Confira os destaques da 6ª edição da Mostra Internacional de Teatro de São Paulo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Confira os destaques da 6ª edição da Mostra Internacional de Teatro de São Paulo

Júlia Corrêa

14 de março de 2019 | 16h00

Entre hoje (15) e 24/3, a MITsp volta a agitar os palcos da cidade. A 6ª edição do evento inclui debates, ações pedagógicas, plataforma para experimentações e, claro, espetáculos espalhados por diferentes espaços da capital. São nove peças internacionais (de países como Bélgica, Chile, Congo e Itália), dez nacionais, com mais três estreias entre as atrações. A programação completa está no site: mitsp.org.

O ‘artista internacional em foco’ desta edição é o diretor suíço Milo Rau, cuja produção é conhecida por refletir sobre crimes e a violência dos tempos atuais. Durante a MITsp, o público poderá conferir três peças sob sua direção. Escolhido para abrir o evento, o espetáculo ‘A Repetição. História(s) do Teatro (I)’ (100 min.; 16 anos; R$ 30), que parte da história do assassinato de um homossexual na Bélgica, faz sessões hoje (15) e sábado (16), às 21h, no Auditório Ibirapuera (Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 2, V. Mariana, 3629-1075).

Cena da peça ‘Cinco Peças Fáceis’. Foto: Phile Deprez

De 3ª (19) a 5ª (21), às 19h, o Teatro Sérgio Cardoso (R. Rui Barbosa, 153, Bela Vista, 3288-0136) recebe o trabalho ‘Cinco Peças Fáceis’ (90 min.; 12 anos; R$ 40; foto acima), no qual um elenco de atores de 11 a 15 anos reconta, mediante ensaios em cena com atores adultos, histórias ligadas ao criminoso Marc Dutroux. A terceira peça é ‘Compaixão. A História da Metralhadora’ (105 min.; 16 anos; R$ 20/R$ 40), que aborda, em linguagem semidocumental, conflitos no território africano – e faz sessões 4ª (20), 5ª (21) e em 22/3, às 21h, no teatro do Sesc Vila Mariana (R. Pelotas, 141, 5080-3000).

CONFIRA OUTROS ESPETÁCULOS

Cena da peça ‘Mágica de Verdade’. Foto: Hugo Glendinning

+ O premiado grupo britânico Forced Entertainment encena Mágica de Verdade (foto), que coloca três atores em cena em um game show com situações absurdas. 100 min. 16 anos. Teatro do Sesi (456 lug.). Av. Paulista, 1.313, metrô Trianon-Masp, 3146-7406. 3ª (19), 4ª (20) e 5ª (21), 20h. Grátis (reserva pelo site bit.ly/sesisp).

+ O diretor Felipe Hirsch (em cartaz com ‘Fim’, no Sesc Consolação) apresenta Democracia, peça inspirado em textos do chileno Alejandro Zambra, sobre temas como educação e desigualdade no Chile. 105 min. 12 anos. Teatro Faap (506 lug.). R. Alagoas, 903, Higienópolis, 3662-7233. 2ª (18), 3ª (19) e 4ª (20), 21h. R$ 40.

+ Diretor da companhia chilena La Resentida, Marco Layera traz para o Brasil o espetáculo Paisagens Para Não Colorir, criado a partir de depoimentos de onze adolescentes chilenas, relacionados a temas como preconceitos, sexualidade e violência. 87 min. 14 anos. Teatro Porto Seguro (496 lug.). Al. Barão de Piracicaba, 740, Campos Elísios, 3226-7300. 4ª (20) e 5ª (21), 19h. R$ 30/R$ 40.

+ Aos 17 anos, o diretor congolês Dieudonné Niangouna viu eclodir a primeira guerra civil em seu país. Com produção marcada por essas memórias, ele traz ao Brasil O Alicerce das Vertigens, peça que parte da história de dois irmãos, situada em bairros pobres de sua cidade natal, para abordar consequências da colonização. 105 min. 16 anos. Sesc Pinheiros. Teatro Paulo Autran (1.010 lug.). R. Paes Leme, 195, 3095-9400. 6ª (15) e sáb. (16), 21h; dom. (17), 18h. R$ 20/R$ 40.

Mais conteúdo sobre:

teatroMITspMilo Rau