Divirta-se: saiba onde ver arte europeia em SP
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Divirta-se: saiba onde ver arte europeia em SP

Júlia Corrêa

11 de junho de 2019 | 18h44

Fundação Ema Klabin. Foto: Gabriela Biló/Estadão

FUNDAÇÃO EMA KLABIN

Entre 1940 e 1990, a empresária Ema Gordon Klabin formou uma coleção que abrange mais de três mil anos de história da arte. Entre pinturas, esculturas e artes decorativas, mais de 1.500 peças ocupam sua antiga residência, que hoje funciona como uma fundação. Ganham destaque peças da Antiguidade Clássica, pinturas italianas dos séculos 16 e 18, além de obras modernistas. Até 30/6, o local exibe cinco gravuras de Rembrandt. R. Portugal, 43, Jd. Europa, 3897-3232. 14h/18h (fecha 2ª e 3ª). R$ 10 (sáb., dom. e fer., grátis).

MASP

Com obras exibidas em cavaletes de cristal projetados por Lina Bo Bardi, o acervo do museu reúne grandes mestres europeus, desde italianos como Boticcelli e Tintoretto, até franceses como Chardin e Delacroix. Portinari, Vicente do Rego Monteiro e Maria Auxiliadora são alguns dos representantes da seção brasileira. Exposições temporárias, que incluem a arte contemporânea, também ocupam o local. Av. Paulista, 1.578, metrô Trianon-Masp, 3149-5959. 10h/19h (sáb., dom. e 3ª, 10h/20h; fecha 2ª). R$ 40 (3ª, grátis).

MAC USP

O acervo do museu propõe percursos pela arte moderna e contemporânea no Brasil e no exterior, desde a primeira metade do século 20 até os dias atuais. Pablo Picasso, Amedeu Modigliani, Paul Klee, e Wassily Kandinsky são alguns dos nomes que compõem a coleção. Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, 2648-0254. 10h/18h (3ª, até 21h; fecha 2ª). Grátis.

ESPAÇO DE ARTE RICARDO VON BRUSKY

Na galeria, comandada pelo empresário e colecionador Ricardo Von Brusky, está reunido um acervo com peças raras, que contempla desde o período gótico, passando pela renascença, até os dias de hoje. R. Estados Unidos, 336, Jd. Paulista, 2373-0768. 10h/19h (fecha sáb. e dom.). Grátis.

MUSEU DE ARTE SACRA

O museu ocupa a antiga sede do Mosteiro da Luz, fundado em 1774. Seu acervo reúne cerca de quatro mil peças religiosas, produzidas entre os séculos 16 e 20. Av. Tiradentes, 676, metrô Tiradentes, 3326-5393. 9h/17h (fecha 2ª). R$ 6 (sáb., grátis).