Conheça oito novos bares de vinho em São Paulo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Conheça oito novos bares de vinho em São Paulo

Humberto Abdo

23 de agosto de 2018 | 16h59

Vino! Foto: Gabriela Biló

Em espaços menores, novos bares de vinho – ou wine bars – surgem pela cidade com rótulos que variam toda semana e até serviço de rodízio

PROSA E VINHO

Foto: Humberto Abdo/Estadão

+ No último andar da Galeria Metrópole, o espaço dos sócios Rubens Lastri e Daniela Peres é, ao mesmo tempo, uma loja e um bar de vinhos. Ali, há cerca de 380 rótulos de pelo menos 15 países – quase cem deles são nacionais. Das marcas servidas em taça, uma das sugestões é o Cómplice (R$ 15), um Malbec chileno. Para petiscar, a casa serve empanadas argentinas (R$ 9,50, cada) e mix de castanhas (R$ 15, 150 g). Galeria Metrópole. Pça. Dom José Gaspar, 106, República, 3151-3692. 12h/22h (sáb., 11h/18h; fecha dom.). Cc.: todos. Cd.: todos.

SEDE261

Foto: Daniela Bravin

+ Em uma garagem de Pinheiros, o bar é comandado por Daniela Bravin e Cassia Campos desde janeiro deste ano. Além de banquinhos espalhados pela entrada, apenas uma mesa coletiva ocupa o interior do local. A seleção de rótulos da dupla de proprietárias muda toda semana e inclui sempre 20 opções – entre brancos, tintos, rosés, vinhos laranjas e até sidras, com taças a partir de R$ 20. O tinto francês Elian Da Ros Outre Rouge (R$ 20, a taça) está entre as marcas servidas recentemente. A casa não tem cardápio, mas, aos sábados, serve ostras frescas de Santa Catarina (R$ 29, 6 unid.). R. Benjamim Egas, 261, Pinheiros. 17h/23h (sáb., 14h/21h; fecha dom. a 4ª). Cc.: todos. Cd.: todos.

VINO!

Foto: Gabriela Biló/Estadão

+ Próximo à estação Fradique Coutinho do metrô, o bar Vino! tem cerca de 350 rótulos e taças com preços a partir de R$ 12. O espaço conta com um charmoso balcão no térreo, com taças penduradas por todo o teto iluminado. Se precisar de ajuda, os garçons indicam rótulos como o Inspira (R$ 15, a taça), disponível nas versões Carmenère, Cabernet Sauvignon e Sauvignon Blanc. Criado pelo chef Flávio Miyamura, o menu tem entradas como o ragu de linguiça com ovo mole e pão (R$ 19), além de pratos e sobremesas. O bar ainda abriu, no começo de agosto, uma nova unidade, dentro do Maksoud Plaza, com cardápio reduzido e mais de 400 rótulos de vinhos. R. Fradique Coutinho, 47, Pinheiros, 2614-0145. 16h/0h (6ª e sáb., 16h/1h; fecha dom.). Cc.: A, M e V. Cd.: A, M e V.

MISTRAL WINE BAR

Foto: Filippo Bamberghi

+ Inaugurado em julho, o bar de vinhos ocupa um quiosque em frente à loja da importadora Mistral, no térreo do shopping Iguatemi, com carta de mais de 130 rótulos. Sete deles fazem parte de uma seleção – que muda quinzenalmente – para consumir em taças de 90 e 150 ml ou em jarras de 250 e 500 ml. O francês Bourgogne Aligoté (R$ 38, 90 ml) e o espumante português Baga Rosado Bruto (R$ 32, 150 ml) estão entre as sugestões recentes. Para quem quiser algo de fora da lista, mas disponível na loja, a casa cobra uma taxa de R$ 35. Pratos leves e petiscos compõem o cardápio, com itens como o salmão defumado com creme azedo (R$ 48) e o sanduíche de pastrami com molho de mostarda (R$ 49). Iguatemi. Av. Brig. Faria Lima, 2.232, Jd. Paulistano, 3037-7001. 11h/21h30. Cc.: todos. Cd.: todos.

BEVERINO

Foto: Humberto Abdo/Estadão

+ Do sommelier Bruno Bertoli, o bar serve apenas vinhos biodinâmicos e naturais – quando são produzidos com uvas orgânicas e sem conservantes químicos. O espaço é simples, quase sem decoração, exceto pela parede de tijolinhos, e os rótulos mudam com frequência. Como não há carta fixa, pergunte ao proprietário as opções do dia – o tinto italiano Unlitro (R$ 22, a taça) costuma ser servido sempre. O cardápio, escrito à mão e colado na parede, lista porções como queijos de leite cru (R$ 27) e conserva de peixe cavalinha (R$ 27). R. Gen. Jardim, 702, V. Buarque, 98438-3597. 18h/23h30 (fecha dom. a 3ª). Cc.: D, E, M e V. Cd.: D, E, M e V.

BOCCANERA

Foto: Elvis Fernandes

+ Inaugurado em junho, o bar escolheu o sistema de rodízio para servir vinhos: cada pessoa paga R$ 79,90, de terça a quinta-feira, ou R$ 89,90, às sextas-feiras e aos sábados, e pode beber à vontade a lista de 15 rótulos da casa, que muda periodicamente. Fazem parte da seleção espumantes, brancos, tintos e rosés – como o nacional branco Aurora Colheita Tardia e o rosé italiano PienoSud Rosato Puglia. No menu, o local aposta em entradas, risotos e massas. Peça a degustação de bruschettas (R$ 36, 8 unid.), que inclui quatro sabores: tomate com parmesão e manjericão; queijo brie com mel e nozes; gorgonzola com figo; e também queijo de cabra com ervas e uvas. R. Mourato Coelho, 1.160, V. Madalena, 3031-5171. 18h/1h (fecha dom. e 2ª). Cc.: todos. Cd.: todos.

LIBAR VINHOS

Foto: Humberto Abdo/Estadão

+ Das irmãs Fernanda e Alexandra Corvo, a casa funciona junto à escola Ciclo das Vinhas, que organiza cursos de vinho no andar superior do sobrado. No térreo, o bar tem dois pequenos balcões e algumas mesinhas, onde são servidas taças como a do branco grego Tetramythos (R$ 25) e a do rosé Lavendette (R$ 24) – mas a carta costuma mudar sempre. Para comer, há tábua de queijos (R$ 38). R. Artur de Azevedo, 502, Cerqueira César, 3284-3626. 12h/20h (fecha dom.). Cc.: todos. Cd.: todos.

DIONYSOS

Foto: Humberto Abdo/Estadão

+ O bar tem uma espaçosa varanda na entrada e um pequeno salão pouco iluminado. O clima aconchegante é perfeito para pedir rótulos como o Intacto (R$ 36, a taça), Carmenére chileno, e o espumante brasileiro Cave Amadeu Brut (R$ 23, a taça), servidos recentemente. A seleção muda de tempos em tempos – e a casa também vende algumas garrafas, expostas nas prateleiras. O menu lista itens para petiscar, como a bruschetta de brie, figo e presunto cru (R$ 29). R. Dep. Lacerda Franco, 207, Pinheiros, 2628-4645. 19h/23h45 (fecha dom. e 2ª). Cc.: todos. Cd.: todos.

PARA (RE)VISITAR

– Aberto desde 2006, o bar Adega Santiago tem carta de vinhos com rótulos portugueses, como o branco Quinta da Romeira Arinto (R$ 26, a taça). No cardápio, pratos como o bacalhau ao forno (R$ 98). R. Sampaio Vidal, 1.072, Jd. Paulistano, 3081-5211. 12h/15h e 19h/0h (6ª e sáb., 12h/0h; dom., 12h/ 22h; 2ª, 12h/15h e 19h/ 23h). Cc. e Cd.: todos.

– Outra casa mais antiga, o Bardega tem rosés, brancos e tintos, como o Estelar Malbec (R$ 12, 60 ml). Para comer, bruschettas, porções e pratos como o risoto de limão-siciliano com camarão e broto de alfafa (R$ 52). R. Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 218, V. N. Conceição, 2691-7578. 18h30/1h30 (fecha 2ª). Cc.: todos. Cd.: todos.

– Inaugurado em 2010, o Ciao! Vino & Birra serve o tinto Luppi Reali Montepulciano d’Abruzzo (R$ 91, a garrafa). No cardápio, receitas como a costeleta de vitela empanada com risoto parmegiana (R$ 63). R. Tutoia, 451, Paraíso, 2306-3561. 12h/15h e 18h/23h (6ª, 12h/15h e 18h/0h; sáb., 12h/0h; dom., 12h/16h; fecha 2ª). Cc.: D, E, M e V. Cd.: D, E, M e V.

– Da carta do Sacra Rolha, uma das opções é o Alfredo Roca Pinot Noir (R$ 95, a garrafa). Para harmonizar, massas e pratos como o frango com crosta de queijo e risoto de limão-siciliano (R$ 49). R. Rio Grande, 304, V. Mariana, 4304-0300. 18h/0h45 (fecha dom. e 2ª). Cc.: todos. Cd.: todos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: