Confira o roteiro de Teatro e Dança
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Confira o roteiro de Teatro e Dança

Redação Divirta-se

25 de fevereiro de 2016 | 16h48

A seguir, os espetáculos em cartaz em SP entre os dias 26/2 e 3/3

7 Doida - Foto Daniel Bianchini

FOTO: divulgação

ESTREIA | ‘Doida’ é protagonizado por Teuda Bara

 

ESTREIAS

Coisas Úteis e Agradáveis
O indiano Ravi (Germano Melo) conhece a cultura ocidental da maneira mais violenta possível. Preso pela Igreja, o hindu é levado para ser julgado pelo Papa. 50 min. Livre. Sesc Ipiranga (213 lug.). R. Bom Pastor, 822, 3340-2000. Estreia hoje (26). 6ª, 21h30; sáb., 19h30; dom., 18h30. Até 3/4. R$ 20

O Campeão de Dominó do Alaska
O texto de Mário Viana, uma comédia de humor negro, retrata um homem que quer vender a mãe, com Alzheimer, como pagamento de uma dívida. Dir. Aimar Labaki. Com Thara Theatro. 60 min. 12 anos. Espaço Parlapatões (100 lug.). Pça. Franklin Roosevelt, 158, Centro, 3258-4449. Estreia 3ª (1º). 3ª e 4ª, 21h. R$ 30. Até 13/4.

Doida
Inspirado na obra de Carlos Drummond de Andrade, o espetáculo traz a atriz Teuda Bara, do Grupo Galpão, em uma montagem intimista, privilegiando a proximidade com o público. 60 min. 12 anos. Sesc Santana (337 lug.). Av. Luiz Dumont Villares, 579 , 2971-8700. Estreia hoje (26). 6ª e sáb., 21h; dom., 18h. Até 20/3. R$ 30.

Memórias (Não) Inventadas
Em um bordel, Bertha se vê obrigada a deixar a profissão por conta da saúde frágil. Esse é o pano de fundo de , espetáculo dirigido por André Garolli e inspirado em Tennessee Williams. 60 min. 14 anos. Viga Espaço Cênico (40 lug.). R. Capote Valente, 1.323, Sumaré, 3801-1843. Estreia segunda (29). 2ª. e 3ª, 21h. Até 26/4. R$ 30

REESTREIAS

O Beijo no Asfalto
O texto de Nelson Rodrigues ganha montagem do Grupo de Segunda. O enredo aborda a forma sensacionalista como fatos cotidianos são retratados pela mídia. Dir. Jair Aguiar. 90 min. 12 anos.

Espaço Parlapatões (98 lug.). Pça. Franklin Roosevelt, 158, Consolação, 3258-4449. A partir de 5ª (3). 5ª, 21h. R$ 40. Até 21/4.

Carne
A peça da Kiwi Companhia de Teatro discute as relações entre patriarcado e capitalismo. Por meio de 20 cenas curtas, são abordados diferentes tipos de violência sofridos pelas mulheres no Brasil. A temporada faz parte do projeto ARTE – Substantivo Feminino. 90 min. 14 anos.

Sesc Belenzinho. Sala de Espetáculos I (100 lug.). R. Padre Adelino, 1.000, 2076-9700. A partir de hoje (26). 6ª e sáb., 21h30; dom., 18h30. R$ 6/R$ 20. Até 6/3.

Dama da Noite
No monólogo, Luiz Fernando Almeida dá vida às angústias de um homem que se sente deslocado no mundo. A peça, que tem direção de André Leahun, parte de um conto do escritor gaúcho Caio Fernando Abreu. 55 min. 16 anos.

Centro Compartilhado de Criação (80 lug.). R. James Holland, 57, Barra Funda, 3392-7485. A partir de 3ª (1º). 3ª e 4ª, 21h. R$ 30. Até 6/4.

OE
No espetáculo solo, o ator Eduardo Okamoto dá vida a um texto livremente inspirado na obra do escritor japonês Kenzaburo Oe. No enredo, um homem percebe a aproximação de sua morte e resolve escrever para o filho – que tem demência intelectual – um livro com a definição de todas as coisas do mundo. De Cássio Pires. Dir. Marcio Aurélio. 70 min. 12 anos.

Oficina Cultural Oswald de Andrade (40 lug.). R. Três Rios, 363, Bom Retiro, 3222-2662. A partir de 4ª (3). 5ª a sáb., 20h. Grátis (retirar ingresso 30 min. antes). Até 19/3.

ÚLTIMA SEMANA

4.000 Dias ou Abra Seus Olhos
Do premiado autor inglês Peter Quilter, a comédia aborda relações familiares e afetivas. A montagem brasileira traz Cláudia Mello no elenco. 90 min. 12 anos. Teatro Alfa (204 lug). R. Bento Branco de Andrade Filho, 722, S. Amaro, 5693-4000. 6ª, 21h; sáb. e dom., 20h. R$ 70/R$ 80. Até dom. (28).

O Canal
Escrita pelo norte-americano Gary Richards, a peça ganha montagem da Cia. Cemitério de Automóveis, dirigida por Mário Bortolotto. No enredo, quatro sujeitos estão envolvidos em um desmanche de carros. 80 min. 16 anos. Teatro & Bar Cemitério de Automóveis (35 lug.). R. Frei Caneca, 384, Consolação, 2371-5743. 6ª e sáb., 21h; dom., 20h. R$ 30. Até dom. (28).

Casal TPM
A peça aborda, de forma bem-humorada, a relação de amor e ódio entre homens e mulheres – e mostra como o dia a dia de um casal, com todos seus problemas, não passa de uma grande piada. Temas como rotina e traição são tratados com leveza. 60 min. 12 anos. Teatro Ruth Escobar (316 lug.). R. dos Ingleses, 209, Bela Vista, 3289-2358. Dom., 19h30. R$ 60. Até dom. (28).

E se Não Tivesse Amor no Título?
A comédia dramática mostra os amores não concretizados de três mulheres, que dividem sorrisos e frustrações. Texto e dir. Renato Andrade. Com Luiza Andrade, Cintia Takeda e outras. 50 min.
12 anos. Teatro Augusta. Sala Experimental (50 lug.). R. Augusta, 943, Consolação, 3151-4141. Sáb., 21h. R$ 40. Até sáb. (27).

Os Estranhos que nos Habitam
A peça de suspense aborda os transtornos de personalidade. O texto de Wagner D’Avilla foi inspirado no ‘Estudo Comportamental da Obediência’, do psicólogo Stanley Milgram, sobre como pessoas comuns podem cruzar os limites tênues da maldade. Dir. Antônio Ranieri. Com Bruno Narchi, Carina Gregório e Diego Antunes. 70 min. 15 anos. Espaço Parlapatões (98 lug.). Pça. Roosevelt, 158, Consolação, 3258-4449. Sáb., 20h. R$ 40. Até sáb. (27).

Fim de Jogo
A obra de Samuel Beckett, sobre um velho cego e paralítico, é encenada dentro do apartamento de Renato Borghi, na região da Paulista. Na cenografia, estão objetos pessoais, fotografias e móveis da própria casa do ator. Dir. Isabel Teixeira. Com Renato Borghi e Elcio Nogueira Seixas. 18 anos. 105 min.Av. Paulista, 149, metrô Brigadeiro, 2168-1777 (ingressos no Itaú Cultural, 1h antes do espetáculo). 5ª a dom., 20h. Grátis. Até dom. (28).

Memórias de Adriano
O famoso romance de Marguerite Yourcenar, lançado na França em 1951, ganha adaptação para o teatro, em versão de Tereza Falcão. No monólogo, Luciano Chirolli encarna o imperador Adriano.
Dir. Inez Viana. 75 min. 16 anos. CCSP. Sala Jardel Filho (321 lug.). R. Vergueiro, 1.000, 3397-4002. 6ª e sáb., 21h; dom., 18h30. R$ 20. Até dom. (28).

Navalha na Carne
Obra-prima de Plínio Marcos, o texto ganha montagem do Oficina, dirigida e interpretada por Marcelo Drummond. Em um quarto, Wado, Neusa Sueli e Veludo estabelecem um jogo que mistura sedução, força física, humilhação e sarcasmo. 60 min. 16 anos. Teat(r)o Oficina (300 lug.). R. Jaceguai, 520, Bela Vista, 3106-2818. 4ª a sáb., 21h; dom., 20h. R$ 30. Até dom. (28).

Onde Agora? Quando Agora? Quem Agora?
O título do espetáculo, concebido por Wellington Duarte, faz referência às perguntas que iniciam o romance ‘O Inominável’, de Samuel Beckett. Em cena, os bailarinos fazem movimentos a partir de conceitos como força e ausência. 50 min. Livre. Funarte. Sala Renée Gumiel (50 lug.). Al. Nothmann, 1.058, Campos Elísios, 3662-5177. 6ª e sáb., 20h; dom., 19h. Grátis (retirar ingresso 1h antes). Até dom. (28).

Um Passo Atrás
No texto de João Fábio Cabral, um homem retorna à sua casa, após a morte da mãe, para resolver uma simples questão burocrática. A partir do encontro com o atual inquilino Jorge, um artista plástico, segredos vêm à tona. Dir. Fabiana Carlucci. Com Camila Graziano e Zemanuel Piñero. 60 min. 12 anos.TOP Teatro (50 lug.). R. Rui Barbosa, 201, Bela Vista, 2309-4102. 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. R$ 40. Até dom. (28).

Roleta-russa
No suspense – uma adaptação do livro ‘Suicidas’, de Raphael Montes –, um grupo de universitários da elite carioca decide participar de uma roleta-russa. Um ano após a morte desses jovens, uma nova pista é encontrada. Dir. César Augusto. Com Dan Rosseto, Hélio Souto e outros. 120 min. 16 anos.Espaço Parlapatões (98 lug.). Pça. Franklin Roosevelt, 158, Consolação, 3258-4449. 5ª e
6ª, 21h. R$ 50. Até hoje (26).

Os Veranistas
Inspirada em texto homônimo de Gorki, a peça retrata uma viagem de final de ano entre amigos. A partir daí, são discutidas questões como elitismo, alienação e machismo. Dir. Renato Andrade. Com Anita Prades, Bruna Ribeiro e outros. 65 min. 12 anos.Teatro Augusta. Sala Experimental (50 lug.). R. Augusta, 943, Consolação, 3151-4141. 6ª, 21h30. R$ 30.
Até hoje (26).

EM CARTAZ

A Alma Imoral
A atriz Clarice Niskier joga ao público pensamentos sobre situações comuns a todos, fazendo os espectadores repensarem a moral estabelecida. As frases são, por vezes, confusas. Quem perder alguma parte da peça pode dizer uma palavra-chave à atriz e ela repete o texto. 70 min. 18 anos.Teatro Eva Herz (168 lug.). Livraria Cultura. Conjunto Nacional. Av. Paulista, 2.073, metrô Consolação, 3170-4059. Sáb., 21h; dom., 19h. R$ 70. Até 1º/5.

As Benevolentes – Uma Anatomia do Mal
Thiago Fragoso encena adaptação do romance de Jonathan Littell. Dirigida por Ulysses Cruz, mostra um burocrata que se tornou um oficial nazista. 75 min. 12 anos.Hebraica. Teatro Arthur Rubinstein (520 lug.). R. Hungria, 1.000, 3818-8888. 6ª, 21h30; sáb., 21h; dom., 18h. R$ 60/R$ 80. Até 13/3.

Um Bonde Chamado Desejo
Blanche Dubois (Maria Luisa Mendonça) é uma mulher outrora rica e refinada, agora falida. Ao buscar refúgio na casa da irmã, entra em conflito com o cunhado, Stanley (Du Moscovis). De Tennessee Williams. Dir. Rafael Gomes. 110 min. 14 anos. Tucarena (300 lug.). R. Monte Alegre, 1.024, 3670-8455. 6ª, 21h30; sáb., 21h; dom., 18h. R$ 50/R$ 70. Até 27/3.

Cabras – Cabeças que Voam, Cabeças que Rolam
A guerra é o objeto de investigação da Cia. Balagan em seu novo espetáculo. Escrita por Luís Alberto de Abreu, a peça reúne 20 crônicas independentes. Nelas, surgem aspectos como vingança, inimizade, conflitos parentais e nomadismo. Dir. Maria Thaís. 120 min. 12 anos. CCSP (80 lug.). R. Vergueiro, 1.000, metrô Vergueiro, 3397-4002. 6ª e sáb., 21h; dom., 20h. R$ 20. Até 13/3.

Caminham Nus Empoeirados
Gero Camilo atua como dramaturgo, diretor e ator. O enredo conta as aventuras e desventuras de dois atores que abandonam sua companhia e caem na estrada. 75 min. 12 anos. Teatro Nair Bello (200 lug.). Shopping Frei Caneca. R. Frei Caneca, 569, 3º piso, Bela Vista, 3472-2414. 6ª, 21h30; sáb., 21h; dom., 19h. R$ 50. Até 6/3.

Caranguejo Overdrive
A Aquela Cia. conta a história de um ex-catador de caranguejos no Rio do século 19. Convocado para a Guerra do Paraguai, ele enlouquece no campo de batalha, volta e encontra uma cidade transformada. 75 min. 16 anos. Sesc Pinheiros (50 lug.). R. Paes Leme, 195, 3095-9400. 3ª a 5ª, 21h. R$ 7,50/R$ 25. Até 10/3.

Como Ter Sexo a Vida Toda Com a Mesma Pessoa
Tania Bondezan vive uma sexóloga que dá um bem humorado seminário, em que passa ao público técnicas e ensinamentos para se manter a vida sexual dos casais sempre ativa. De Mônica Salvador. Dir. Odilon Wagner. 70 min. 16 anos. Teatro Eva Herz (168 lug.). Livraria Cultura. Conjunto Nacional. Av. Paulista, 2.073, metrô Consolação, 3170-4059. 4ª, 5ª e 6ª, 21h. R$ 70. Até 29/4.

Doze Homens e uma Sentença
O enredo, um clássico do cinema, retrata 12 jurados que estão reunidos para decidir se condenam ou não à morte um jovem acusado de assassinar o pai. A atual temporada integra a mostra Repertório de Verão do Grupo Tapa. Dir. Eduardo Tolentino. 100 min. 12 anos. Teatro Aliança Francesa (230 lug.). R. General Jardim, 182, V. Buarque, 3017-5699 (ramal 5602). 5ª, 6ª e sáb., 20h30; dom., 19h. 5ª (3), 4 e 5/3, não haverá sessão. R$ 50. Até 27/3.

A Filosofia na Alcova
A partir da obra de Marquês de Sade, publicada clandestinamente em 1795, a peça apresenta a educação sexual de uma jovem virgem e ingênua, com aulas práticas e teóricas de libertinagem. Texto e dir. Rodolfo García Vázquez. 60 min. 18 anos. Estação Satyros (80 lug.). Pça. Franklin Roosevelt, 134, Consolação, 3258-6345. Sáb., 23h59. R$ 40. Até 19/3.

Galileu Galilei
Denise Fraga protagoniza a história do cientista que desafiou os saberes da igreja no século 17. Escrita pelo alemão Bertolt Brecht, a peça não se restringe aos aspectos históricos do episódio. Dir. Cibele Forjaz. Com Ary França, Lúcia Romano e outros. 140 min. 12 anos. Tuca (672 lug.). R. Monte Alegre, 1.024, Perdizes, 3670-8455. 6ª e sáb., 21h; dom., 19h.
R$ 50/R$ 70. Até 10/4.]

Intocáveis
Versão teatral do filme francês homônimo, a peça conta a história da inusitada amizade entre o aristocrata tetraplégico Philipe (Marcelo Airoldi) e seu assistente pessoal Driss (Val Perré). 110 min. 12 anos. Teatro Renaissance (440 lug.). Al. Santos, 2.233, Jd. Paulista, 3069-2286. 6ª, 21h30; sáb., 21h; dom., 20h. R$ 100. Até 15/3.

Killer Joe
Criada pelo dramaturgo americano Tracy Letts e apresentada em 15 países, a peça ganha versão brasileira com direção de Mário Bortolotto. No enredo, Chris deve dinheiro a traficantes e, com a ajuda do pai e da madrasta, chama o matador Joe Cooper para resolver o problema. 90 min. 16 anos. Teatro & Bar Cemitério de Automóveis (35 lug.). R. Frei Caneca, 384, 2371-5744. 4ª e 5ª, 21h.
R$ 30. Até 3/3.]

Morte Acidental de um Anarquista
Mais famoso texto do dramaturgo italiano Dario Fo (Prêmio Nobel de Literatura), conta a história de um louco que se faz passar por juiz na investigação de um caso de polícia: o mistério de um anarquista que teria se suicidado. A peça é protagonizada por Dan Stulbach. Dir. Hugo Coelho. 80 min. 12 anos. Masp. Auditório (374 lug.). Av. Paulista, 1.578, metrô Trianon-Masp, 3149-5959. 4ª e 5ª, 21h. R$ 60. Até 21/4.

Nise da Silveira – Guerreira da Paz
A psiquiatra brasileira é homenageada com espetáculo que une teatro, música, dança e projeções. Uma das primeiras mulheres a se formar em medicina no Brasil, a alagoana ficou conhecida por se negar a praticar os polêmicos tratamentos com eletrochoque. Texto e dir. Daniel Lobo. 95 min. 16 anos. Masp. Auditório (374 lug.). Av. Paulista, 1.578, metrô Trianon-Masp, 3149-5959. 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. R$ 60. Até 17/4.

A Noviça Mais Rebelde
Na comédia, Wilson de Santos interpreta a Irmã Maria José, uma freira que canta, dança e conta histórias de seu passado nada santo. A supervisão artística é de Marcelo Médici. De Dan Goggin.
90 min. 12 anos. Teatro Renaissance (448 lug.). Al. Santos, 2.233, Jd. Paulista, 3069-2286. Sáb. e dom., 18h. R$ 80. Até 13/3.

Pessoas Sublimes
O Satyros dá continuidade à Trilogia das Pessoas, que teve início com ‘Pessoas Perfeitas’. A obra, com texto de Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez, trata dos moradores da região de Parelheiros. 110 min. Livre. Espaço dos Satyros Um. Pça. Franklin Roosevelt, 214, 3258-6345. 4ª a sáb., 21h; dom., 20h. R$ 5/R$ 20. Até 17/4.

Salamaleque
Inspirada na troca de cartas entre um casal de imigrantes na década de 1930, o espetáculo conta a história de uma família a partir de cenas vividas na cozinha. Dir. Denise Weinberg. 60 min. 12 anos. Instituto Cultural Capobianco (35 lug.). R. Álvaro de Carvalho, 97, Centro, 3237-1187. Sáb., 16h e 20h; dom., 16h. Grátis (retirar ingresso 1h antes). Até 12/3.

O Santo Dialético
A Cia. Teatro do Incêndio encena espetáculo com seis histórias que ocorrem, paralelamente, em uma metrópole. Os enredos têm em comum temas como a perda da ancestralidade e da identificação pessoal. Em uma arena, 15 atores se revezam em pequenos cenários sobre rodas. Dir. Marcelo Marcus Fonseca. 170 min. (com intervalo de 25 min.). 14 anos. Teatro do Incêndio (80 lug.). R. 13 de Maio, 53, Bela Vista, 2609-8561. Sáb., 20h; dom., 19h. R$ 5. Até 17/4.

TempoNorteExtremo
Esta peça-documentário é inspirada em dois livros do jornalista paraense Lúcio Flávio Pinto. Na Amazônia, ele mantém há 30 anos o Jornal Pessoal, tabloide quinzenal que não aceita anúncios, sobrevivendo exclusivamente da venda em bancas. 60 min. Sede Luz do Faroeste (80 lug.). R. do Triunfo, 305, S. Efigênia, 3362-8883. Sáb., 21h30; dom., 18h. Pague quanto quiser. Até 24/4.

Teorema 21
A montagem do Grupo XIX de Teatro é inspirada no livro e no filme ‘Teorema’, do italiano Pier Paolo Pasolini. Com dramaturgia de Alexandre Dal Farra, o espetáculo conta a história de uma família que, após uma longa ausência, volta a morar em seu antigo lar. Lá, experimentam a sensação de estagnação, rompida pela chegada de um forasteiro. Dir. Luiz Fernandes Marques. 75 min. 18 anos. Vila Maria Zélia (40 lug.). R. Mário Costa, 13, Belém, 2081-4647. 6ª a dom., 17h. Grátis. Até 6/3.

O Topo da Montanha
O casal de atores Lázaro Ramos e Taís Araújo protagoniza a peça, sobre o encontro do ativista político Martin Luther King com a camareira de um hotel. A moça, em seu primeiro dia de trabalho, examina o líder em seus princípios. Texto de Katori Hall. Dir. Lázaro Ramos. 80 min. 12 anos. Teatro Faap (506 lug.). R. Alagoas, 903, 3662-7233. 6ª, 21h30; sáb., 21h; dom., 18h. R$ 90. Até 3/4.

Trair e Coçar É Só Começar
Em cartaz desde 1986, a comédia conta as trapalhadas da doméstica Olímpia, que envolve seus patrões em intrigas e confusões. De Marcos Caruso. Dir. José Scavazini. Com Anastácia Custódio e outros. 120 min. 12 anos. Teatro Bibi Ferreira (300 lug.). Av. Brig. Luís Antônio, 931, Bela Vista, 3105-3129. 6ª e sáb., 21h; dom., 20h. R$ 60/R$ 70. Até 24/4.

Volpone
Obra da era elisabetana, conta a trajetória de um milionário falido que arquiteta um plano para recuperar a fortuna. Dir. Neyde Veneziano. Com Chico Carvalho e outros. 90 min. 12 anos. MuBE Nova Cultural (192 lug.). R. Alemanha, 221, 2386-8194. 6ª e sáb., 21h30; dom., 20h30. R$ 50/R$ 60. Até 13/3.

MUSICAL

Capitão Rodrigo – A Saga de um Homem Comum
Nesta ópera-rock, o grupo gaúcho de teatro Mosaico Cultural faz uma sátira a valores opressivos da sociedade contemporânea. As 11 músicas autorais, executadas ao vivo, são intercaladas com narrativas, performances e projeção de imagens. 60 min. 12 anos. Teatro Jaraguá (265 lug.). R. Martins Fontes, 71, Centro, 3255-4380. Estreia 4ª (2), 21h (grátis; retirar senha 2h antes). 4ª e 5ª, 21h. R$ 50. Até 31/3.

Caravana Tonteria
A atriz Letícia Sabatella protagoniza o espetáculo, que mescla música ao vivo, poesia e cenas teatrais. Acompanhada por Paulo Braga, Fernando Alves Pinto e Zéli Silva, ela canta músicas de compositores como Chico Buarque e Cole Porter. 90 min. Livre. Teatro Itália (276 lug.). Av. Ipiranga, 344, subsolo, metrô República, 3255-1979. Sáb., 21h; dom., 19h.
R$ 70/R$ 80. Até dom. (28).

Chão de Estrelas – Musical
Este lúdico e poético musical retrata a história de dois personagens, a bailarina e o palhaço, com trilha sonora que percorre a chamada Era de Ouro do rádio. São clássicos eternizados nas vozes de Dalva de Oliveira, Carmen Miranda, Nelson Gonçalves, entre outros. Dir. Rubens Lima Junior. Com Ana Luisa Leite, Sabrina Korgut e Tiago Higa. 12 anos. Espaço Promon (300 lug.). Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 1.830, Itaim Bibi, 3071-4236. Sáb., 21h; dom., 19h. R$ 80. Até dom. (28).

Desinventando a Bossa
A performance teatral musical é comandada por Lúcio Mauro Filho e Celso Fonseca. No palco, eles dão vida a dois músicos que se preparam para ensaiar um novo show. Mas, para a surpresa de um deles, a plateia já está lá. Durante esse ‘ensaio aberto’, eles tocam de clássicos da Bossa Nova até Sandy & Junior. 100 min. 12 anos. Teatro Folha (300 lug.). Shopping Pátio Higienópolis. Av. Higienópolis, 618, terraço, Higienópolis, 3823-2323. 6ª e sáb., 23h59. R$ 25. Até sáb. (27).

Estúpido Cupido
A comédia musical, vista por mais de 20 mil durante temporada no Rio, chega, agora, à cidade. Nela, Tetê (Françoise Forton) é uma atriz e apresentadora de TV famosa, que decide ir a um encontro da turma do colégio – uma festa temática dos anos 1960 e 1970. Dir. Gilberto Gawronski. Com Clarisse Derzié Luz, Luciano Szafir e outros. 90 min. 12 anos. Teatro Gazeta (650 lug.). Av. Paulista, 900, metrô Brigadeiro, 3253-4102. Estreia sáb. (27). Sáb., 21h; dom., 18h. R$ 100. Até 20/3.

Formidable
No espetáculo, o cantor e ator Mauricio Baduh aborda sua ligação com a canção francesa, desde a infância em Paris até os dias de hoje. Acompanhado por quatro músicos, com participação
especial de Ana Luísa Leite, ele interpreta clássicos de nomes como Charles Aznavour, Michel Legrand e Édith Piaf. Dir. Marco Marcondes. 80 min. 12 anos. Espaço Promon (300 lug.). Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 1.830, Itaim Bibi, 3071-4236. Dom. (28), 20h30. R$ 80.

Uma Luz Cor de Luar
Inspirado na cultura indígena e em contos populares brasileiros, o musical é voltado ao público adulto e também infantojuvenil. Em seu elenco, estão nomes como Claudia Ohana e Simone Gutierrez, além de 20 jovens atores e bailarinos da Fundação Lia Maria Aguiar, de Campos de Jordão (SP). Dir. Thiago Gimenes. 120 min. Livre. Teatro das Artes (780 lug.). Shopping Eldorado. Av. Rebouças, 3.970, Pinheiros, 3034-0075. 6ª, 21h; sáb., 15h e 20h; dom., 15h. R$ 70. Até dom. (28).

Noel Rosa, o Poeta da Vila e Seus Amores
O lirismo e o samba do compositor carioca são o ponto de partida do musical, que tem dramaturgia de Plínio Marcos. O espetáculo narra a vida de Noel e leva ao palco canções como ‘Fita Amarela’ e ‘Com que Roupa?’. Dir. Antonio Netto. Com Cia. das Artes. 60 min. 12 anos. Espaço Parlapatões (98 lug.). Pça. Roosevelt, 158, Consolação, 3258-4449. 6ª e sáb., 23h59. R$ 40. Até sáb. (27).

Urinal, o Musical
Vencedor de três prêmios Tony em 2001, o espetáculo ganha versão com direção de Zé Henrique de Paula. No enredo, a falta de água leva ao fechamento de todos os banheiros privados (e, para
usar os públicos, há cobrança de taxa). 135 min. (15 min. de intervalo). 10 anos. Teatro Porto Seguro (484 lug.). Al. Barão de Piracicaba, 740, Campos Elísios, 3226-7300. 4ª e 5ª, 21h. R$ 50/R$ 80. Até 21/4.

HUMOR

Los Lobos Bobos
Guilherme Uzeda, Marcelo Augusto e Ricardo Arantes comandam este espetáculo, formado por esquetes que retratam o cotidiano de São Paulo por canções de Adoniran Barbosa, como ‘Saudosa Maloca’. Dir. Pedro Paulo Bogossian. 60 min. 14 anos. Teatro da Livraria da Vila (125 lug.). Shopping JK Iguatemi. Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2.041, V. N. Conceição, 5180-4790. Sáb., 20h; dom., 18h. R$ 60. Até dom. (28).

Use me
Eduardo Sterblitch – famoso por personagens como César Polvilho e Fred Mercury Prateado, no programa televisivo ‘Pânico’ – apresenta seu mais recente espetáculo. O também ator André Pateta e o DJ Rael Barja fazem participação. Dir. Rafael Queiroga. Teatro Bradesco (1.439 lug.). Bourbon Shopping. R. Palestra Itália,1.500, 3º piso, 3670-4100. Sáb. (27), 21h; dom. (28), 20h. R$ 50/R$ 180.

A Vida Sexual da Mulher Feia
A comédia, protagonizada por Otávio Müller, é baseada no best-seller homônimo de Claudia Tajes. Em cena, o ator dá vida à personagem Maricleide, uma mulher feia em processo de autoaceitação, que divide com o público sua luta contra a ditadura da beleza. 80 min. 14 anos. Teatro Folha (305 lug.). Shopping Pátio Higienópolis. Av. Higienópolis, 618, Higienópolis, 3823-2323. 6ª, 21h30; sáb., 20h; dom., 19h. R$ 40/R$ 70. Até sáb. (27).

CIRCO

Cuidado: um Palhaço Mau Pode Arruinar a Sua Vida
O argentino Chacovachi mistura malabarismo, mágica e equilibrismo com temas como política, morte e conformismo. 60 min. 14 anos. Sesc Pinheiros. Auditório (100 lug.). R. Paes Leme, 195, 3095-9400. Hoje (26) e sáb. (27), 20h30. R$ 7,50/R$ 25.

ESPECIAL

Ensaio Aberto – Felipe Hirsch e os Ultralíricos
O diretor e seu grupo expõem ao público o processo de criação de dois espetáculos teatrais: ‘A Tragédia Latino-americana’ e ‘A Comédia Latino-americana’. O elenco conta com atores brasileiros, argentinos, chilenos e mexicanos. A programação inclui leituras e ensaios abertos. Sesc Consolação. Espaço Beta (50 lug.). R. Dr. Vila Nova, 245, V. Buarque, 3234-3000. ‘Leituras’: sáb., 17h30/19h. Grátis (retirar ingresso 1h antes). Até sáb. (27). ‘Ensaios Abertos – Parte III’: 3ª a 6ª, 19h/21h30. Grátis (inscrições na Central de Atendimento). Até hoje (26).

Hamelete – O Cordel
Vencedor do Festival de Teatro Cidade de São Paulo 2014, o espetáculo do Grupo Careta ambientou a obra de William Shakespeare no sertão brasileiro e transformou a tragédia em um conto de cordel, com a graça e o sotaque provenientes do interior do Nordeste. 60 min. 12 anos. Teatro APCD (800 lug.). R. Voluntários da Pátria, 547, Santana, 2223-2424. Sáb. (27), 21h; dom. (28), 19h. R$ 50.

Memórias de Adriano
Logo após encerrar temporada no CCSP, a peça tem sessão especial como parte do projeto Terça Tem Teatro. No monólogo, Luciano Chirolli dá vida ao imperador Adriano. A direção é de Inez Viana. 60 min. 16 anos. Itaú Cultural. Sala Itaú Cultural (247 lug.). Av. Paulista, 149, metrô Brigadeiro, 2168-1776. 3ª (1º), 20h. Grátis (retirar ingresso 30 min. antes).

DANÇA

Entreterras
Leandro Berton apresenta espetáculo solo, resultado de processo iniciado em 2012, que propõe um diálogo entre dança e fotografia. A coreografia foi feita a partir de imagens clicadas pelo próprio dançarino. 60 min. 14 anos. Itaú Cultural. Sala Itaú Cultural (247 lug.). Av. Paulista, 149, metrô Brigadeiro, 2168-1776. Sáb. (27), 20h; dom. (28), 19h. Grátis (retirar ingresso 30 min. antes).

Mané Gostoso
Na coreografia, a companhia Ballet Stagium reúne elementos da cultura popular do Nordeste. Homenagem a Luiz Gonzaga, o título faz referência ao boneco de madeira manipulado por cordas, comumente encontrado nas feiras da região. As músicas tocadas foram gravadas, especialmente para o espetáculo, pelo grupo pernambucano Quinteto Violado. 60 min. Livre. Caixa Cultural (80 lug.). Pça. da Sé, 111, Centro, 3321-4400. 6ª e sáb., 19h15; dom., 18h. Grátis (retirar ingresso 1h antes). Até dom. (28).

Máquina de Dançar
No projeto de Maria Alice Poppe e Thereza Rocha, que mescla espetáculo de dança e instalação, o público se locomove pelo espaço para ver as performances. Livre. Sesc Pompeia. Galpão (60 lug.). R. Clélia, 93, 3871-7720. Espetáculo: 6ª e sáb., 19h e 20h30; dom., 17h e 18h30. Instalação: 14h30/21h (6ª e sáb., 14h/18h30; dom., 13h/16h30; fecha 2ª). Grátis. Até 6/3.

Ocupação Marta Soares
A coreógrafa e bailarina relembra seus 20 anos de carreira com mostra de repertório. O primeiro espetáculo é ‘Vestígios’, inspirado em uma pesquisa de Marta em cemitérios indígenas pré-históricos, e que mescla as linguagens de dança, vídeo e instalação. 60 min. Livre. Oficina Cultural Oswald de Andrade (40 lug.). R. Três Rios, 363, Bom Retiro, 3222-2662. 5ª, 6ª e sáb., 20h. Grátis (retirar ingresso 30 min. antes). Até 19/3.

Treasured in The Dark (Apreciado no Escuro)
Com concepção, direção e interpretação de Thiago Granato, o espetáculo inaugura trilogia sobre diferentes colaborações (imaginárias) entre coreógrafos. Em cena, Granato faz referência a dançarinos já mortos, como o japonês Hijikata Tatsumi e o norte-americano Lennie Dale, que, no Brasil, fundou o grupo Dzi Croquettes. 50 min. 18 anos. Sesc Pompeia. Teatro (356 lug.). R. Clélia, 93, 3871-7700. Sáb. (27), 21h; dom. (28), 19h. R$ 7,50/R$ 25.

Tudo o que sabemos sobre:

circodançaestreiasteatro

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.