Confira o roteiro de exposições
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Confira o roteiro de exposições

Celso Filho

10 de dezembro de 2015 | 20h10

A seguir, as principais exposições entre os dias 11/12 e 17/12:

Inaugurações

Bienal Caixa de Novos Artistas. Os curadores Fernando Oliva e Rosemeire Odahara Graça selecionaram 36 obras de 24 artistas iniciantes. Entre eles, Nubia Abe, Rodrigo Moreira e Betina Silva Guedes. Caixa Cultural. Pça. da Sé, 111, Centro, 3321-4400. 9h/19h (fecha 2ª). Inauguração: 4ª (16), 19h. Grátis. Até 28/2/2016.

Coletivo Garapa. O coletivo apresenta ‘Postais para Charles Lynch’, resultado de um projeto sobre a violência no Brasil. Nos trabalhos, eles estabelecem um paralelo entre as imagens dos linchamentos brasileiros de 2014 e cartões postais dos movimentos de supremacia racial do início do século 20 nos EUA. Na abertura, haverá um debate com Thyago Nogueira, Paulo Fehlauer e Ariadne Natal. Madalena CEI. R. Faisão, 75, V. Madalena, 3473-5412. 10h/18h30. Inauguração: hoje (11), 19h30. Grátis. Até 1º/2/2016.

Stitched Panorama

Foto: divulgação

+ As heranças do Brasil antes da independência são o mote de Empresa Colonial. Com curadoria de Tomás Toledo, a mostra reúne criações dos artistas Beto Shwafaty, Bruno Baptistelli, Clara Ianni, Jaime Lauriano (foto acima) e Lais Myrrha. Caixa Cultural. Pça. da Sé, 111, 3321-4400. 9h/20h (fecha 2ª). Inauguração: sáb. (12), 11h. Grátis. Até 28/2/2016.

Lucas Länder. O projeto ‘Work.In.Process’ convida o artista para expor obras recentes na galeria. São desenhos, fotografias e intervenções que são modificadas durante o período em que a mostra fica em cartaz. Galeria Emma Thomas. R. Estados Unidos, 2.205, Jd. América, 3063-2149. 11h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom.). Inauguração: sáb. (12), 12h. Grátis. Até 9/1/2016.

Museu Encantador. No projeto, Rita Natálio e Joana Levi coletou objetos de artistas colaboradores a partir da pergunta: ‘O que você doaria a um museu do encantamento cultural entre Brasil e Portugal?’. Com eles, foi criada uma instalação, na qual as duas executam performances em fevereiro. Caixa Cultural. Pça. da Sé, 111, Centro, 3321-4400. 9h/19h (fecha 2ª). Inauguração: sáb. (12), 11h. Grátis. Até 28/2/2016.

Not Vital. Depois de passar pelo Paço Imperial, no Rio, o artista suíço traz suas esculturas para a cidade. Nelas, Vital tem contribuições de artistas de países pelos quais passou. É o caso de ‘Heads’, uma série de cabeças, inspiradas na imagem de Buda, que ele fez com soldadores chineses. Galeria Nara Roesler. Av. Europa, 655, Jd. Europa, 3063-2344. 10h/19h (sáb., 11h/15h; fecha dom.). Inauguração: sáb. (12). Grátis. Até 1º/2/2016.

Plural. O galerista Eduardo Fernandes pediu a cinco artistas que ampliassem séries próprias já iniciadas. As novas criações estão na mostra. São trabalhos de Ana Amelia Genioli, Daisy Xavier, Rogerio Medeiros, Silvia Mecozzi e Vicente de Mello. Galeria Eduardo Fernandes. R. Harmonia, 145, V. Madalena, 3812-3894. 10h/19h (sáb., 11h/ 15h; fecha dom. e 2ª). Inauguração: 4ª (16). Grátis. Até 6/2/2016.

Wesley Duke Lee. O artista paulistano, que morreu em 2010, tem sua carreira visitada na mostra. São cerca de 35 obras, feitas entre 1958 e 2003 – entre pinturas, desenhos, gravuras, colagens e objetos. Ricardo Camargo Galeria. R. Frei Galvão, 121, Jd. Paulistano, 3819-0277. 10h/19h (sáb., 11h/15h; fecha dom.). Inauguração: sáb. (12), 17h. Grátis. Até 30/1/2016.

XYZ. A mostra tem foco na produção de múltiplos. São exibidas criações recentes de três artistas convidados: Daniel de Paula, Rubens Mano e Theo Craveiros. Galeria Pilar. R. Barão de Tatuí, 389, V. Buarque, 3661-7119. 11h/19h (sáb., 11h/ 17h; fecha dom. e 2ª). Inauguração: 4ª (16). Grátis. Até 22/12.

Última semana

Arquinterface. Na fachada do prédio da Fiesp, na Avenida Paulista, são exibidos seis trabalhos de artistas, arquitetos e designers, com curadoria de Giselle Beiguelman. A maioria das obras é interativa. Galeria de Arte Digital Sesi-SP. Av. Paulista, 1.313, metrô Trianon-Masp. 19h/ 6h. Sáb. (12) e dom. (13)., não haverá exibições. Grátis. Até 3ª (15).

Clovis. O artista saiu jovem de casa e viveu uma vida de andarilho. De suas andanças, ele coletou objetos pelas estradas que viraram material para suas obras. Ele apresenta 35 dessas criações. Galeria Estação. R. Ferreira de Araújo, 625, Pinheiros, 3813-7253. 11h/19h (sáb., 11h/15h; fecha dom.). Grátis. Até 3ª (15).

Dimensões Galácticas. A mostra traz trabalhos de Lucca Del Carlo e Mariana Mats. Del Carlo monta uma videoinstalação, que convida o público a interagir com as obras por meio de smartphones. Já Mariana exibe 14 pinturas sobre madeira. Tag Gallery. R. Libero Badaró, 336, 3º andar, Centro, 3104-3716. 14h/19h (fecha 2ª e 3ª). Grátis. Até sáb. (12).

Gabriela Albergaria. A portuguesa reuniu obras inéditas para ‘Terra Território’. Entre as criações, uma série de desenhos retrata a adaptação de duas espécies de árvores em dois climas diferentes: em São Paulo e em Lisboa. Consulado Geral de Portugal. R. Canadá, 324, Jd. América, 3084-1800. 10h/17h (fecha sáb. e dom.). Grátis. Até sáb. (12).

Ismael Nery. Sob a curadoria de Denise Mattar, a mostra homenageia o modernista paraense, que morreu precocemente aos 33 anos, em 1934. São reunidas 45 obras, algumas raramente expostas. Galeria Almeida e Dale. R. Caconde, 152, Jd. Paulista, 3887-7130. 10h/18h (sáb., 10h/14h; fecha dom.). Grátis. Até sáb. (12).

Joaquín Torres García. Em parceria com o Museu Torres García (Uruguai), a mostra reúne manuscritos e objetos do artista. Entre as obras, está a série de brinquedos ‘Aladdin’, criada por García (1874-1949) em 1915. Biblioteca Mário de Andrade. R. da Consolação, 94, Centro, 3775-0002. 10h/19h (sáb., 10h/17h; fecha dom.). Grátis. Até 3ª (15).

Kalunga. Projeto de Ana Beatriz Almeida, a mostra reúne registros de suas performances. Nas ações, ela se inspira na cultura afro para homenagear vítimas da ditadura. CCSP. R. Vergueiro, 1.000, metrô Vergueiro, 3397-4002. 10h/20h (fecha 2ª). Grátis. Até dom. (13).

Marcelo Grassmann. Na mostra, obras de Grassmann (1925-2013) são expostas ao lado das de pessoas com Síndrome de Down. As obras são resultado de oficinas feitas por sua mulher Zizi Grassmann no Instituto Olga Kos. Cinemateca Brasileira. Lgo. Sen. Raul Cardoso, 207, V. Clementino, 3512-6111. 10h/ 22h. Grátis. Até dom. (13).

Véio. A partir de pedaços de raízes e galhos, Cícero Alves dos Santos faz pequenas intervenções para criar figuras inspiradas nas tradições brasileiras. O artista exibe 28 esculturas. Sesc Santo Amaro.
R. Amador Bueno, 505, 5541-4000. 11h/21h (sáb. e dom., 11h/18h). Grátis. Até dom. (13).

Em cartaz

Amelia Toledo. Homenageada no Prêmio Marcantonio Vilaça, a paulistana volta a merecer uma mostra na cidade. Nesta exposição, o foco é sua produção mais recente, com obras feitas a partir de 1993, entre pinturas, escultura e instalações. Galeria Marcelo Guarnieri. Al. Lorena, 1.966, Jd. Paulista, 3063-5410. 10h/19h (sáb., 10h/17h; fecha dom.). Grátis. Até 23/1/2016.

Daniel Malva. Também com formação em Biologia e Mecatrônica, o fotógrafo explora, em suas obras, questões relacionadas às Ciências Naturais. Na mostra, ele exibe trabalhos antigos e 24 imagens da série inédita ‘O Jardim’. Solar da Marquesa. R. Roberto Simonsen, 136, Centro, 3105-6118. 9h/17h (fecha 2ª). Grátis. Até 7/2/2016.

Eduardo Viveiros de Castro. O antropólogo é lembrado por seu trabalho como fotógrafo na mostra. São expostas cerca de 400 imagens que percorrem sua carreira – dos projetos com o cineasta Ivan Cardoso às pesquisas na Amazônia. Sesc Ipiranga. R. Bom Pastor, 822, 3340-2000. 7h30/ 21h30 (sáb., 10h/21h30; dom., 10h/17h30; fecha 2ª). Grátis. Até 17/1/2016.

Frida Kahlo. A mostra estabelece conexões entre Frida e outras modernistas que trabalharam no México, como Leonora Carrington, Maria Izquierdo e Remedios Varo. São cerca de cem obras no total, sendo 33 criações assinadas por Frida. Instituto Tomie Ohtake. Av. Brig. Faria Lima, 201, Pinheiros, 2245-1900. 11h/20h (fecha 2ª). R$ 10 (3ª, grátis). Até 10/1/2016.

A Gravura de Arthur Luiz Piza. O paulistano também é homenageado com mostra na Galeria Raquel Arnaud. Na Estação, é exibida uma coleção de 137 gravuras doadas por Piza à instituição – visitando suas experimentações desde que se mudou para a França, nos anos 1950. Estação Pinacoteca. Lgo. Gal. Osório, 66, Luz, 3335-4990. 10h/18h (fecha 2ª). R$ 6 (sáb., grátis). Até 12/2/2016.

Marco Maggi. O uruguaio reúne desdobramentos de sua mostra na 56ª Bienal de Veneza. Entre os trabalhos, Maggi cria pequenas formas geométricas com papel e as cola diretamente na parede, formando imagens que parecem mapas de cidades imaginárias. Galeria Nara Roesler. Av. Europa, 655, Jd. Europa, 3063-2344. 10h/19h (sáb., 11h/15h; fecha dom.). Grátis. Até 13/2/2016.

À Meia-noite Levarei sua Alma. José Mojica Marins e seu personagem Zé do Caixão são lembrados, com uma cenografia inspirada em seus filmes. São exibidos objetos cênicos, fotografias, figurinos e documentos – selecionados por sua filha Liz Marins, e por Marcelo Colaiacovo, curador do acervo do diretor. MIS. Av. Europa, 158, Jd. Europa, 2117- 4777. 12h/21h (dom., 11h/20h). R$ 10 (3ª, grátis). Até 9/1/2016.

A Nossa Invenção da Arte. A mostra apresenta a coleção de Ladi Biezus, ao longo de 45 anos. São exemplares de arte popular de nomes como Véio, Mirian Inês da Silva e Agnaldo Manoel dos Santos. Museu Afro Brasil. Pq. Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 10, 3320-8900. 10h/ 17h (fecha 2ª). R$ 6 (sáb., grátis). Até 3/1/2016.

Paulo Bruscky. A arte postal é o foco de ‘Arte É a Última Esperança’, sobre a produção de Bruscky entre 1970 e 2013. Também são exibidas criações em outras mídias, como videoarte. Centro Cultural Correios. Av. São João, s/nº, Vale do Anhangabaú, 2102-3690. 11h/17h (fecha 2ª). Grátis. Até 25/1/2016.

Paulo Pasta. Mais de 60 obras recentes do pintor ocupam a Galeria Millan e seu novo anexo. Os dois espaços exploram tanto seu trabalho na arte abstrata quanto figurativa – com paisagens inspiradas em sua terra natal, Ariranha. Galeria Millan e Anexo. R. Fradique Coutinho, 1.360 e 1.416, V. Madalena, 3031-6007. 10h/19h (sáb., 11h/18h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 19/12.

Sergio Camargo. Com o mármore, Sérgio Camargo (1930-1990) criava composições de formas geométricas, como cubos e cilindros, para explorar a sombra e a luz. Sua carreira é lembrada em mais de cem peças. Além das obras, há poemas, fotografias, documentos e até uma réplica de seu ateliê. Itaú Cultural. Av. Paulista, 149, metrô Brigadeiro, 2168-1776. 9h/20h (sáb., dom. e fer., 11h/20h; fecha 2ª). Grátis. Até 9/2/2016.

Especial

3ª Foto Feira Cavalete. Nesta terceira edição, a feira reúne fotografias de trinta artistas, em sua maioria independentes. Também haverá lançamento de livros de fotógrafos conceituados, como Cristiano Mascaro e Mauricio Nahas. Espaço Ophicina. R. Teodoro Sampaio, 1.109, V. Madalena. Sáb. (12), 12h/22h. Grátis. Inf.: bit.ly/3FotoCav

Presto – Arte Urbana. No projeto Arte Urbana, em parceria com a Choque Cultural, o artista Presto prepara uma tela de 4 metros em uma sessão de live painting, no sábado (12). A obra será instalada na fachada da Galeria Ouro Fino, a partir de 2ª (14). Galeria Ouro Fino. R. Augusta, 2.690, Cerq. César, 3082-7860. Sáb. (12), 15h/20h. Grátis.

Tudo o que sabemos sobre:

exposições

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: