Está no papo: Gal Costa fala sobre a estreia do show ‘A Pele do Futuro’, com hits e novas canções
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Está no papo: Gal Costa fala sobre a estreia do show ‘A Pele do Futuro’, com hits e novas canções

Renato Vieira

29 Novembro 2018 | 15h10

A cantora fala sobre a estreia da turnê de ‘A Pele do Futuro’, álbum em que volta a gravar Gilberto Gil e Djavan e dá voz a nomes da música brasileira contemporânea, como Dani Black e Silva.

Gal Costa A Pele do Futuro Tom Brasil

Foto: Tiago Queiroz/Estadão

O disco tem uma influência forte de soul em músicas como ‘Sublime’ e ‘Palavras no Corpo’. O show também vai por esse caminho? O show passa por várias fases da minha carreira, desde o tropicalismo até agora, mas segue esse caminho do soul do meio para o fim. É um show bom para dançar. Fico feliz que as pessoas tenham gostado tanto de ‘Palavras do Corpo’ e ‘Sublime’, e também da música com Marília Mendonça (‘Cuidando de Longe’). Essas três músicas vão estar no show com certeza.

Como funcionou a montagem do repertório do show, mesclando músicas novas e antigas? Eu tinha pedido a Marcus Preto (diretor) um show com muitos hits. Tem coisas como ‘Sua Estupidez’, ‘Festa do Interior’, ‘Oração de Mãe Menininha’, ‘Azul’ e mais de metade das canções do disco novo. Também vou cantar algumas que nunca gravei. Mas não posso contar mais para não perder a surpresa.

Alguma apresentação do show ‘A Pele do Futuro’ será gravada para virar DVD? A Biscoito Fino quer gravar logo, talvez alguma apresentação no primeiro semestre do ano que vem. Ainda não sabemos onde e nem quando, mas vai ser feito com certeza. Acho legal gravar. Alguns shows meus, como ‘O Sorriso do Gato de Alice’, não foram gravados. Sinto falta.

ONDE: Tom Brasil (1.800 lug.). R. Bragança Paulista, 1.281, Chácara S. Antônio, 4003-1212. QUANDO: Sáb. (1º), 22h. QUANTO: R$ 90/R$ 240. Cc.: todos. Cd.: todos

Mais conteúdo sobre:

Gal Costa