Festas e shows celebram Dia da Consciência Negra
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Festas e shows celebram Dia da Consciência Negra

Redação Divirta-se

19 de novembro de 2015 | 18h52

Atrações culturais ligadas às manifestações afro-brasileiras compõem o roteiro para comemorar a data em São Paulo

Bloco Ilu Oba de Min

Grupo Ilú Obá de Min se apresenta no Museu Afro Brasil. Foto: Andre Velozo/divulgação

O Dia Nacional da Consciência Negra é comemorado neste 20 de novembro. Mas as atrações culturais que reverenciam a data ocorrem não apenas nesta sexta-feira (20), mas durante todo o feriado prolongado na cidade. Há shows de artistas consagrados, como Elza Soares, Jorge Aragão e Criolo; espetáculos de teatro e dança, com ritmos tradicionais; exposição com obras de artistas africanos contemporâneos; mostras de cinema; baladas, debates e oficinas; e até contação de histórias para as crianças. As opções tomam conta de centros culturais, teatros, unidades do Sesc, parques – e boa parte delas tem entrada gratuita. Celso Filho, Rafael Abreu e Renato Vieira

 

Rafael Mattei/Div.

Foto: Rafael Mattei/Div.

+ No domingo (22), Criolo (foto) comemora o aniversário de uma cria sua, em parceria com o DJ DanDan: a Rinha dos MCs. O evento celebra nove anos de existência, com duelos de rap às 17h40. Depois, às 19h, os dois fazem show. CCJ. Av. Dep. Emílio Carlos, 3.641, V. Nova Cachoeirinha, 3984-2466. Grátis.

+ Sexta (20), o Aláfia, grupo cuja sonoridade está entre rap, MPB, músicas de terreiro e funk, se apresenta às 21h. A banda convida o cantor Tony Tornado para o palco. Centro Cultural Jabaquara. Palco Externo. R. Arsênio Tavolieri, 45, 5011-2421. Grátis.

+ Vários artistas se apresentam sexta (20), a partir do meio-dia. Às 20h, Jorge Aragão, Arlindo Cruz e Alcione fazem show juntos, enquanto a cantora Leci Brandão empresta a voz ao grupo Sampagode, às 18h30. Vale do Anhangabaú, s/nº, Centro. Grátis.

+ O trompetista Guilherme Mendonça, de nome artístico Guizado, faz show no sábado (21), às 21h. No palco, ele mescla o som de instrumentos orgânicos a timbres eletrônicos. Teatro Municipal Cacilda Becker (198 lug.). R. Tito, 295, V. Romana, 3864-4513. Grátis.

 

Foto: Nilton Fukuda/Estadão.

Foto: Nilton Fukuda/Estadão.

+ No ano de seu retorno, com o disco ‘A Mulher do Fim do Mundo’, Elza Soares (foto) se apresenta domingo (22), às 19h. O show da carioca será baseado no álbum, que tem composições de nomes como José Miguel Wisnik e Cacá Machado. Teatro Municipal da Mooca Arthur Azevedo (349 lug.). Av. Paes de Barros, 955, 2605-8007. Grátis.

+ O espetáculo de dança Yebo é baseado na ‘gumboot dance’, dança popular criada por mineiros de ouro e carvão sul-africanos no século 19. Galeria Olido. Sala Paiçandu (136 lug.). Av. São João, 473, Centro, 3331-8399. 6ª (20) e sáb. (21), 20h; dom. (22), 19h. Grátis.

+ Girar, do Grupo Batakerê, no domingo (22), às 16h, se baseia em várias manifestações afro-brasileiras, como a capoeira, o samba de roda e o tambor de crioula. Casa de Cultura Palhaço Carequinha. R. Prof. Oscar Barreto Filho, 252, Parque América, 5531-0382. Grátis.

+ Com ritmos tradicionais, o musical Galanga, Chico Rei retrata o rei de uma tribo do Congo trazido como escravo ao Brasil. Dir. João das Neves. Caixa Cultural (80 lug.). Pça. da Sé, 111, Centro, 3321-4400. 6ª (20), sáb. (21) e dom. (22), 19h15. Grátis (retirar 1h antes).

+ Chico César se apresenta sábado (21), às 20h30, no Sesc Campo Limpo. Ele interpreta músicas de seu mais recente álbum, ‘Estado de Poesia’. No domingo (22), às 18h30, é a vez da revelação do hip hop Tássia Reis fazer show. R. N. S. do Bom Conselho, 120, metrô Campo Limpo, 5510-2700. Grátis.

+ ‘Áfricas: Reflexões Sobre o Presente’ é uma série de encontros no Centro de Pesquisa e Formação do Sesc que reúne brasileiros e africanos, como o escritor angolano Pepetela (27/11), para debater temas que norteiam o continente. R. Dr. Plínio Barreto, 285, 3254-5600. 2ª (23) a 27/11, 10h30/12h30. R$ 18/R$ 60

+ O Núcleo Pé de Zamba apresenta o espetáculo de dança contemporânea ‘A Cruz que me Carrega’ na praça do Sesc Santo Amaro. A montagem retrata a influência do catolicismo em Minas Gerais e sua fusão com a cultura africana. R. Amador Bueno, 505, 5541-4000. Dom. (22), 17h. Grátis.

 

Baye Fall Afric

Grupo Baye Fall Afric é formado por imigrantes do Senegal. Foto: Divulgação

+ O grupo Baye Fall Afric, do Senegal, apresenta músicas com instrumentos tradicionais do país no Sesc Itaquera. A intervenção cênica ‘Sonhos’, da Cia. O Crespos, abre a programação retratando dilemas e desejos da população negra. Av. Fernando do E.S. Alves de Mattos, 1.000, 2523-9200. Sexta (20), 11h30/17h. Grátis.

+ A choperia do Sesc Pompeia recebe sexta (20), às 19h, o grupo Pagode da 27, em show com participação da cantora Teresa Cristina. No domingo (22), às 17h, é a vez da rapper mirim MC Soffia subir ao palco. Sesc Pompeia. R. Clélia, 93, 3871-7700. Sexta (20): R$ 6/R$ 20. Dom. (22): grátis (retirar ingresso 1h antes).

+ Ícone da soul music brasileira, Carlos Dafé se apresenta sexta (20), às 16h, na praça de eventos do Sesc Vila Mariana. No sábado (21), às 15h30, o ator Oswaldo Faustino apresenta a contação de história ‘Luana e as Sementes de Zumbi’, no foyer. Sesc Vila Mariana. R. Pelotas, 141, 5080-3000. Grátis.

Africa Now

+ No Sesc Belenzinho, a mostra AquiÁfrica propõe um panorama da arte contemporânea do continente. Com curadoria de Adelina von Fürstenberg, premiada na Bienal de Veneza, exibe artistas como o senegalês Omar Ba (foto acima). R. Pe. Adelino, 1.000, 2076-9700. 13h/21h (sáb., dom. e fer., 11h/19h; fecha 2ª). Grátis. Até 28/2/2016.

+ Concebido a partir de uma oficina do Afroreggae, o grupo Makala Música & Dança apresenta ‘A Viagem dos Eborás’ em várias Fábricas de Cultura. O espetáculo tem como inspiração a lenda A Criação do Mundo, em que entidades partem para a construção da vida. Programação completa: www.fabricasdecultura.org.br

+ O Museu Afro Brasil tem dois dias de comemorações. Entre as atrações, nesta sexta-feira (20), tem a abertura de uma mostra sobre o historiador Joel Rufino dos Santos, e a Fundação Pierre Verger lança o livro ‘Cozinhando História. Receitas, Histórias e Mitos de Pratos Afro-brasileiros’ com uma oficina de culinária, às 11h30. No sábado (21), há a inauguração de outras três mostras, além de apresentações dos grupos Ilú Obá de Min, às 13h30, e Maracatu Bloco de Pedra, às 14h30. Pq. Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 10, 3320-8900. 6ª (20) e sáb. (21), 10h/17h. Grátis.

+ O Museu da Imigração comemora com atrações nesta sexta-feira (20). Às 14h, há a palestra Afreaka: A África Fora dos Estereótipos. Às 15h, contação de histórias e oficina de tear manual. Para encerrar, às 16h, uma visita temática. R. Visconde de Parnaíba, 1.316, Mooca, 2692-1866. 6ª (20), 10h/17h. Grátis.

+ Na Biblioteca de São Paulo, nesta sexta-feira (20), das 13h às 15h, o evento ‘Estéticas e Consciências Negras’ tem oficina de turbantes e apresentações musicais. Às 15h, o Núcleo Esporos faz uma contação de histórias. Pq. da Juventude. Av. Cruzeiro do Sul, 2.630, metrô Carandiru, 2089-0800. 6ª (20), 9h/19h. Grátis.

+ Sexta-feira (20), o Centro de Tradições Nordestinas faz a ‘Festa da Liberdade’. A programação começa com missa ecumênica seguida de shows até a madrugada. Entre as atrações, o sambista Almir Guineto, um dos fundadores do Fundo de Quintal. R. Jacofer, 615, Limão, 3488-9400. 6ª (20), 15h/5h. Grátis.

+ No Auditório Ibirapuera, o Ponto Br, com mestres da cultura brasileira tradicional, convida artistas do Benin para show nesta sexta-feira (20), às 20h. Antes, às 18h30, os artistas fazem um cortejo gratuito pelo parque. Auditório Ibirapuera (800 lug.). Pq. Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 2, 3629-1075. R$ 20.

Arthur Cavalcanti-MIS (2)

Feira gastronômica é uma das atrações do MIS. Foto: Arthur Cavalcanti/divulgação

+ No MIS, serão três dias de comemoração. Além de uma mostra de cinema em homenagem ao ator Milton Gonçalves, a área externa do museu recebe uma feira gastronômica (foto acima) e shows. Programe-se pelo site www.mis-sp.org.br. Av. Europa, 158, Jd. Europa, 2117-4777. 6ª (20), sáb. (21) e dom. (22), a partir das 15h. Grátis.

+ No domingo (22), o Museu da Casa Brasileira faz uma edição especial do projeto ‘Música no MCB’. Às 11h, o senegalês Mamour Ba apresenta os ritmos de seu país ao lado de seu grupo Conexão African Beat e do músico Carlinhos Antunes. Av. Brig. Faria Lima, 2.705, Jd. Paulistano, 3032-3727. Grátis.

+ Afrofuturismo: Cinema e Música em uma Diáspora Intergaláctica exibe, no Caixa Belas Artes, uma série de filmes relacionados ao movimento artístico que une ficção científica, afro- urbanidade e realismo fantástico. R$ 14 (R$ 40, passaporte para todas as sessões). Até 2/12. Programação: bit.ly/afrofuture

+ O Mercado Mundo Mix (foto abaixo) faz uma edição especial neste fim de semana. Além da feira gastronômica e do bazar, há oficinas, shows e intervenções artísticas. No domingo (22), o evento recebe a festa ‘Hot Pente’, MC Soffia e Rico Dalasam. Av. São João, 281, Centro, 4571-0401. Sáb. (21) e dom. (22), 10h/21h. Grátis.

Mundo Mix 6 - público na Praça das Artes - crédito Rafael Guirro

Mercado Mundo Mix faz edição especial no fim de semana. Foto: Rafael Guirro/divulgação

+ O Baile do Nelson Triunfo conta não só com um set de soul feito pelo pioneiro da cultura black de rua, no sábado (21), às 18h. Terá shows de MC Leal e Della Rosa, oficinas de turbante e trança, roda de capoeira, entre outras atrações. Calçadão Cultural do Grajaú. R. Prof. Oscar Barreto Filho, 50. Grátis.

+ A balada Discopédia se dedica a um gênero fundamental para a cultura negra: o hip hop. DJs como Marco e Nyack (que já trabalharam com Rappin Hood e KL Jay) tocam discos de vinil com o ritmo, sexta (20), às 15h. Mirante 9 de Julho. R. Carlos Comenale, s/nº, Bela Vista, 3111-6342. Grátis.