Confira o roteiro de exposições
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Confira o roteiro de exposições

Celso Filho

23 de junho de 2016 | 17h08

A seguir, as principais exposições entre 24/6 e 30/6:

Inaugurações

1 - caricia_Valerie Mota

Foto: Valérie Dantas Mota/divulgação

+ Na Praça das Artes, duas mostras propõem uma reflexão sobre a arquitetura. ‘Quadra 27’ exibe fotografias e projetos do prédio. Já ‘Concretude Correlata’ traz o Acervo da Cidade, em nomes como Valérie Dantas Mota (foto) e Cildo Meireles. Av. São João, 281, Centro, 4571-0401. 10h/20h (dom., 10h/18h; fecha 2ª). Inauguração: 6ª (24). Grátis. Até 28/8.

André Penteado. O suicídio de seu pai, em 2007, inspirou os trabalhos que o fotógrafo reúne em ‘Não Estou Sozinho’. A mostra é composta por três séries fotográficas e dois vídeos. CCSP. R. Vergueiro, 1.000, Paraíso, 3397-4002. 10h/20h (sáb, dom. e fer., 10h/18h; fecha 2ª). Inauguração: sáb. (25), 11h. Grátis. Até 21/8.

Autumn Sonnichsen. A beleza feminina e a diversidade da flora brasileira são alguns dos temas abordados pela fotógrafa norte-americana. Ela expõe 30 obras em ‘Love Is Not an Island’. Gabriel Wickbold Studio & Gallery. R. Lourenço de Almeida, 167, V. Nova Conceição, 3051-4919. 11h/18h (fecha sáb. e dom.). É necessário agendar a visita. Inauguração: 6ª (24). Grátis. Até 30/7.

Estrutura Explodida – Vidobra de Haroldo de Campos. A mostra não homenageia somente Haroldo de Campos (1929-2003), mas também comemora o nascimento da poesia concreta no Brasil. São expostos ao público 20 obras originais do poeta. Casa das Rosas. Av. Paulista, 37, metrô Brigadeiro, 3285-6986. 10h/22h (dom. e fer., 10h/18h; fecha 2ª). Inauguração: 6ª (24). Grátis. Por tempo indeterminado.

JT_Dormant (Protula)_edit

Foto: Janaina Tschäpe/divulgação

+ Janaina Tschäpe ocupa as duas unidades da Fortes Vilaça com obras recentes. Na galeria, ela traz a série fotográfica ‘Dormant’. Já o galpão recebe sete pinturas. Galeria. R. Fradique Coutinho, 1.500,
V. Madalena, 3032-7066. Galpão. R. James Holland, 71, Barra Funda, 3392-3942. 10h/19h (sáb., 10h/18h; fecha dom. e 2ª). Inauguração: sáb. (25). Grátis. Até 13/8.

Galpão VB. Na instalação ‘Quanto Pesa uma Nuvem?’, Giselle Beiguelman apresenta os resultados de sua viagem à Polônia no ano passado. O espaço também monta a videoinstalação ‘Trilogia’, de Cinthia Marcelle. Na abertura, há lançamento do livro ‘Histórias das Exposições/Casos Exemplares’, organizado por Fabio Cypriano e Mirtes Marins de Oliveira. Galpão VB. Av. Imperatriz Leopoldina, 1.150, V. Leopoldina, 3645-0516. 12h/ 18h (sáb., 11h/17h; fecha dom. e 2ª). Inauguração: sáb. (25), 15h. Grátis. Até 20/8.

Gasediel. Nas pinturas de ‘Quarta Parede’, a francesa reúne elementos presentes nos muros de São Paulo, como anúncios de compra de ouro e lambe-lambes. Na mostra, há 14 telas recentes. Luis Maluf Art Gallery. R. Peixoto Gomide, 1.887, Jd. Paulista, 2367-3437. 11h/20h (sáb., 11h/18h; fecha dom. e 2ª). Inauguração: 6ª (24). Grátis. Até 23/7.

Instituto Gustavo Rosa. O instituto, localizado no antigo ateliê do artista, é inaugurado com a mostra ‘Reencontros’. Nela, são exibidas cerca de cem obras de Rosa (1946-2013). R. Veneza, 920, Jd. Paulista, 3887-8249. 8h/18h (fecha sáb. e dom.). Inauguração: 4ª (29). Grátis. Até 30/9.

Mário de Andrade: Etnógrafo-fotógrafo-poeta. Com curadoria de Adrienne Firmo, a mostra revela o trabalho do poeta modernista como fotógrafo. As obras foram feitas por Mário de Andrade durante uma viagem pelo norte do País em 1927. Sesc Santo André. R. Tamarutaca, 302, 4469-1200. 10h/21h30 (sáb. e dom., 10h/18h30; fecha 2ª). Inauguração: 5ª (30). Grátis. Até 25/9.

Última Semana

Andrea Annunziata. A artista monta a instalação inédita ‘Portas do Infinito’. Nela, Andrea dispõe pelo espaço portas pintadas, cada uma representando diferentes cartas do baralho de tarô. Espacio Uruguay. Ed. Parque Avenida. Av. Paulista, 1.776, 9º andar, metrô Consolação. 14h/18h (fecha sáb. e dom.). Grátis. Até 6ª (24).

Chama Plural. Na programação do ‘Experimenta Portugal’, a mostra exibe a produção artística de jovens brasileiros e portugueses que residem no Brasil. São nomes como Rita Natálio e Joana Levi, Filipe Barrocas e Flávia Vieira. Consulado Geral de Portugal. R. Canadá, 324, Jd. América, 3084-1800. 10h/18h (fecha sáb. e dom.). Grátis. Até 5ª (30).

Coletivas do Acervo. Mirella Marino, Norma Mobilon, Feres Khoury e Alex Gama têm expostos novos trabalhos que fazem parte do acervo da galeria. A mostra reúne gravura, desenho e pintura. Graphias Casa da Gravura. R. Joaquim Távora, 1.605, V. Mariana, 5539-1358. 13h/18h (sáb., 11h/15h; fecha 2ª). Grátis. Até sáb. (25).

Contando Ovelhas Elétricas. Sob a curadoria de Paulo Miyada, são expostas nove obras de Gisela Motta e Leandro Lima. As criações são inspiradas no livro de Philip K. Dick, adaptado para o cinema no filme ‘Blade Runner’. Sesc Santo Amaro. R. Amador Bueno, 505, 5541-4000. 10h30/21h (sáb., dom. e fer., 11h/18h; fecha 2ª). Grátis. Até dom. (26).

Criações Recentes. A coletiva tem foco na arte naïf. Foram selecionadas obras de nomes como Ana Maria Dias, Cristiano Sidoti, Edivaldo Barbosa e Francisco Severino. Galeria Jacques Ardies. R. Morgado de Mateus, 579, V. Mariana, 5539-7500. 10h/17h30 (sáb., 10h/16h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 6ª (24).

Gravura na Ponta da Faca. A mostra coletiva reúne trabalhos de Francisco Maringelli e Cláudio Caropreso. Nas obras, os artistas tomam como tema o espaço urbano de São Paulo. Biblioteca Mário de Andrade. R. Dr. Bráulio Gomes, 125/139, República, 3775-1402. 9h/17h (sáb., 10h/18h; fecha dom.). Grátis. Até sáb. (25).

Gustavo Eandi. Em ‘Ángel Caído’, individual do artista argentino, desenhos, serigrafias e fotos inspirados no espaço compartilhado da galeria, que coexiste com uma sala de teatro. Eandi parte de sua relação com o teatro para ‘recontextualizar’ imagens, vídeos e atuações, em colaboração com os atores d‘Os Satyros. Galeria Fita Tape – Estação Satyros. Pça. Roosevelt, 134, Centro, 99462-4254. 14h/19h (sáb., 11h/18h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 6ª (24).

José Bernnô. Com curadoria de Marco Gianotti, a mostra individual reúne 11 pinturas. As amplas superfícies cromáticas criadas pelo artista paulistano revelam ecos de sua experiência como pintor automotivo. Galeria Estação. R. Ferreira de Araújo, 625, Pinheiros, 3813-7253. 11h/ 19h (sáb., até 15h; fecha dom.). Grátis. Até 5ª (30).

Lado a Lado – Os Objetos Ativos de Willys de Castro. Em comemoração aos 90 anos de nascimento de Willys de Castro (1926-1988), a mostra tem foco nos famosos ‘Objetos Ativos’. Das cerca de 30 obras que compõem a série, foram reunidas 13 peças. Além delas, são expostos textos e poemas raros do mineiro. IAC. R. Dr. Álvaro Alvim, 90, 1° andar, V. Mariana, 3255-2009. 10h/18h (sáb., 10h/16h; fecha dom.). Grátis. Até sáb. (25).

Territórios: Artistas Afrodescendentes no Acervo da Pinacoteca. Com mais de cem obras, o foco da mostra é a produção de artistas negros no Brasil, desde o século 18. O recorte inclui ainda as doações e aquisições mais recentes da Pinacoteca e uma homenagem a Emanoel Araújo, primeiro diretor negro da instituição. Estação Pinacoteca. Lgo. Gal. Osório, 66, Luz, 3335-4990. 10h/17h30 (fecha 3ª). R$ 6 (sáb., grátis). Até 2ª (27).

Vestígios – A Relação do Homem com o Alimento. A coletiva tem como tema a comida. Artistas como Lenora de Barros e chefs como Neka Menna Barreto, que faz uma instalação comestível, expõem trabalhos sobre o tema. Galeria Rabieh. Al. Gabriel Monteiro da Silva, 147, Jd. América, 3062-7173. 11h/ 19h (fecha 2ª). Grátis. Até 5ª (30).

Arte e passeio

X-men Filmes Expo. Em parceria com a Fox Film, a exposição apresenta objetos originais usados na filmagem da saga adaptada dos quadrinhos da Marvel. São expostas 41 peças de cena, além dos figurinos de personagens como Tempestade e Noturno. MIS. Av. Europa, 158, Jd. Europa, 2117-4777. 12h/21h (dom. e fer., 11h/20h; fecha 2ª). Grátis. Até 3/7.

Em cartaz

30 Anos do Clube de Colecionadores de Gravura. A cada ano, artistas selecionados produzem uma tiragem de gravuras para os membros do Clube de Colecionadores de Gravura do MAM. Agora, o grupo conta suas três décadas de história com uma mostra de 173 obras da coleção – com nomes como Waltercio Caldas, Rivane Neuenschwander e Paulo Bruscky. MAM. Pq. Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 3, 5085-1300. 10h/ 18h (fecha 2ª). R$ 6 (dom., grátis). Até 21/8.

Arquivo Ex Máchina. Questões relacionadas à história política e cultural da América Latina são o mote da mostra. São exibidas 150 fotografias de nomes de diferentes gerações, como João Pina, Coco Laso e André Penteado. Itaú Cultural. Av. Paulista, 149, metrô Brigadeiro, 2168-1776. 9h/ 20h (sáb. e dom., 11h/20h; fecha 2ª). Grátis. Até 7/8.

Desenhos de Cena #1. Um encontro entre as artes cênicas e visuais é a proposta da mostra. Para encontrar pontos que aproximam as linguagens, estão obras de 16 artistas de oito países – entre eles, Laura Vinci, Antti Mäkelä e Theo Jansen. Sesc Pinheiros. R. Paes Leme, 195, 3095-9400. 10h30/21h30 (sáb., 10h30/ 21h; dom. e fer., 10h30/18h30; fecha 2ª). Grátis. Até 10/7.

Estes Outros – Fotopinturas da Coleção Titus Riedl. Popular no passado, a fotopintura é uma técnica de pintura de retratos a partir de um suporte fotográfico. A tradição é lembrada em uma mostra e um livro sobre a coleção do alemão Titus Riedl, radicado no Ceará. Terra Virgem Edições. R. Galeno de Almeida, 179, metrô Sumaré, 3081-9932. 11h/17h (fecha sáb., dom. e 2ª). Grátis. Até 15/7.

