Dicas de bares e baladas para o fim de semana em São Paulo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Dicas de bares e baladas para o fim de semana em São Paulo

Humberto Abdo

16 de maio de 2019 | 14h32

Inspirações Brasileiras

Foto: Philip Falzer
O Bar do Urso passa a servir opções para o almoço durante a semana (2ª a 6ª, 12h/15h). Um dos pratos é o ‘Baião de Dois’ (R$ 27; foto), com arroz, feijão-fradinho, calabresa, carne-seca, queijo coalho, ervas frescas e manteiga de garrafa. R. Joaquim Floriano, 313, Itaim Bibi, 2579-1553. 12h/0h (5ª e 6ª, 12h/1h; sáb., 16h/0h; fecha dom.). Cc.: V e M. Cd.: todos.

NOVOS

Mix n’ Gin
Comandada pelos bartenders André Caveagna e Eryk Alecssander, a casa serve coquetéis com toque bem brasileiro e receitas com gim – além dos clássicos. Comece pelo ‘Cagin Amigo’ (R$ 28), que leva gim infusionado com caju, limão, uma rodela de grapefruit desidratada, espuma de gengibre e compota de caju. O ‘Pink Lady’ (R$ 27) é uma opção bastante aromática, feita com gim infusionado com romã, licor St. Germain, suco de limão, clara de ovo e cravo-da-índia. Para comer, a casa serve petiscos e duas opções de tostadas no pão ciabatta, como a ‘Caprese’ (R$ 24), com muçarela de búfala, tomate e molho pesto. R. Fradique Coutinho, 1.109, V. Madalena, 2597-8090. 17h/3h (6ª e sáb., 17h/4h; fecha 2ª). Cc.: todos. Cd.: todos.

BOTECOS

Botuca
A casa conta com mais de 50 rótulos de cerveja, entre artesanais e convencionais. O destaque vai para o chope Burgman (artesanal), com preços entre R$ 8,90 e R$ 19,90. Para comer, tem coxinha de frango com Catupiry (R$ 8,90, cada; R$ 33,90, 6 unid.). Os bolinhos de carne (R$ 32), costela (R$ 32,90), camarão com Catupiry (R$ 34,90) e de bacalhau (R$ 36,90) também fazem parte do cardápio. R. Serra do Japi, 560, Tatuapé, 2227-1776. 12h/0h (5ª, 12h/1h; 6ª e sáb., 12h/2h; dom. e fer., 12h/22h; fecha 2ª). Cc.: todos. Cd.: todos.

Pé de Manga
De frente para uma praça e com amplo espaço ao ar livre, é um dos bares mais agradáveis da cidade. Para fazer tabela com o chope Brahma (R$ 9, o claro; R$ 10 o escuro), prove os acarajés com siri (R$ 49, 8 unid.), ou os bolinhos de mandioca com carne-seca e requeijão (R$ 31, 8 unid.). R. Arapiraca, 152, V. Madalena, 3032-6068. 12h/15h e 18h/0h (sáb., 12h/1h; dom., 12h/22h). Cc.: D, E, M e V. Cd.: D, E, M e V. Manobr.: R$ 25. www.pedemanga.com.br

BOTECOS CHIQUES

Mercearia ZN
Rodeado por prédios residenciais, sossego é a marca do bar, que serve chope Brahma (R$ 12, claro; R$ 14,50, black). A cozinha faz petiscos como a calabresa recheada com queijo derretido e orégano (R$ 45,90). Se a fome for maior, peça o filé de linguado com molho de alcaparras (R$ 56,90). R. Casa Forte, 438, Jd. França, 2996-8060. 17h/0h (sáb., dom. e fer, 12h/0h). Cc.: todos. Cd.: todos.

CERVEJAS ESPECIAIS

Empório da Cerva
Além das garrafas de marcas nacionais e importadas enfileiradas nas geladeiras (opções para levar para casa), o bar serve rótulos que mudam periodicamente, como a Unicorn (R$ 24, o pint); a Imperial Porter 3 Lobos Bravo (R$ 31, o pint), da cervejaria mineira Backer; e a ótima Burgman Casanova (R$ 17, o pint), fabricadaem Sorocaba, de estilo Lager, cor dourada e sabor cítrico. R. Pirapora, 98, V. Mariana,3051-4311. 12h/23h30 (2ª, 12h/15h; 3ª, 12h/22h; fecha dom.). Cc.: todos. Cd.: todos. www.emporiodacerva.com.br

DRINKS

SubAstor
A carta de coquetéis foi inspirada nos biomas brasileiros. Experimente o ‘Bijoux Caju’ (R$ 33), feito com gim, vermute branco, falernum (xarope doce), limão taiti e mocororó. Pela originalidade, surpreendem também os drinques ‘Abóbora’ (R$ 33), com uísque, jerimum, hidromel caseiro e shoyu, bem doce e aveludado, e o ‘Cambuci’ (R$ 34), que leva, além da fruta, gim e folha de capuchinha. No menu, petiscos como o ‘Pork Bun’ (R$ 31), pão oriental com barriga de porco. R. Delfina, 163, V. Madalena, 3815-1364. 20h/2h (5ª, 20h/3h; 6ª e sáb., 20h/4h; fecha dom. e 2ª). Cc.: todos. Cd.: todos. www.subastor.com.br

HAPPY HOUR

Veríssimo
A decoração é dedicada ao escritor Luis Fernando Veríssimo. Para petiscar, peça a porção de bolinho de mandioca com camarão R$ 36 (8 unid.) e as ‘Asinhas do Avesso’, asas de frango com recheio de mandioquinha, bacon e parmesão, que custam R$ 40 (8 unid.). Para beber, fique com o chope Brahma (R$ 10, claro;R$ 12, black) ou Corona (R$ 12). Sábado tem feijoada (R$ 70), animada por um grupo de chorinho. R. Flórida, 1.488, Brooklin, 5506-6748. 11h40/1h (dom., 11h40/23h). Couv. art.: R$ 10 (sáb.). Cc.: todos. Cd.: todos. Manobr.: R$ 20.

BALADA

Balaia
Dos mesmos produtores da FunFarra, a festa promete uma verdadeira mistura de funk com sertanejo na pista. Além disso, apresentações ao vivo costumam animar o público que comparece já esperando surpresas – sempre inusitadas. Via Matarazzo. Av. Francisco Matarazzo, 764, Água Branca, 3868-4442. Sáb. (18), 23h/6h. R$ 35/R$ 60.

Chapeleiro Nos Trilhos
Fabricio Beraldi Neves é o nome verdadeiro do comandante da festa, o Chapeleiro, que faz o som com mistura de Prog Trance, Techno e música melódica indiana. O local escolhido, a céu aberto, no tradicional bairro da Mooca, possui uma Maria Fumaça de 1922 e vários outros trens espalhados pelo pátio. Nos Trilhos. R. Visconde de Parnaíba, 1.253, Mooca, 99203-2803. Sáb. (18), 23h/07h. R$ 45/R$ 80.

Tereza
A proposta do coletivo é a valorização da música popular brasileira, seja ela atual ou mais antiga. No set list, não faltam músicas de Dona Onete, Tim Maia, Elis Regina, Bando do Mar, Iza, Milton Nascimento, Johnny Hooker, Elza Soares, Francisco El Hombre, entre outros. Espaço Desmanche. R. Augusta, 765, Consolação, 2028-2857. Dom. (19), 17h. R$ 10 (grátis até as 20h).

Wake-Festa Matinal
A celebração começa às 7 horas com uma prática de ioga guiada por Pedro Franco. Depois, um DJ assume o comando de uma pista de dança. No encerramento, uma rodada de meditação para energizar o público para a jornada de trabalho. Afinal, a festa será em pleno dia de semana. Housi. R. Bela Cintra, 1.425, metrô Consolação, 94218-2319. 5ª (23), 7h/9h30. R$ 35/R$ 65.

Tudo o que sabemos sobre:

baresBaladasbaladas de sp

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.