Exposição com obras de Athos Bulcão é uma das inaugurações da semana
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Exposição com obras de Athos Bulcão é uma das inaugurações da semana

Júlia Corrêa

26 de julho de 2018 | 14h38

+ Grande exposição que chega ao CCBB esta semana, 100 Anos de Athos Bulcão celebra a obra de um dos mestres da segunda fase do modernismo brasileiro (1918-2008), cuja produção é comumente lembrada por seus trabalhos presentes em Brasília.

Foto: Vicente de Mello.

Nascido no Rio de Janeiro, Bulcão abandonou o curso de medicina para se dedicar às artes a partir dos anos 1940. Não demorou para se tornar assistente de Candido Portinari na criação do painel de São Francisco de Assis, na Igreja da Pampulha, em Belo Horizonte – parte inicial, então, de uma trajetória que ficaria marcada pela intensa dedicação à azulejaria. Painéis em locais como o Congresso Nacional e em diferentes embaixadas são exemplos de tal produção.

Mas a ideia da mostra, com cerca de 300 obras, é destacar essa e outras facetas do artista, incluindo seus desenhos, pinturas, fotomontagens e até mesmo cenários e figurinos para teatro e ópera.
Com curadoria de Marília Panitz e André Severo, a exposição é, assim, dividida em oito núcleos. ‘A Geometria e a Poesia’, por exemplo, explora a paleta de cores do artista, e ‘Construções/Montagens’ – o maior deles – ressalta a integração que fez entre a arte e a arquitetura.

ONDE: CCBB. R. Álvares Penteado, 112, Centro, 3113-3651. QUANDO: Inauguração: 4ª (1º). 9h/21h (fecha 3ª). Até 15/10. QUANTO: Grátis.

CONFIRA OUTRAS DICAS

+ Em ‘Gêmeos, Preto-e-branco’, a Galeria Marcelo Guarnieri exibe uma seleção de fotografias feitas por Flávio Damm dos anos 1950 até os 2000. Entre os retratos, há imagens do ambiente urbano de locais como Salvador e Rio. Al. Lorena, 1.835, Jd. Paulista, 3063-5410. Inauguração: sáb. (28), 14h/18h. 10h/19h (sáb., 10h/17h; fecha dom.). Grátis. Até 25/8.

Foto: Flávio Damm

ÚLTIMA CHANCE

Acervo em Transformação – Comodato Masp B3
O Masp apresenta um recorte de um total de 60 obras pertencentes à Bolsa de São Paulo, que entraram em seu acervo em regime de comodato. Na coleção, que inclui produções de artistas brasileiros datadas dos séculos 19 e 20, há trabalhos de nomes como Benedito Calixto, Anita Malfatti, Candido Portinari e Maria Leontina. Av. Paulista, 1.578, metrô Trianon- Masp, 3149-5959. 10h/18h (5ª, 10h/20h; fecha 2ª). R$ 35 (3ª, grátis). Até dom. (29).

Amazônia: Os Novos Viajantes
Com curadoria de Cauê Alves e Lucia Lohmann, a mostra aborda questões ambientais a partir de três seções. O Núcleo Histórico exibe obras dos primeiros viajantes que desbravaram a Amazônia, como Alexander von Humboldt. O Núcleo Científico apresenta filme sobre uma expedição realizada por Lucia. E o Núcleo de Arte reúne obras de artistas que participaram da mesma expedição, como a portuguesa Gabriela Albergaria, e daqueles que viajaram para a região em outros momentos, como Flavio de Carvalho e Claudia Andujar. MuBE. R. Alemanha, 221, Jd. Europa, 2594-2601. 10h/18h (fecha 2ª). Grátis. Até dom. (29).

Caixa Cultural
O espaço recebe três mostras. ‘Labirinto de Amor’, com 30 obras do mineiro Jorge Fonseca, que busca dar novos significados a objetos do cotidiano; ‘O Último Império’, do fotógrafo Serguei Maksimishin, com 65 imagens que retratam a vida contemporânea na Rússia; e ‘Sombras e Mistérios’, com fotografias, instalações e esculturas de Mac Adams, conhecido como um dos fundadores da ‘narrative art’. Pça. da Sé, 111, Centro, 3321-4400. 9h/19h (fecha 2ª). Grátis. Até dom. (29).

Conflitos: Fotografia e Violência Política no Brasil 1889-1964
Com curadoria de Heloisa Espada, a mostra exibe imagens de embates ligados ao País, com registros anônimos e de nomes como Marc Ferrez e Flávio de Barros. IMS. Av. Paulista, 2.424, metrô Paulista, 2842-9120. 10h/20h (5ª, 10h/22h; fecha 2ª). Grátis. Até dom. (29).

Jac Leirner
A mostra ‘Adição’ reúne esculturas, instalação e fotografias em que a artista aborda temas como a compulsão e o consumo. Fortes D’Aloia & Gabriel. R. Fradique Coutinho, 1.500, Pinheiros, 3032-7066. 10h/19h (sáb., 10h/18h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até sáb. (28).

Seydou Keïta
A mostra reúne 136 obras do fotógrafo conhecido pelos retratos que fez dos habitantes de seu país, o Mali, e por registrar o período de busca por independência de sua nação. Instituto Moreira Salles (IMS). Av. Paulista, 2.424, metrô Paulista, 2842-9120. 10h/20h (5ª, 10h/22h; fecha 2ª). Grátis. Até dom. (29).