Galeria Nara Roesler. Para ‘Pontos de Convergência’, Marcelo Silveira criou esculturas de madeira e assemblages a partir de objetos do cotidiano, encontrados em Recife. A galeria também exibe obras interativas do coletivo Provisório Permanente. Av. Europa, 655, Jd. Europa, 3063-2344. 10h/19h (sáb., 11h/15h; fecha dom.). Grátis. Marcelo Silveira: até 27/8. Provisório Permanente: até 6/8.

Galeria Raquel Arnaud. Duas mostras estão em cartaz. Em comemoração aos seus 91 anos, Eduardo Sued leva à galeria dez pinturas inéditas de grande formato. Já o paulista Julio Villani apresenta 22 obras recentes em ‘Estratégias Obliquas’, entre pinturas, esculturas e desenhos. Galeria Raquel Arnaud. R. Fidalga, 125, V. Madalena, 3083-6322. 10h/19h (sáb., 12h/16h; fecha dom.). Grátis. Até 6/8.

Galeria Virgílio. A galeria reúne paisagens em duas mostras paralelas. De um lado, Felipe Góes expõe pinturas inéditas, com tinta acrílica e guache. Do outro, pequenas esculturas e desenhos da portuguesa Cristina Ataíde. R. Dr. Virgilio de Carvalho Pinto, 426, Pinheiros, 2373-2999. 10h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom.). Grátis. Até 23/7.

Geometria Afetiva. Nesta coletiva, os artistas exibem obras nas quais são abordadas suas relações de afeto com a geometria. Entre os expostos, há trabalhos de Marina Weffort, Felipe Cohen e Wagner Malta Tavares. Sesc Bom Retiro. Al. Nothmann,185, 3332-3600. 9h/20h (sáb., 10h/18h; dom., 10h/ 17h; fecha 2ª). Grátis. Até 7/8.

Gilberto Freyre: Vida, Forma e Cor. A exposição explora a relação do escritor com as artes visuais. Além de exibir desenhos que Freyre fazia para os netos, explora o diálogo entre sua obra literária e suas ilustrações. Caixa Cultural São Paulo. Pça. da Sé, 111, Centro, 3321-4400. 9h/ 19h (fecha 2ª). Grátis. Até 10/7.

Histórias da Infância. A mostra reúne 200 obras que retratam e abordam a infância em diferentes épocas e países. Além de englobar grandes nomes, como Renoir e Van Gogh, o conjunto de trabalhos inclui artistas contemporâneos e até desenhos de crianças. Masp. Av. Paulista, 1.578, metrô Trianon-Masp, 3149-5959. 10h/ 18h (5ª, até 20h; fecha 2ª). R$ 25 (3ª, grátis). Até 31/7.

Idas e Vindas – Segall e o Brasil. Na mostra, o Museu Lasar Segall apresenta um recorte de seu acervo com foco na produção do pintor no Brasil. São expostas cerca de 80 criações. Museu Lasar Segall. R. Berta, 111, V. Mariana, 2159-0400. 11h/19h (fecha 3ª). Grátis. Até 26/9.

O Impasse do Design: Mobiliário de Lina Bo Bardi: 1959 – 1992. A mostra se volta para o mobiliário de materiais simples desenhado por Lina Bo Bardi para os prédios que projetou. Na exposição, 13 peças originais do Masp, do Museu de Arte Moderna da Bahia e do Sesc Pompeia são expostas. Casa de Vidro. R. Gal. Almério de Moura, 200, Morumbi, 3744-9902. 10h/16h (fecha 2ª, 3ª e 4ª). Grátis. Até 31/7.

Os Jardins e a Cidade. A exposição se volta para as fotografias tiradas pela família Müller em viagens a São Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro e Recife, cada uma com seu jardim botânico. Nas 28 imagens, é abordada a relação entre a intervenção humana e a natureza. Jardim Botânico de São Paulo. Av. Miguel Stéfano, 3.687, Água Funda, 5067-6300. 9h/17h (fecha 2ª). R$ 5. Até 5/10.

Lenora de Barros. O Paço das Artes leva à Oficina Oswald de Andrade a mostra ‘Issoéossodisso’, de Lenora de Barros. Estão reunidas 20 obras, incluindo um vídeo inédito que deu nome à exposição. Oficina Oswald de Andrade. R. Três Rios, 363, Bom Retiro, 3222-2662. 9h30/ 21h30 (sáb., 13h30/20h30; fecha dom.). Grátis. Até 30/7.

Macaparana. Nome de destaque na arte abstrata brasileira, o pernambucano apresenta sua recente produção. É possível ver 25 trabalhos inéditos, nos quais ele utiliza materiais como aço, papel e madeira. Dan Galeria. R. Estados Unidos, 1.638, Jd. Paulista, 3083- 4600. 10h/18h (sáb., 10h/13h; fecha dom.). Grátis. Até 30/7.

Maio Fotografia. Famoso por sua ironia ao registrar a sociedade moderna, o britânico Martin Parr é a principal atração desta edição. Outro destaque é uma mostra em parceria com o Instituto Moreira Salles, com obras de Jorge Bodanzky. MIS. Av. Europa, 158, Jd. Europa, 2117-4777. 12h/21h (dom., 11h/ 20h; fecha 2ª). R$ 6 (3ª, grátis). Até 24/7.

Mendes Wood DM. Em ‘Mil Maneiras de Matar um Monstro’, Cibelle Cavalli Bastos expõe videoinstalações, esculturas em látex, cerâmicas e pinturas que lidam com questões sobre a construção de identidades. A galeria também recebe a coletiva ‘Prediction’, com curadoria Milovan Farronato. R. da Consolação, 3.358, Cerq. César, 3081-1735. 10h/19h (fecha 2ª). Grátis. Até 6/8.

Museu Brasileiro de Esculturas. Com a nova curadoria de Cauê Alves, o museu recebe mostras de Albano Afonso, trabalhando com vasos e cristais suspensos, e de Raul Mourão. Também há instalação sonora de Chiara Banfi e Kassin. R. Alemanha, 221, Jd. Europa, 2594-2601. 10h/19h (fecha 2ª). Grátis. Até 31/7.

Oswaldo Vigas. Antológica 1943-2013. Desde sua morte em 2014, o venezuelano tem sido homenageado na retrospectiva, que já passou por Colômbia, Peru e Chile. A exposição reúne cerca de 63 pinturas e cinco esculturas que revelam diferentes fases de sua carreira e suas influências. MAC-USP Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, 2648-0254. 10h/18h (fecha 2ª). Grátis. Até 3/7.

Pedro David. O fotógrafo mineiro produziu a série ‘360 Metros Quadrados’, propondo um mergulho em seu universo íntimo a partir do conto ‘Do Rigor na Ciência’, de Jorge Luis Borges. Além das 18 fotografias, ele exibe três esculturas de bronze. Blau Projects. R. Fradique Coutinho, 1.464, V. Madalena, 3467-8819. 11h/19h (fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 8/7.

Pedro Varela. Na mostra, o artista continua a explorar o imaginário tropical e suas representações. São expostas pinturas em preto e branco, em que Varela insere personagens reais e fictícios, rodeados por flores e plantas. Zipper Galeria. R. Estados Unidos, 1.494, Jd. América, 4306-4306. 10h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom.). Grátis. Até 2/7.

Picasso: Mão Erudita, Olho Selvagem. A retrospectiva apresenta toda a versatilidade do espanhol por meio 153 trabalhos do acervo do Museu Nacional Picasso, de Paris. São obras que perpassam sua produção desde seus 14 anos. Instituto Tomie Ohtake. Av. Brig. Faria Li- ma, 201, 2245-1900. 11h/20h (fecha 2ª). R$ 12 (3ª, grátis). Até 14/8.

Prêmio Brasil Fotografia 2015. Os 15 finalistas da 14ª edição expõem seus trabalhos premiados na mostra. Estão reunidas mais de 80 obras – de nomes como Bárbara Wagner, Edu Simões, Thelma Vilas Boas e Evandro Teixeira. Espaço Cultural Porto Seguro. Al. Barão de Piracicaba, 610, Campos Elísios, 3226-7361. 10h/ 19h (dom., 10h/17h; fecha 2ª). Grátis. Até 14/8.

Provocar Urbanos. A mostra reúne trabalhos de artistas e coletivos, refletindo sobre a relação entre a cidade e seus habitantes. São expostas obras de nomes como Erica Ferrari, Graziela Kunsch e Rodrigo Bueno. Neste fim de semana, há performance de Eleonora Fabião (sáb. e dom., 10h/ 13h e 14h/17h). Sesc Vila Mariana. R. Pelotas, 141, 5080-3000. 10h/ 21h30 (sáb., até 20h30; dom., até 18h30; fecha 2ª). Grátis. Até 31/7.

Raimundo Cela. Figuras populares e o litoral brasileiro serviram de inspiração para Cela (1890-1954). A produção do cearense é lembrada na mostra com 120 criações. MAB-Faap. R. Alagoas, 903, Higienópolis, 3662-7198. 10h/19h (sáb. e dom., 10h/ 18h; fecha 3ª). Grátis. Até 24/7.

Regina Silveira. Em ‘Tramados’, Regina parte da imagem de um céu feito de ponto cruz, presente em outras obras da artista, para criar a instalação ‘Dreaming of Blue’. Ela também exibe desenhos antigos. Luciana Brito Galeria. Av. 9 de Julho, 5.162, Jd. Europa, 3842-0634. 10h/19h (sáb., 11h/18h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 13/8.

Rever_Augusto de Campos. Em comemoração aos seus 65 anos de carreira, o poeta é lembrado na mostra. Em parceria com o Instituto de Cultura Contemporânea, reúne cerca de 75 obras, como serigrafias, objetos e vídeos. Sesc Pompeia. R. Clélia, 93, 3871-7700. 10h/21h (dom., 10h/19h; fecha 2ª). Grátis. Até 31/7.

Rodrigo Martins. Depois de vencer o 4º Prêmio EDP nas Artes, o carioca faz sua primeira mostra individual em São Paulo. Nela, Martins apresenta pinturas e esculturas de gesso e bronze. Central Galeria. R. Mourato Coelho, 751, V. Madalena, 2645-4480. 11h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom.). Grátis. Até 6/8.

O Triunfo da Cor. Com acervo dos museus d’Orsay e de l’Orangerie, de Paris, reúne 75 obras dos principais nomes do pós-impressionismo. A mostra revela a técnica e as contribuições de 32 artistas como Monet, Cézanne, Gauguin e Van Gogh. CCBB. R. Álvares Penteado, 112, Centro, 3113-3651. 9h/21h (fecha 3ª). Grátis. Até 7/7.

Voadoras – José Bechara. Placas de vidro, metais e lonas serviram de material para o trabalho do artista. Na mostra, ele reúne 20 dessas obras inéditas. Galeria Marília Razuk. R. Jerônimo da Veiga, 131, Itaim Bibi, 3079-0853. 10h30/19h (sáb., 11h/16h; fecha dom.). Grátis. Até 20/7.

Volpi: Pequenos Formatos. Mais de 70 obras relembram a carreira de Volpi (1896-1988). Das paisagens de Itanhaém às bandeirinhas, reúne criações em pequeno formato da coleção de Ladí Biezus. MAM. Pq. Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 3, 5085-1300. 10h/17h30 (fecha 2ª). R$ 6 (dom., grátis). Até 18/12.

Especial

Foto Feira Cavalete. A 4ª edição da feira faz parte da programação paralela do projeto ‘Maio Fotografia’. Organizado pela DOC Galeria, o evento reúne fotógrafos independentes, editoras e galerias, com preços entre R$ 50 e R$ 5 mil. MIS. Av. Europa, 158, Jd. Europa, 2117-4777. Sáb. (25), 12h/20h; dom. (26), 11h/20h. Grátis.

Tudo o que sabemos sobre:

exposições

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.