Confira sete documentários em cartaz nos cinemas de São Paulo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Confira sete documentários em cartaz nos cinemas de São Paulo

Redação Divirta-se

20 de agosto de 2018 | 12h44

‘Hilda Hilst Pede Contato’. Foto: Imovision

Onde Está Você, João Gilberto?
(Alemanha-Suíça-França/2018, 106 min.) – Documentário. Dir. Georges Gachot. Com Maximilian Simonischek, Miúcha, João Donato. Inspirado pelo livro de Marc Fisher, o diretor Georges Gachot desembarca no Rio de Janeiro em busca do maior expoente da bossa nova, hoje recluso. Ele não mede esforços para entrar em contato com amigos e parceiros do músico. 12 anos. Confira salas e horários de exibição

Abrindo o Armário
(Brasil/2016, 87 min.) – Documentário. Dir. Dario Menezes, Luís Abramo. Com MC Linn da Quebrada, Ciro Barcelos, João Silvério Trevisan. Por meio de entrevistas, materiais de arquivo e performances de artistas, o documentário é um retrato aprofundado sobre os processos de libertação e de conquistas do movimento LGBT no Brasil. 12 anos. Confira salas e horários de exibição

Como Fotografei os Yonomami
(Brasil/2017, 72 min.) – Documentário. Dir. Otavio Cury. O documentário faz um retrato aprofundado dos profissionais de saúde que trabalham na região indígena Yanomami. São enfermeiros e técnicos que dedicam suas vidas a tratar os habitantes de pequenos abrigos isolados na floresta. Livre. Confira salas e horários de exibição

Fátima – O Último Mistério
(Fátima – El Último Misterio, Espanha/2017, 80 min.) – Documentário. Dir. Andrés Garrigó. Mónica é uma editora em busca de trabalho que recebe uma proposta para montar um documentário sobre as aparições de Nossa Senhora de Fátima. Mesmo em dúvida, por conta de sua falta de religiosidade, ela aceita participar do projeto. E as imagens que ela encontra são extraordinárias, marcando sua vida para sempre. 10 anos. Confira salas e horários de exibição

Hilda Hilst Pede Contato
(Brasil/2018, 75 min.) – Documentário. Dir. Gabriela Greeb. Com Luciana Domschke, Hilda Hilst, Lygia Fagundes Telles. Hilda Hilst, poeta morta em 2004, volta para a chácara onde vivia em Campinas e convida intelectuais, poetas e amigos para um encontro, cujo objetivo é estabelecer contato entre os vivos e os mortos. 12 anos. Confira salas e horários de exibição

Para Sempre Chape
(Brasil/2018, 74 min.) – Documentário. Dir. Luis Ara Hermida. Com Jakson Follmann, Neto, Alan Ruschel. Em 2016, a Chapecoense se classificou para a final da Copa Sul-americana, algo inédito para o clube até então. Mas a trajetória histórica foi interrompida no dia 28 de novembro do mesmo ano, quando o avião que transportava o time para a grande partida sofreu um grave acidente, provocando a morte de 71 pessoas. Livre. Confira salas e horários de exibição

Ser Tão Velho Cerrado
(Brasil/2018, 96 min.) – Documentário. Dir. André D’Elia. Moradores da Chapada dos Veadeiros, preocupados com o fim do cerrado em Goiás, procuram formas de desenvolver a região sem agredir o meio ambiente. O desafio, agora, é conciliar os interesses relacionados ao manejo da Área de Proteção Ambiental do Pouso Alto. Livre. Confira salas e horários de exibição

Confira salas e horários de todos os filmes em cartaz no Guia de Cinema do Divirta-se

 

Tendências: