Drama de Polanski está entre as estreias de cinema da semana
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Drama de Polanski está entre as estreias de cinema da semana

Rafael Sousa Muniz de Abreu

24 de setembro de 2015 | 17h22

 

Polanski Pele de Vênus

Foto: Divulgação

Com A Pele de Vênus, Roman Polanski obtém o máximo de elementos mínimos. Um mundo inteiro de complexas relações humanas e sexuais surge do encontro entre uma atriz e um diretor, ambos encerrados em um teatro de Paris.

O filme é adaptado da peça do diretor norte-americano David Ives que, por sua vez, fez a versão teatral do polêmico romance de Leopold Sacher-Masoch (1836-1895). Explorando o tema do prazer obtido pelo par dominação-submissão, o autor austríaco deu origem ao termo “masoquismo”. No caso do filme, temos o espaço vazio do teatro, que o diretor Thomas (Matthieu Amalric) está prestes a abandonar depois de um dia exaustivo testando atrizes para sua nova peça. Que peça? Ora, justamente ‘A Pele de Vênus’. Chove, é tarde, e esbaforida, chega mais uma candidata ao papel, Vanda (Emmanuelle Seigner, mulher de Polanski).

Ele não quer atendê-la, ela insiste. Parece vulgar, mas, quando começa a recitar o papel, Thomas descobre que encontrou sua atriz. A identificação é total. A tal ponto, que o jogo de sedução e dominação, do texto, passa a acontecer entre os dois. Imaginário e real se confundem. Polanski, brilhante, comenta, através de um texto clássico, os jogos de poder e sedução do nosso mundo contemporâneo. Luiz Zanin Oricchio. 

 

 

Baseado em histórias reais, Evereste acompanha duas expedições, lideradas por Scott Fischer (Jake Gyllenhaal) e Rob Hall (Jason Clarke), na tentativa de escalar a montanha mais alta do mundo.
O caso ganhou notoriedade com a publicação de ‘No Ar Rarefeito’, relato do jornalista Jon Krakauer, interpretado por Michael Kelly no longa.

 

Grande vencedor do Festival do Rio de 2011, A Hora e a Vez de Augusto Matraga é baseado na obra de João Guimarães Rosa. O protagonista (João Miguel) é um fazendeiro arrogante e mulherengo que, quase falido, é abandonado pela mulher. Ao tentar vingança, passa por um episódio violento que muda sua vida.

OUTRAS ESTREIAS

Cativas – Presas Pelo Coração
(Brasil/2013, 77 min.) – Documentário. Dir. Joana Nin. A história de sete mulheres apaixonadas por presidiários.

Hotel Transilvânia 2
(Hotel Transylvania 2, EUA/2015, 106 min.) – Animação. Dir. Genndy Tartakovsky. Na continuação da franquia, Drácula está preocupado com seu neto meio vampiro – ele deseja que o lado monstro da criança apareça.

Orestes
(Brasil/2015, 93 min.) – Documentário. Dir. Rodrigo Siqueira. A partir da ditadura militar e da violência policial, o filme faz uma adaptação da tragédia grega de Ésquilo à realidade brasileira.

A Pele de Vênus
(La Vénys à la Fourrure, França/2013, 97 min.) – Drama. Dir. Roman Polanski. Com Emmanuelle Seigner, Mathieu Amalric. A atriz Vanda tenta convencer o diretor Thomas a escolhê-la para o papel de protagonista numa peça inspirada na obra de Sacher Masoch.

O Samba
(Brasil/2014, 82 min.) – Documentário. Dir. Georges Gachot. Para falar sobre o samba, Gachot convida Martinho da Vila a apresentar a história da sua escola de coração, a Unidos de Vila Isabel.

Um Senhor Estagiário
(The Intern, EUA/2015, 121 min.) – Comédia. Dir. Nancy Meyers. Com Robert De Niro, Anne Hathaway, Rene Russo. Aos 70 anos, Ben está entediado com a vida de aposentado. Para sair do marasmo, decide se tornar um estagiário em um site de moda.

O Vinho Perfeito
(Vinodentro, Itália/2014, 100 min.) – Suspense. Dir. Ferdinando Vicentini Orgnani. Com Vincenzo Amato, Giovanna Mezzogiorno, Lambert Wilson. Giovanni, um respeitado especialista em vinhos, é acusado de matar sua mulher.

Confira o roteiro completo de cinema.

Tendências: