R$ 75) e, de sobremesa, o ‘Bananérrimo’ (R$ 18), com sorvete de banana, bananada, pastelzinho e brulée de banana com gengibre. R. Marechal Hastinfilo de Moura, 419, Morumbi, 3542-4630 (300 lug.). 18h/23h (dom. e fer., 12h/17h; fecha 2ª). Cc.: todos. Cd.: todos.

Caxiri
Com atmosfera simpática, funciona como um bistrozinho de comida brasileira. No almoço, de 2ª a 6ª, serve menu executivo, que pode ser montado com entrada, prato e sobremesa (R$ 34/R$ 49). O menu muda a cada semana. Um dos pratos executivos é o peixe grelhado com baião de dois à moda de Manaus (R$ 34), com arroz, feijão fradinho, tomate, queijo coalho, ervas, tucupi e banana grelhada. Aos sábados, o menu é à la carte. Experimente o ‘Gratinado de Pirarucu à Casaca’ (R$ 56), com pirarucu seco, banana-da-terra, tomate, cebola, jambu, farinha e arroz cremoso de tucupi. R. Ferreira de Araújo, 1.025, Pinheiros, 3562-7696 (54 lug.). 12h/15h (sáb., 12h/16h; fecha dom.). Cc.: A, E, M e V. Cd.: A, E, M e V.

Carnes

Cortés Asador
A casa de carnes do grupo Ráscal serve bons cortes bovinos, acompanhados de vinagrete ou chimichurri, como o suculento ancho (R$ 79), o ‘Vacio Dianteiro’ (R$ 75) e a costelinha suína desossada (R$ 66). Somam-se às sugestões o carré de cordeiro (R$ 94) e as sobrecoxas desossadas (R$ 54). Para acompanhar, farofa de ovo (R$ 24) e parillada de legumes (R$ 44). Shopping Villa-Lobos. Av. das Nações Unidas, 4.777, Alto de Pinheiros, 3024-4301 (135 lug.). 12h/15h15 e 18h30/22h15 (6ª, até 23h15; sáb., 12h/23h15; dom., 12h/22h15). Cc.: todos. Cd.: todos.

Pobre Juan
O nome deste confortável restaurante argentino é uma referência ao churrasqueiro, que passa horas em pé. No menu, há bons cortes como ojo de bife (R$ 89,40, 250g) e bife ancho (R$ 94,90, 340g). Durante a semana, no almoço, serve o ‘Menu Parrillero’ (a partir de R$ 49,40), com salada, carne, acompanhamento e sobremesa. Para finalizar, peça a panqueca de doce de leite com sorvete de creme (R$ 36,90). R. Comendador Miguel Calfat, 525, V. Nova Conceição, 2397-0099 (200 lug.). 12h/15h e 19h/23h (6ª, 12h/16h e 19h/0h; sáb., 12h/0h; dom. e fer., 12h/19h). Cc.: todos. Cd.: todos.

Rubaiyat
A tradicional casa de carnes prepara cortes provenientes do rebanho da Fazenda Rubaiyat em Dourados (MS). É o caso da ‘Picanha Summus’ (R$ 139), com pouca gordura. Além dos pratos do menu, monta bufês, que mudam de acordo com o dia da semana: 2ª a 5ª e domingo são reservados à comida mediterrânea (R$ 180), com opções como bacalhau, paella e camarão; sábado é servida a feijoada (R$ 95); e 6ª tem pescados (R$ 196). Al. Santos, 86, Jd. Paulista, 3170-5136 (350 lug.). 12h/16h e 19h/0h (sáb., 12h/0h; dom., 12h/18h). Cc.: todos. Cd.: todos.

Vento Haragano
Os cerca de 25 cortes de carnes do rodízio (R$ 136) são levados à mesa por garçons vestidos de gaúchos. Mas a picanha vem da Austrália e o contrafilé, da Argentina. Já o carneiro, servido na paleta e no carré, pode vir do Chile ou do Uruguai. Destaque para o pernil de javali. Experimente também um dos mais de 500 rótulos de vinhos da adega. Av. Rebouças, 1.001, Cerqueira César, 3083-4265 (350 lug.). 11h30/16h e 18h30/23h45 (sáb., 11h30/23h45; dom., 11h30/23h). Cc.: todos. Cd.: todos.

Espanhol

Maripili
A casa homenageia as tascas madrilenhas. No cardápio, pratos como o ‘Gazpacho’, sopa fria de tomates com pepinos, cebolas e pimentão (R$ 8), e a tortilha de ovos, cebolas e batatas (R$ 9). Não deixe de provar o ‘Pan con Tomate’ (R$ 12), o ‘Rabo de Touro’ (R$ 48) ou uma porção de presunto cru (R$ 34, o Serrano; R$ 52, o Ibérico). Também vale a pena considerar as sugestões listadas na lousa. R. Alexandre Dumas, 1.152, Chácara S. Antônio, 5181-4422 (32 lug.). 12h/22h30 (sáb., 12h/15h30 e 19h/22h30; dom. e fer., 12h/15h30). Cc.: todos. Cd.: todos.

Francês

La Casserole
É um patrimônio da cidade. Se possível, reserve as mesas de frente para o mercado de flores. Faz alguns pratos modernizados, mas brilha nos itens da cozinha francesa clássica, como a terrine do dia (R$ 38). A perna de cordeiro assada com feijão branco (R$ 82) é ótima, assim como as receitas com pato. Serve almoço executivo de 3ª a 6ª (R$ 59). Lgo. do Arouche, 346, V. Buarque, 3331-6283 (70 lug.). 12h/15h e 19h/0h (sáb., 12h30/16h e 19h/0h30; dom., 12h30/16h30; fecha 2ª). Cc.: todos. Cd.: todos.

Rendez-Vous
Lugar despretensioso, com comida típica dos bistrôs parisienses. A cozinha entra em operação logo cedo, com café da manhã das 8h às 12h. Depois valem as seções de ‘snacks’ e de pratos para o almoço ou jantar. Durante a semana, o menu executivo sai por R$ 35. Entre os principais, há ‘Tartare de Boeuf’ (R$ 45) e ‘Entrecôte de Angus’ (R$ 65), ao molho poivre e batata gratinada com creme e alho. Vale encerrar com o bom creme brulée (R$ 21). R. Fradique Coutinho, 179, Pinheiros, 4564-0146 (60 lug.). 8h/23h (fecha 2ª). Cc.: todos. Cd.: todos.

Italiano

Pasquale
Lugar simples e bom para ir em grupos. O restaurante de Pasquale Nigro é famoso pelos antepastos feitos na casa e pelas massas frescas. Sem medo de errar, peça o orechiette com bacalhau (R$ 67); o carbonara, com pancetta ou bacon, ovo e pecorino (R$ 48); e o ‘Zucchini e Gamberi’, massa fatiada com abobrinha e camarão (R$ 64). R. Girassol, 66, V. Madalena, 3081-0333 (115 lug.). 12h/0h (dom., 12h/17h; 2ª, 18h/0h). Cc.: todos Cd.: todos.

Tatini
Casa tradicional em que são servidas as receitas da família toscana Tatini, que chegou ao Brasil em 1954. Tem clientela fiel há anos. O cardápio inclui estrogonofe de filé mignon e cogumelos (R$ 94); ‘Steak Diana’, filé mignon no molho rôti, com arroz no molho da carne (R$ 94); e ravióli de pato (R$ 72). R. Batataes, 558, Jd. Paulista, 3885-7601 (80 lug.). 12h/15h e 19h/0h (6ª, até 0h30; sáb., 12h/16h e 19h/0h30; dom., 12h/17h; fecha 2ª). Cc.: todos Cd.: todos.

Japonês

Nosu
Dona do mineiro O Compadre, a família também se arrisca na culinária japonesa. A casa chama a atenção pela fachada de bambus, que se estende ao salão com pé direito alto. Do balcão saem sushis mais graúdos, a exemplo dos de vieira (R$ 24, a dupla) e de ouriço-do-mar (R$ 25). O temaki de barriga de salmão (R$ 18) também vale a pedida. Na ala dos quentes, o ‘Beef Shogayaki’ (R$ 32) traz tiras de filé mignon com molho de missô e gengibre. O almoço executivo custa a partir de R$ 59. Finalize com o brownie com sorvete de wasabi (R$ 18). R. Maria Curupaiti, 414, Santana, 2283-5822 (80 lug.). 12h/15h e 19h/23h (6ª e sáb., até 23h30; dom., 12h/15h30 e 19h/22h30; fecha 2ª). Cc.: todos. Cd.: todos.

Peixes e frutos do mar

Dalmo Bárbaro
Em um sobrado amplo e avarandado, tem cardápio idêntico ao das casas no litoral paulista. O almoço durante a semana, com entrada, prato e sobremesa (R$ 49 a R$ 76) traz receitas que figuram no menu, como o ‘Scarpa Especial’ (R$ 153, para dois), filé de pescada-cambucu com molho de manteiga e alcaparras, servido com batata sautée, e o espaguete com frutos do mar (R$ 153, para dois). R. Gironda, 188, Jd. Paulista, 2985-4002 (150 lug.). 12h/0h (dom. e fer., 12h/18h; fecha 2ª). Cc.: todos. Cd.: todos.

La Mar
A cozinha da casa elegante e moderna do limenho Gastón Acurio, está sob o comando do chef Diego Zarazui, que prepara receitas peruanas. Entre as pedidas, o ‘Ceviche Nikkei’ leva cubos de atum ou salmão temperados com tamarindo, shoyu e ají panca (R$ 45). R. Tabapuã, 1.410, Itaim Bibi, 3073-1213 (120 lug.). 12h/15h e 19h/0h (6ª, até 1h; sáb., 13h/17h e 20h/1h; dom., 13h/17h). Cc.: todos. Cd.: todos.

Pizzaria

Oficina de Pizzas
Assa redondas de massa fina a média, que variam de R$ 61,60 a R$ 88,20. Experimente a ‘Purpurina’ (R$ 79,90), que combina muçarela com alho torrado (R$ 79,90); e a ‘Abobrinha’ (R$ 79.90), com molho de tomate, abobrinha refogada, muçarela e gorgonzola. R. Purpurina, 517, V. Madalena, 3816-3749 (90 lug.). 19h/0h (6ª e sáb., 19h/1h). Cc.: todos. Cd.: todos.

Português

Casa Santos
Em meio a fotos de Portugal e azulejos decorados, serve bacalhau grelhado na churrasqueira com azeite, alho frito, brócolis e batatas coradas (R$ 189,90, para dois). Também sugere opções da culinária brasileira, caso da picanha com arroz, farofa e fritas (R$ 84,90). R. Conselheiro Dantas, 92, Pari, 3228-5971 (122 lug.). 11h/23h (dom. e fer., 11h/17h). Cc.: todos. Cd.: todos.

Variada

150 Maksoud
Fica no hotel Maksoud Plaza e tem menu amplo, com direito a ceviche, hambúrguer, massas e risotos. Entre os pratos, estão o carré de cordeiro com molho de hortelã e batatas assadas ao alecrim (R$ 98); o wok indiano de legumes (R$ 42); e, para fechar, tarte tatin com calda de damasco (R$ 28). R. São Carlos do Pinhal, 424, Bela Vista , 3145-8000 (140 lug.). 6h/0h (6ª e sáb., 6h/1h). Cc.: todos. Cd.: todos.