Confira o roteiro de teatro da semana
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Confira o roteiro de teatro da semana

Rafael Sousa Muniz de Abreu

26 de maio de 2016 | 17h31

A seguir, os espetáculos em cartaz em São Paulo entre os dias 26/5 e 1º/6.

Foto: Divulgação.

‘A Voz Humana’. Foto: Divulgação.

 

ESTREIAS

A Dor
O coletivo Vulcão (Criação e Pesquisa Cênica) apresenta monólogo sobre uma mulher que, durante a Segunda Guerra Mundial, espera o retorno do marido, que fora enviado a um dos campos de concentração. No palco, está a atriz Rita Grillo. A temporada faz parte do Projeto Escritoras na Boca de Cena, promovido pelo Sesc Consolação. Dir. Vanessa Bruno. 50 min. 14 anos. Sesc Consolação.
Sala Beta (50 lug.). R. Dr. Vila Nova, 245, 3234-3000. Estreia 3ª (31). 3ª, 20h. R$ 6/R$ 20.
Até 28/6.

Fim de Partida
O texto de Samuel Beckett ganha montagem dirigida por Eric Lenate, que também integra o elenco. Na peça, Hamm, Clov, Nagg e Nell estão presos em um abrigo. A partir disso, reflete-se sobre a condição humana, a solidão e o sentido da existência. Com Rubens Caribé, Ricardo Grasson e outros. 80 min. 14 anos. Sesc Pinheiros. Auditório (101 lug.). R. Paes Leme, 195, 3095-9400. Estreia 5ª (2). 5ª, 20h30. R$ 7,50/R$ 25. Até 2/7.

Ninguém Encontra Alguém
No texto de Peter Asmussen, um homem e uma mulher vivenciam diferentes possibilidades de relacionamento – mas, em todas, eles são incapazes de se comunicar. Dir. Gisela Cárdenas. Com José Manuel Lázaro e Léia Rapozo. 60 min. 14 anos. SP Escola de Teatro. Sala R8 (60 lug,). Pça. Roosevelt, 210, República, 3775-8600. Estreia sáb. (28). Sáb., 21h30; dom., 20h. R$ 30. Até 26/6.

Pulso
O solo, criado pelo grupo Vulcão (Criação e Pesquisa Cênica), retrata o que seria o último dia de vida da poeta norte-americana Sylvia Plath. Em um tom confessional, são revelados seus devaneios e memórias. As apresentações fazem parte do Projeto Escritoras na Boca de Cena. Dir. Vanessa Bruno. Com Elisa Volpatto. 50 min. 14 anos. Sesc Consolação. Sala Beta (50 lug.). R. Dr. Vila Nova, 245, 3234-3000. Estreia 2ª (30). 2ª, 20h. R$ 6/R$ 20. Até 27/6.

REESTREIA

Hysterica Passio
No texto da dramaturga espanhola Angélica Liddell, Hipólito é um menino de 12 anos que resolve se vingar dos pais pelos maus tratos que sofreu. A montagem é assinada pela Teatro Kaus Cia. Experimental. Dir. Reginaldo Nascimento. Com Alessandro Hernandez e Amália Pereira. 80 min. 14 anos. SP Escola de Teatro. Sala R1 (60 lug.). Pça. Roosevelt, 210, República, 3775-8600. A partir de sáb. (28). Sáb., 21h30; dom. e 2ª, 20h. Grátis. Até 4/7.

ÚLTIMA SEMANA

15 Cenas de Romeu e Julieta
A releitura dirigida por Eliete Cigarini tem uma versão jovem, às 16h, e uma voltada ao público adulto, às 21h. Como indica o título, o clássico de William Shakespeare é contado em 15 cenas, mas com dois Romeus, duas Julietas e dois Freis Lourenços. 75 min. Livre (sessões às 16h) e 12 anos (sessões às 19h e 21h). Teatro Garagem (60 lug.). R. Silveira Rodrigues, 331, V. Romana, 98682-3333. Sáb., 16h e 21h; dom., 16h e 19h. R$ 40. Até dom. (29).

Amadores
Um anúncio de jornal convida pessoas sem experiência profissional como atores para uma seleção de elenco. É esse o mote do novo espetáculo da Cia. Hiato. Na obra, escrita e dirigida em conjunto pelo grupo, artistas amadores e profissionais se encontram. 130 min. 16 anos. Sesc Consolação (280 lug.). R. Dr. Vila Nova, 245, 3234-3000. 5ª a sáb., 21h; dom. e fer., 18h. R$ 40. Até dom. (29).

Balzaquiando
Duas amigas que dividem um apartamento entram em conflito com a chegada de uma prima. Dir. Paulo Goulart Filho. 60 min. 12 anos. Teatro UMC (290 lug.). Av. Imperatriz Leopoldina, 550, V. Leopoldina, 2574-7749. 6ª, 21h. R$ 50. Até hoje (27).

Blink
Na trama de Phill Porter, a relação solitária dos vizinhos Jonas e Sofia que dividem um sobrado expõe o isolamento do indivíduo atual. Dir. Kleber Montanheiro. Com Ligia Paula Machado e Eduardo Pelizzari. 70 min. 10 anos. Espaço Promon (300 lug.). Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 1.830, V. Nova Conceição, 3071-4236. Dom., 19h. R$ 60. Até dom. (29).

Canto para Rinocerontes e Homens
Dirigido por Rogério Tarifa, o musical relê texto de Eugène Ionesco. Acompanhados por instrumentistas, os atores cantam a história, sobre a transformação dos homens nos animais. 180 min. 14 anos. Centro Compartilhado de Criação (70 lug.). R. James Holland, 57, Barra Funda, 3392-7485. 6ª e sáb., 20h; dom., 19h. R$ 30. Até dom. (29).

Carta Rasgada
Na peça de Alex Giostri, o personagem Mário descobre, dentro de uma máquina de costura, papéis que revelam segredos mantidos pelos pais a respeito de seu irmão mais novo. Dir. Gerardo Franco e Beto Nasci. Com Gustavo Haddad e Pedro Bosnich. 70 min. 16 anos. Teatro Jaraguá (273 lug.). R. Martins Fontes, 71, Centro, 3255-4380. Sáb., 21h; dom., 19h. R$ 50. Até dom. (29).

O Deus da Cidade
A comédia da Cia. dos Fofos, inspirada na obra de Bertolt Brecht, tem cenas independentes que expõem contradições sociais. Dir. Fernando Neves. 16 anos. 100 min. Espaço dos Fofos (54 lug.). R. Adoniran Barbosa, 151, Bela Vista, 3101-6640. 6ª, sáb. e 2ª, 21h; dom., 19h. R$ 20. Até dom. (29).

Dona Bete
Em um dos últimos textos de Fauzi Arap, escrito em 2007, a secretária de um deputado precisa tomar o lugar do chefe durante uma entrevista coletiva. A comédia é uma parceria de André Acioli e Elias Andreato. 55 min. 14 anos. Teatro Eva Herz (168 lug.). Av. Paulista, 2.073, Consolação 3170-4059. Sáb., 18h. R$ 60. Até sáb. (28).

Fora do Mundo
Com 60 anos de carreira, Miriam Mehler interpreta a história real de Dona Yayá, mulher dada como louca e trancada por 42 anos em sua própria casa. Dir. Analy Alvarez. 70 min. 16 anos. Top Teatro (60 lug.). R. Rui Barbosa, 201, Be- la Vista, 2122-4070. 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. R$ 40. Até dom. (29).

Joelma
Neste solo, Fabio Vidal, do Território Sirius Teatro de Salvador, reflete sobre inadequação e preconceito ao narrar a história real da personagem-título, uma transexual baiana. 75 min. 14 anos. Caixa Cultural (80 lug.). Pça. da Sé, 111, metrô Sé, 3321-4400. 6ª a dom., 19h15. Grátis (retirar ingresso a partir das 9h do dia do espetáculo). Até dom. (29).

Mais Quero Asno que me Carregue, que Cavalo que me Derrube
O coletivo Quintal do Aventino leva ao palco texto de Carlos Alberto Soffredini. Baseado em ‘A Farsa de Inês Pereira’, de Gil Vicente, ele retrata os vícios e costumes da sociedade patriarcal brasileira. Dir. Ednaldo Freire. 80 min. 12 anos. Teatro MuBe Nova Cultural (192 lug.). R. Alemanha, 221, Jd. Europa, 4301-7521. Sáb., 18h; dom., 20h30. R$ 40. Até dom. (29).

Marguerite, Mon Amour – Recital.Duras
Inspirada na vida e na obra da escritora e roteirista Marguerite Duras, a peça do Grupo Macunaíma/CPT explora sua relação com a mãe e o amante. Dir. Emerson Danesi. 90 min. 12 anos. Sesc Pinheiros. Auditório (98 lug.). R. Paes Leme, 195, 3095-9400. 5ª a sáb., 20h30. R$ 7,50/R$ 25. Até sáb. (28).

Memórias Póstumas de Brás Cubas
A Cia. das Artes leva aos palcos sua montagem do clássico romance de Machado de Assis, em que o ‘defunto-autor’, pertencente à elite carioca do século 19, narra sua própria história. Dir. Jair Aguiar. Com Antonio Netto, Paula Zaneti e outros. 70 min. 12 anos. Teatro Paiol Cultural (160 lug.). R. Amaral Gurgel, 164, V. Buarque, 3337-4517. Sáb., 21h; dom., 19h. R$ 26. Até dom. (29).

Oju Orum
Questões de gênero, papel da mulher e relações de poder são alguns temas explorados pela peça. Dir. Johana Albuquerque. 95 min. Com Coletivo Quizumba. 14 anos. CCSP. Sala Adoniran Barbosa (600 lug.). R. Vergueiro, 1000, 3397-4002. 3ª e 4ª, 20h. R$ 15. Até 3ª (31).

Playground
Texto de Rajiv Joseph, dirigido por Marco Antônio Pâmio, conta a história de dois amigos de infância cujos caminhos se encontram em momentos difíceis. 80 min. 12 anos. Viga Espaço Cênico (80 lug.).
R. Capote Valente, 1.232, Pinheiros, 3801-1843. 6ª, 21h30; sáb., 21h; dom., 19h. Grátis (retirar ingresso 1h antes). Até dom. (29).

Os Realistas
Inédito na América Latina, espetáculo que marcou a estreia de Will Eno na Broadway ganha montagem dirigida por Guilherme Weber. O quarteto de atores vive dois casais vizinhos com sobrenomes iguais. Dir. Guilherme Weber. Com Debora Bloch, Mariana Lima e outros. 100 min. 12 anos. Teatro Porto Seguro (508 lug.). Al. Barão de Piracicaba, 740, Campos Elísios, 3226-7300. 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. R$ 50/R$100. Até dom. (29).

As Sombras de Dom Casmurro
O romance clássico de Machado de Assis ganha nova roupagem e é transformado em monólogo. Nele, Dom Casmurro revisita o lugar onde estão guardadas suas memórias, uma espécie de sótão. Dir. Débora Dubois. Com Marcos Damigo. 75 min. 12 anos. Teatro Livraria da Vila (125 lug.). Shopping JK Iguatemi. Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2.041, V. Olímpia, 5180-4790. Sáb., 20h; dom., 18h. R$ 60. Até dom. (29).

A Vedete
Com roteiro e atuação de Gabriel Bodstein, a peça, inteiramente sem falas, retrata uma velha vedete aprisionada em suas memórias. 40 min. 12 anos. Espaço Cultural Inbox (40 lug.). R. Teodoro Sampaio, 2.355, Pinheiros. Sáb., 21h. R$ 30. Até sáb. (28).

Os Boêmios de Adoniran
Milton Machado dirige espetáculo sobre dois amigos de longa data que se reencontram e relembram histórias do passado. Canções do sambista Adoniran Barbosa são o fio condutor da peça. 70 min. 12 anos. Teatro APCD (800 lug.). R. Voluntários da Pátria, 547, Santana, 2223-2424. Dom., 19h. R$ 60. Até dom. (29).

EM CARTAZ

A Alma Imoral
A atriz Clarice Niskier joga ao público pensamentos sobre situações comuns a todos, fazendo os espectadores repensarem a moral estabelecida. As frases são, por vezes, confusas. Quem perder alguma parte da peça pode dizer uma palavra-chave à atriz e ela repete o texto. 70 min. 18 anos. Teatro Eva Herz (168 lug.). Livraria Cultura. Conjunto Nacional. Av. Paulista, 2.073, metrô Consolação, 3170-4059. 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. R$ 50/R$ 70. Até 31/7.

Um Bonde Chamado Desejo
Na trama de Tennessee Williams, uma mulher falida se refugia na casa da irmã e entra em conflito com o cunhado. A peça venceu três categorias do 28º Prêmio Shell. Dir. Rafael Gomes. 110 min. 14 anos. Tucarena (300 lug.). R. Monte Alegre, 1.024, 3670-8455. 6ª, 21h30; sáb., 21h; dom., 18h. R$ 50/R$ 70. Até 26/6.

Contrações
No texto do inglês Mike Barlett, Emma (Débora Falabella) tem 14 encontros com sua chefe (Yara de Novaes). Nas reuniões, a gerente faz exigências cada vez mais absurdas, alterando a vida pessoal da funcionária. Dir. Grace Passô. 80 min. 14 anos. Teatro Shopping Frei Caneca (620 lug.). R. Frei Caneca, 569, Consolação, 3472-2229. 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. R$ 60/R$ 80. Até 26/6.

Dezuó
Este solo com o ator Edgar Castro, criado pelo Núcleo Macabéa, tem como ponto de partida a expulsão de um menino, que dá nome ao espetáculo, de uma comunidade ribeirinha da Amazônia, por conta da construção de uma usina hidrelétrica. Dir. Patricia Gifford. 75 min. 16 anos. Casa Livre (40 lug.). R. Pirineus, 107, Barra Funda, metrô Marechal Deodoro, 3257-6652. Sáb., 21h; dom. e 2ª, 20h. Grátis (retirar ingresso 1h antes). Até 6/6.

Histeria
Em 1938, o surrealista Salvador Dalí visita Sigmund Freud, já à beira da morte. O encontro histórico (e improvável) é o mote da peça. Dir. Jô Soares. Com Pedro Paulo Rangel, Cássio Scapin. 105 min.
14 anos. Tuca (672 lug.). R. Monte Alegre, 1.024, Perdizes, 3670- 8455. 6ª e sáb., 21h; dom., 19h.
R$ 50/R$ 70. Até 31/7.

In On It
Emílio de Mello e Fernando Eiras criam uma espécie de jogo entre atores e interpretam dez personagens no texto metalinguístico do canadense Daniel MacIvor. Dir. Enrique Diaz. 90 min. 16 anos. Teatro Jaraguá (265 lug.). R. Martins Fontes, 71, Bela Vista, 3255-4380. 4ª e 5ª, 21h. R$ 60. Até 30/6.

Isadora
Com direção de Elias Andreato, a peça revê os últimos dias de vida da precursora da dança moderna Isadora Duncan. Com Melissa Vettore e Daniel Dantas. 75 min. 12 anos. Masp. Auditório (374 lug.).
Av. Paulista, 1.578, metrô Trianon-Masp, 3149-5959. 6ª e sáb., 21h; dom., 19h30. R$ 40. Até 31/7.

Mamute
Um fato real, ocorrido na Croácia, inspirou a Cia. do Mofo a criar esta peça. No enredo, um prédio do centro de São Paulo está prestes a ser demolido. Durante a desapropriação, o corpo de uma mulher, morta há 42 anos, é encontrado em seu próprio apartamento. 50 min. 14 anos. Centro de Criação Compartilhada (56 lug.). R. James Holland, 57, Barra Funda, 3392-7485. Sáb., 21h; dom., 19h. R$ 20. Até 5/6.

Música Perfeita para o Suicídio
A segunda peça da Cia. dos Infames foi criada a partir dos escritos de Emil Cioran. No enredo, a angústia e a lucidez de um jovem que, tomado pela insônia, inicia reflexões sobre a vida. Dir. Cristiano Burlan. Com Henrique Zanoni. 60 min. 14 anos. Teatro e Bar Cemitério de Automóveis (40 lug.). R. Frei Caneca, 384, Consolação, 94970-2627. 3ª, 4ª e 5ª, 21h. R$ 30. Até 30/6.

Para Tão Longo Amor
A peça escrita por Maria Adelaide Amaral retrata um casal, vivido por Leopoldo Pacheco e Regiane Alves, que questiona seus papéis dentro da relação. 70 min. 14 anos. Teatro MorumbiShopping
(250 lug.). Av. Roque Petroni Jr., 1.089, piso G1. 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. R$ 70. Até 31/7.

Rainhas do Orinoco
O diretor Gabriel Villela mergulha no universo da cultura popular latino-americana. Na peça, Mina (Walderez de Barros) e Fifi (Luciana Carnieli) são duas atrizes de teatro musical que ganham a vida a bordo de um barco que navega pelo rio Orinoco. 90 min. 14 anos. Teatro Vivo. Av. Dr. Chucri Zaidan, 2.460, Morumbi, 9 7420-1529. 6ª, 21h30; sáb., 21h; dom.,18h. R$ 50/R$ 80. Até 3/7.

O Testamento de Maria
No texto do escritor e jornalista irlandês Colm Tóibín, a figura icônica de Maria, mãe de Jesus, é humanizada, alternando momentos de ternura, raiva e ironia. Dir. Ron Daniels. Com Denise Weinberg. 80 min. 16 anos. Teatro Aliança Francesa (226 lug.). R. General Jardim, 182, V. Buarque, 3017-5699. 5ª, 6ª e sáb., 20h30; dom., 19h. R$ 50. Até 12/6.

MUSICAL

Garrincha
O diretor Robert Wilson selecionou elenco brasileiro para se debruçar sobre a história do célebre ponta do Botafogo campeão mundial com a Seleção em 1958 e 1962. 120 min. 16 anos. Sesc Pinheiros (1.010 lug.). R. Paes Leme, 195, 3095-9400. 5ª, 6ª e sáb., 21h; dom., 18h. R$ 18/R$ 60. Até dom. (29).

Gilberto Gil – Aquele Abraço
Mais de 50 músicas do compositor baiano são interpretadas no musical. O acompanhamento é feito por 39 tipos de instrumento. Dir. Gustavo Gasparani. 105 min. 12 anos. Teatro Procópio Ferreira (636 lug.). R. Augusta, 2.823, Cerq. César, 3083-4475. 5ª e 6ª, 21h; sáb., 21h30; dom., 18h. R$ 50/R$ 120. Até dom. (29).

Francisco de Assis – A Jornada de um Homem – O Musical
O musical, que deve estrear no segundo semestre, apresenta uma prévia da montagem, em formato de leitura dramática. O elenco, com 20 atores e dois músicos, conta a história de Francisco de Assis. 100 min. 14 anos. Dir. Alcione Alves. Com Fábio Cador, Lilian de Lima e outros. MAM. Auditório Lina Bo Bardi (200 lug.). Pq. Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, 5085-1300. 3ª (31), 19h30. Grátis (retirar ingresso 1h antes).

O Musical Mamonas
Com texto de Walter Daguerre e direção de José Possi Neto, narra a ascensão e o fim abrupto da banda mais cômica do rock nacional, do ponto de vista dos músicos. 120 min. 12 anos. Teatro Raul Cortez (512 lug.). R. Dr. Plínio Barreto, 285, Bela Vista, 3254-1631. 5ª e sáb., 21h; 6ª, 21h30; dom., 19h. R$ 120. Até dom. (29).

Raia 30 – O Musical
Com roteiro de Miguel Falabella, o musical revê três décadas de carreira de Claudia Raia. Nele, a atriz percorre seus mais importantes espetáculos teatrais – caso de ‘Cabaré’ e ‘Sweet Charity’. Teatro Procópio Ferreira (636 lug,). R. Augusta, 2.823, Cerqueira César, 3083-4475. 5ª, 21h; 6ª, 21h; sáb., 18h30 e 21h30; dom., 18h. R$ 50/R$ 180. Até 5/6.

We Will Rock You
Com direção de Uwe Petersen, clássicos do Queen servem de pano de fundo para uma trama futurista. 135 min. Livre. Teatro Santander (1.143 lug.). Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2.041, V. Olímpia, 4003-1022. 5ª e 6ª, 21h; sáb., 17h e 21h; dom., 16h e 20h. R$ 80/R$ 300. Até dom. (29).

Wicked
O musical revisita a terra de Oz, anos antes da chegada de Dorothy, para narrar as aventuras de Glinda e Elphaba e os segredos por trás da transformação das jovens, respectivamente, em ‘fada boa’ e ‘bruxa má’. 150 min. Livre. Teatro Renault (1.530 lug.). Av. Brig. Luís Antônio, 411, República, 4003-5588. 5ª e 6ª, 21h; sáb., 16h e 21h; dom., 15h e 20h. Dom. (29), não haverá sessão. R$ 50/R$ 280. Até 31/7.

HUMOR

Notícias Populares – Edição Extra
O grupo Os Melhores do Mundo se inspira nas notícias de jornal, de histórias dramáticas e política ao mundo do entretenimento. 100 min. 15 anos. Teatro das Artes (769 lug.). Shopping Eldorado. Av. Rebouças, 3.970, loja 409, 3034-0075. 6ª e sáb., 21h30; dom., 20h. R$ 80/R$ 90. Até 31/7.

ESPECIAL

Carne
A peça da Kiwi Companhia de Teatro discute as relações entre patriarcado e capitalismo. Por meio de 20 cenas curtas, são abordados diferentes tipos de violência sofridos pelas mulheres no Brasil. Dir. Fernando Kinas. 90 min. 14 anos. Teatro Municipal Alfredo Mesquita (198 lug.). Av. Santos Dumont, 1.770, Santana, 2221-3657. Hoje (27) e sáb. (28), 21h; dom. (29), 19h. Grátis (retirar ingresso 1h antes).

Entrevista com Stela do Patrocínio
O musical é baseado na história de Stela, mulher que era considerada esquizofrênica e viveu mais de 30 anos internada na Colônia Juliano Moreira, no Rio. A atual temporada faz parte do projeto ‘Fusões – A Música que o Teatro Tem’, da Companhia do Feijão. Dir. Georgette Fadel e Lincoln Antonio. 70 min. 12 anos. Sede da Companhia do Feijão (50 lug.). R. Dr. Teodoro Baima, 68, República, 3259-9086. 3ª, 21h. Grátis (retirar ingresso 1h antes). Até 3ª (31).

Galileu Galilei
Denise Fraga protagoniza a história do cientista que desafiou os saberes da igreja no século 17. Escrita pelo dramaturgo alemão Bertolt Brecht, a peça não se restringe aos aspectos históricos do episódio. Os dilemas enfrentados por Galileu abrem espaço para reflexões sobre a dificuldade de se relacionar com o poder e o preço a ser pago pela liberdade. Dir. Cibele Forjaz. Com Ary França, Lúcia Romano e outros. 140 min. 12 anos. Teatro Municipal João Caetano (438 lug.). R. Borges Lagoa, 650, V. Clementino, 5573-3774. Hoje (27) e sáb. (28), 21h; dom. (29), 19h. Grátis (retirar ingresso 1h antes).

Guerrilheiro Não Tem Nome
O espetáculo do Grupo Teatral MATA! retrata os caminhos de jovens que aderiram à Guerrilha do Araguaia, com o sonho de uma sociedade igualitária. O texto é inspirado no livro ‘MATA! – O Major Curió e as Guerrilhas no Araguaia’, do jornalista Leonêncio Nossa, do Estadão, que participa de um debate, neste domingo (29), logo após a sessão da peça. 80 min. 16 anos. CCSP. Sala Adoniran Barbosa (622 lug.). R. Vergueiro, 1.000, metrô Vergueiro, 3397-4002. Sáb. (28), 19h; dom. (29), 18h. Grátis (retirar ingresso 2h antes).

Navalha na Carne
Obra-prima de Plínio Marcos, o texto ganha montagem do Oficina, dirigida e interpretada por Marcelo Drummond. Em um quarto, Wado, Neusa Sueli e Veludo estabelecem um jogo que mistura sedução, força física, humilhação e sarcasmo. Para recriar o ambiente claustrofóbico do texto, as sessões recebem só 70 espectadores. 60 min. 16 anos. Teat(r)o Oficina (70 lug.). R. Jaceguai, 520, Bela Vista, 3106-2818. Hoje (27) e sáb. (28), 21h; dom. (29), 20h. R$ 30.

Negro de Estimação
O ator e bailarino Kleber Lourenço criou este solo de teatro/dança a partir do livro ‘Contos Negreiros’, de Marcelino Freire. Nos três dias, após as apresentações, haverá debates sobre literatura (3ª, 31/5, com o próprio Freire); teatro negro (4ª, 1º/6, com Capulanas Cia. de Arte Negra e Coletivo Negro); e dança negra contemporânea (5ª, 2/6, com o Fórum de Corporalidades Plurais). 55 min. 16 anos. Itaú Cultural. Sala Itaú Cultural (247 lug.). Av. Paulista, 149, metrô Brigadeiro, 2168-1776. 3ª (31) a 5ª (2), 20h. Grátis (retirar ingresso 1h antes). Até 2/6.

Nonada
Um habitante desmemoriado descobre sua origem ao lado de seres estranhos, recriados a partir de personagens de Machado de Assis, Clarice Lispector e Mário de Andrade. A temporada da peça da Companhia do Feijão faz parte da mostra de repertório que celebra os 18 anos do grupo. Dramat. e dir. Pedro Pires e Zernesto Pessoa. 65 min. 14 anos. Sesc Santo Amaro. Teatro (297 lug.). R. Amador Bueno, 505, 5541-4000. Hoje (27) e sáb. (28), 21h; dom. (29), 18h. R$ 6/R$ 20.

Repertório Grupo XIX de Teatro
A companhia, cuja sede ocupa uma antiga vila operária, mostra três peças dirigidas por Luiz
Fernando Marques: ‘Hysteria’ (2001), que retrata um hospício feminino; ‘Hygiene’ (2005), sobre
o processo de higienização urbana no Brasil do século 19; e ‘Teorema 21’, que gira em torno de uma família que retorna ao seu antigo lar (2016). Vila Maria Zélia. R. Mário Costa, 13, Belém, 2081-4647. A partir de sáb. (28). ‘Hygiene’: sáb., 13h30. ‘Hysteria’: dom., 13h30. ‘Teorema 21’: sáb. e dom., 16h. R$ 40. Até 3/7.

DANÇA

Codex/Sangue de Barata
Concebido por Wagner Schwartz, o espetáculo se inspira em universos bem distintos, que vão de desfiles de carnaval e de moda até a sala de espera de um aeroporto. Livre. Sesc Ipiranga. Teatro (200 lug.). R. Bom Pastor, 822, 3340-2000. Hoje (27) e sáb. (28), 21h; dom. (29), 18h. R$ 6/R$ 20.

Gravis
Lua Tatit e Rodrigo Gontijo ocupam a piscina do Sesc com um espetáculo que busca estabelecer relações poéticas com a arquitetura do local. 20 min. 20 min. Livre. Sesc Santana. Piscina. Av. Luiz Dumont Villares, 579, 2971-8700. Sáb., 20h. Até sáb. (28).

Ocupação Marta Soares
O projeto que homenageia a coreógrafa apresenta o espetáculo ‘Deslocamentos’, em que bailarinos fazem duetos e quartetos, usando figurinos que remetem a corpos acoplados. 90 min. Livre. Oficina Cultural Oswald de Andrade (40 lug.). R. Três Rios, 363, Bom Retiro, 3222-2662. 6ª e sáb., 20h. Grátis (retirar ingresso 30 min. antes). Até sáb. (28).

Porque Somos Mutantes
A Cia. Fragmento de Dança apresenta seu novo espetáculo, inspirado na obra do escultor e fotógrafo Jason deCaires Taylor. Para compor a coreografia, o grupo pesquisou o universo das estátuas vivas, buscando compreender o contraste entre pausa e movimento. Dir. Vanessa Macedo. 45 min. 14 anos. Armazém 19. Vila Maria Zélia. R. Mário Costa, 13, Belém. Sáb. (28) e dom. (29), 19h. Grátis (retirar ingresso 1h antes).

Saudade de Mim
A Focus Cia. de Dança, que comemora 15 anos de existência, apresenta coreografia inspirada nos universos de dois artistas brasileiros – Candido Portinari e Chico Buarque. Dir. Alex Neoral. 90 min. 14 anos. Teatro Paulo Eiró (467 lug.). Av. Adolfo Pinheiro, 765, S. Amaro, 5546-0449. Hoje (27) e sáb. (28), 21h; dom. (29), 19h. Grátis (retirar ingresso 1h antes).