Exposição de Cildo Meireles está entre as próximas inaugurações em São Paulo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Exposição de Cildo Meireles está entre as próximas inaugurações em São Paulo

Júlia Corrêa

16 de setembro de 2019 | 17h35

Com obras dos anos 1960 até os dias atuais, o maior acervo já exposto de Cildo Meireles na América Latina compõe Entrevendo, mostra com curadoria de Júlia Rebouças e Diego Matos. O conjunto reúne 150 obras, que não formam exatamente uma retrospectiva, mas dão uma boa ideia da intensa produção do renomado artista brasileiro.

Os curadores conceberam a mostra a partir de duas premissas. Uma delas é a ideia polissêmica de ‘sentido’, uma vez que Meireles costuma questionar o da visão, valorizando, por exemplo, aspectos como a sinestesia. A outra premissa relaciona-se com o local da mostra: com projeto de Lina Bo Bardi, o Sesc Pompeia amplia as possibilidades de interação com as obras, que ocupam mais de 3 mil m² da unidade.

Foto: Joaquín Cortés e Román Lores

Entre os itens exibidos, será possível conferir grandes instalações. Entre elas, ‘Missão, Missões (Como Construir Catedrais)’, de 1987, que ganha nova versão. Composta por moedas, ossos de boi e centenas de hóstias, a obra remonta à catequização dos povos indígenas e se relaciona com a crítica à violência colonial feita em ‘Olvido’, formada por uma tenda indígena coberta por cédulas de dinheiro, que abriga um ruído de motosserra.

Também estão presentes desenhos, objetos e documentos de séries como ‘Arte Física’, de 1969 (foto abaixo). Entre outros destaques, a instalação ‘Volátil’ convida o público a percorrer uma sala escura, iluminada por uma única vela, na qual o artista busca explorar sensações ligadas ao medo.

ONDE: Sesc Pompeia. R. Clélia, 93, 3871-7759. QUANDO: Inauguração: 5ª (26). 10h/21h30 (dom. e fer., 10h/19h30; fecha 2ª). Até 2/2/2020. QUANTO: Grátis.

CONFIRA OUTRAS INAUGURAÇÕES

Caciporé & Toyota – Formas em União | Dicotomia em Diversidade Visual – Ocidente & Oriente
Com curadoria de Issao Minami, a exposição reúne esculturas dos dois artistas, criadas para ocupar espaços públicos e complexos arquitetônicos. Clube Atlético Monte Líbano. Av. República do Líbano, 2.267, Jd. Luzitânia, 94739-9990. Inauguração: 4ª (25). 10h/21h. Grátis. Até 13/10.

Cássio Lázaro
A mostra ‘Segmentos’, com curadoria de Octávio Guastini, destaca um conjunto de 50 obras inéditas do escultor, com trabalhos em aço de grandes e pequenas dimensões. Galeria de Arte André. R. Estados Unidos, 2.280, Jd. Paulistano, 3081-9697. Inauguração: 4ª (25). 10h/20h (sáb., 10h/14h; fecha dom.). Grátis. Até 19/10.

Comigo Ninguém Pode
A Galeria Jaqueline Martins apresenta trabalhos feitos por artistas mulheres desde os anos 1960 até hoje. Buscando questionar noções ligadas ao feminino, a coletiva reúne trabalhos, em diferentes suportes, de nomes como Amélia Toledo, Ana Mazzei, Letícia Parente, Maria Noujaim e Regina Vater. A mostra ainda inclui publicações e livros produzidos por mulheres, além de uma seleção de vídeos exibidos a partir de uma parceria com a Associação Cultural Videobrasil. R. Dr. Cesário Mota Junior, 433, V. Buarque, 2628-1943. Inauguração: 3ª (24). 10h/19h (sáb., 12h/17h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 24/1/2020.

Galeria Luisa Strina
A galeria inaugura duas mostras. ‘Qual’, de Laura Lima, apresenta um conjunto de obras feitas com tule e gelo seco. Suspensos no ambiente expositivo, os trabalhos propõem uma experiência multissensorial, que evoca o imaginário fotográfico. Já ‘ProjectionSoul’, de Matias Duville, reúne desenhos de grandes dimensões feitos com carvão vermelho e esculturas feitas com argila fundida em bronze. R. Pe. João Manuel, 755, Cerqueira César, 3088-2471. Inauguração: 4ª (25). 10h/19h (sáb., 10h/17h; fecha dom.). Grátis. Até 9/11.

Geraldo Souza Dias
Em ‘Ora Bolas, Ora Retângulos’, o artista expõe um conjunto de 60 pinturas a óleo e colagens produzidas nos últimos cinco anos. Com composições geométricas e construtivas, as obras remetem, por exemplo, à paisagem urbana. Espaço Cultural Contraponto. R. Medeiros de Albuquerque, 55, V. Madalena, 3814-3769. Inauguração: 4ª (25). 12h/18h (sáb., 11h/14h; fecha dom.). Grátis. Até 5/10.

Marisa Garcia de Souza
A mostra ‘Minha Trajetória no Mundo dos Livros’ é composta por 30 trabalhos que revelam sua trajetória pelo mundo da encadernação dos livros em diferentes técnicas, incluindo sua produção de livros de artista. A curadoria é de Marcelo Salles. Casa Contemporânea. R. Capitão Macedo, 370, V. Mariana, 2337-3015. Inauguração: 3ª (24). 14h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 26/10.

Paula Raia
Em ‘Terrosidades’, a estilista e arquiteta questiona padrões de beleza na moda, com registros de 14 mulheres com diferentes perfis e histórias de vida. CCSP. R. Vergueiro, 1.000, metrô Vergueiro, 3397-4002. Inauguração: 6ª (20). 10h/20h (fecha 2ª). Grátis. Até 4/10.

Vera Chaves Barcellos
A exposição ‘Inéditos e Reciclados’ destaca as investigações fotográficas feitas pela artista ao longo de sua carreira. Há desde obras mais recentes até trabalhos dos anos 1970 e 1980, como ‘Testare 1’, exibida na Bienal de Veneza em 1976 e revisitada agora na mostra. Bolsa de Arte. R. Mourato Coelho, 790, V. Madalena, 3812-7137. Inauguração: sáb. (21), 11h/16h. 11h/17h (fecha sáb. e dom.). Grátis. Até 26/10.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: