As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Depois dos excessos das festas, 17 opções para se livrar do peso e da culpa

Redação Divirta-se

31 de dezembro de 2014 | 14h14

Sucos e pratos para aliviar os excessos do fim do ano e ‘desintoxicar’ o organismo

Comeu demais durante as festas? Acha que exagerou na dose? Os excessos são normais nessa época do ano. Mas, se o peso não bateu só na balança e subiu para a consciência, saiba que é possível eliminar parte do mal-estar. Ou, pelo menos, da culpa. As dietas detox costumam angariar adeptos nesse período e podem, ao contrário do que muita gente crê, ir muito além de um suco verde com gosto de folhas. A oferta cresceu e passou a incluir bebidas e pratos bastante saborosos. É o caso do smoothie, uma das ofertas da Press Juice (R. Haddock Lobo, 938, 2936-4571), que leva manga, banana, espinafre, agave, suco de maçã e spirulina (R$ 24,90). A seguir, outras opções para você começar o ano bem leve.

E funciona mesmo?

Criada pelo médico Nish Joshi, a dieta detox restringe o consumo de alimentos como trigo, batata, carne vermelha e industrializados. “É usada por quem quer perder peso, mas não é comprovado que seja eficaz para todos. E não se pode afirmar que o organismo será desintoxicado”, explica a nutricionista Vicky Nogueira Pileggi. O consumo moderado de carnes magras é permitido. “Essa dieta possui muitos micronutrientes, restringe calorias e é uma estratégia para iniciar a reeducação alimentar”, diz ela.

Para comer: Nem só de verduras, legumes e frutas é feito o cardápio detox. Além de saladas, sua alimentação poderá ser reforçada com ingredientes mais saborosos, como grãos e peixes

Prato de verão do Via Castelli, a ‘Salada Detox’ (R$ 35,90) é generosa na variedade de legumes e vegetais. Na receita da casa, endívia, rúcula, radicchio, rabanete, abacaxi e cenoura ganham o reforço de camarões e lulas grelhados, tudo finalizado com um fio de azeite.
R. Martinico Prado, 341, Higienópolis, 3662-2999.

O Éclat substituiu o espaguete por tiras de abobrinha, acompanhadas de camarões, castanha de caju e redução de tangerina (R$ 35,90). “Uma alternativa à farinha de trigo, com vitaminas do complexo B”, diz a nutricionista.
R. Marcos Lopes, 180, V. Nova Conceição, 2337-8810.

A ‘Salada Mix de Grãos’ (R$ 33) da Lox Deli não deixa ninguém com fome. Cevadinha, trigo, arroz vermelho, avelã, castanha de caju, castanha-do-pará, pupunha ao limão, tomate-cereja e alface, com azeite trufado.
R. Batataes, 403, Jd. Paulista, 3051-6020.

No Le Bilboquet, o prato detox é um robalo cozido com caldo de raiz de erva-doce, redução de azeite e suco de limão (R$ 72). O peixe é servido acompanhado de abobrinha, aipo, aspargos, tomate e manjericão.
R. Vittorio Fasano, 49, Cerq. César, 2615-1509.

Com sotaque francês, o salmão virou ‘salmon’ no bistrô Le Vin, que serve o peixe grelhado, guarnecido de tabule de quinoa (R$ 66). “Este prato possui uma combinação boa de baixa caloria para quem quer qualidade na alimentação”, considera Vicky Pileggi.
Al. Tietê, 184, Jd. Paulista, 3081-3924.

Bastante requisitado em dias quentes – e por quem busca uma refeição saudável -, o ‘Ceviche da Casa’ (R$ 33) do Taberna 474 é preparado com ingredientes refrescantes: peixe branco e salmão, salsa, coentro, cebola roxa e uma marinada de sucos de limão e de laranja.
R. Maria Carolina, 474, Jd. Paulistano, 3062-7098.

Para beber: Não precisa mais torcer o nariz só de ouvir falar em ‘suco detox’. Elegemos algumas boas opções – que vão lhe fazer pensar duas vezes antes de pedir só um suco de laranja.

Com poder diurético e ótimo para ‘curar a ressaca’, o ‘Tiger Juice’ (R$ 12), do Tigre Cego, é refrescante e saboroso. A receita leva água de coco, chá de jasmim, uva niagara, gengibre e capim-limão.
R. Girassol, 654, V. Madalena, 3586-8370. Reabre na 3ª (6).

O Banana Verde criou um poderoso ‘multivitamínico’ ao unir maçã, pepino, cenoura, clorofila, gengibre, beterraba, hortelã e broto de alfafa (R$ 12). “Bom para tomar pela manhã e ainda ajuda na perda de peso”, diz a nutricionista.
R. Harmonia, 278, V. Madalena,3814-4828.

Há uma página só de sucos detox no cardápio do Pé no Parque. Entre as opções está o de agrião, abacaxi, laranja, hortelã e chia. De acordo com a nutricionista, “vegetais verdes escuros são bons para o organismo. O abacaxi é diurético e a chia melhora o funcionamento intestinal”.
R. Inhambu, 240, Moema, 5051-3376.

Para um programa detox de um dia, a It Green prepara um kit com seis sucos de frutas e vegetais prensados a frio (R$ 110).
Shopping Cidade Jardim. Av. Magalhães de Castro, 12.000, Morumbi, 3552-3560

As geladeiras do Horti Fruti são abastecidas diariamente com dez sucos detox, como o ‘Diurético’, feito com espinafre, agrião, cenoura e abacaxi (R$ 5,49).
R. Manoel da Nóbrega, 209, Paraíso, 3390-7000.

De acordo com Vicky Pileggi, o suco de laranja, framboesa e goji berry (R$ 9,50) da Desfrutti é energético e antioxidante.
Mooca Plaza Shopping. R. Capitão Pacheco e Chaves, 313, Mooca, 2272-5584

Rico em ferro e nas vitaminas A, C e K, o suco detox da boulangerie Santo Pão -que leva o nome da casa – é preparado com abacaxi, manga, couve e hortelã, batidos com água de coco (R$ 14,50).
R. Padre João Manuel, 968, Cerq. César, 2309-5594.

O consistente ‘Meu Detox’, da Juice Club, leva maçã, pepino, couve, espinafre, limão e gengibre prensados a frio e sem conservantes (R$ 15,90). Há mais nove opções de sabores.
Shop. Nações Unidas. Av. das Nações Unidas, 12.901, Brooklin

Com a chegada do verão, o bistrô Le Bou incluiu três opções de sucos detox em seu cardápio. Um dos mais pedidos, o de beterraba, cenoura e pepino (R$ 10) pode ser preparado com ou sem sementes.
R. Bandeira Paulista, 387, Itaim Bibi, 3078-7619.

Entre os seis sucos do Marakuthai, destaque para o ‘Saúde’ (R$ 13), feito com laranja, morango, gengibre e farinha de linhaça, que, segundo a nutricionista, ajuda na regulação do intestino.
Al. Itu, 1.618, Jd. Paulista, 3062-7556.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: