Confira o roteiro de exposições
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Confira o roteiro de exposições

Celso Filho

25 de fevereiro de 2016 | 16h52

A seguir, as principais exposições em cartaz entre 26/2 e 3/3:

Inaugurações

Bob Sousa – Retratos do Teatro. As 50 obras que estão na mostra são fruto de uma década de trabalho do fotógrafo. Nas imagens, Sousa registra a cena teatral paulista, fotografando companhias como o Grupo Macunaíma, de Antunes Filho, e o Teatro Oficina Uzyna Uzona, de José Celso Martinez Corrêa. Espaço Cult. R. Aspicuelta, 99, V. Madalena, 3032-2800. 11h/20h (fecha sáb. e dom.). Inauguração: 4ª (2), 19h. Grátis. Até 2/5.

José Pancetti_Lagoa Abaeté_Bahia_1956_óleo sobre tela

Foto: divulgação

+ Em Aprendendo com Dorival Caymmi: Civilização Praieira, o clima litorâneo não está somente em objetos e músicas do compositor. Também há obras de outros artistas com o tema, como Pierre Verger e José Pancetti (foto). Instituto Tomie Ohtake. Av. Brig. Faria Lima, 201, Pinheiros, 2245-1900. 11h/20h (fecha 2ª). Inauguração: 5ª (3). Grátis. Até 1º/5.

Coletiva #1 de Fotografia. Para a primeira edição da mostra coletiva, estão reunidas criações de quatro fotógrafos brasileiros e estrangeiros. São eles: César Fraga, Cristina Schleder, Suely Amorim e Tommaso Protti. Galeria Nicoli. R. Peixoto Gomide, 1.736, Jd. Paulista, 3062-7430. 10h30/ 18h30 (sáb., 11h/16h; fecha dom.). Inauguração: hoje (26). Grátis. Até 25/3.

+ Em mostra, Pinacoteca explora a pintura de paisagem no continente americano

Olhar do Colecionador. A mostra apresenta 31 gravuras do acervo do colecionador Fernando Ratão. São criações de dez artistas, como Maikel da Maia, Luise Weiss, Paulo Penna e Hélio Schonmann. Graphias. R. Joaquim Távora, 1.605, V. Mariana, 5539-1358. 13h/18h (sáb., 11h/15h; fecha dom. e 2ª). Inauguração: sáb. (27), 14h. Grátis. Até 12/3.

+ Mostra no MAM aborda a relação entre homem e natureza

Proces/sos Cri/ativos – Ex/periência. No recém-inaugurado Wesley Duke Lee Art Institute, 15 jovens artistas foram convidados a criar obras durante dois meses de imersão no trabalho de Duke Lee. O resultado está na mostra, que tem curadoria de Patricia Lee. Ricardo Camargo Galeria. R. Frei Galvão, 121, Jd. Paulistano, 3819-0277. 10h/19h (sáb., 11h/15h; fecha dom.). Inauguração: 2ª (29), 19h. Grátis. Até 5/3.

Design Contemporaneo Holandes - Credito Wagner Klebson (114)

Foto: Wagner Klebson/divulgação

+ Em parceria com o consulado da Holanda, a mostra Design Holandês Hoje apresenta alguns dos principais projetos dos designers do país. Há de bicicletas de madeira de reflorestamento (foto) a luminárias que respiram. Museu da Casa Brasileira. Av. Brig. Faria Lima, 2.705, Jd. Paulistano, 3032-3727. 10h/18h (fecha 2ª). Inauguração: sáb. (27), 11h. R$ 7 (sáb., dom. e fer., grátis). Até 24/4.

Renata Pelegrini. A arquitetura e os espaços urbanos são elementos presentes no trabalho da artista paulistana. Em sua primeira mostra individual, com curadoria de Marcelo Salles, Renata apresenta 20 obras, entre pinturas e desenhos. Casa Contemporânea. R. Capitão Macedo, 370, V. Mariana, 2337-3015. 14h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom. e 2ª). Inauguração: hoje (26), 19h. Grátis. Até 26/3.

Tânia Turcato. Na mostra ‘Semiótica dos Afetos’, em referência a Friedrich Nietzsche, a artista paulista reúne seis pinturas. As obras abordam os conflitos entre diferentes crenças e valores morais. Associação dos Advogados de São Paulo. R. Álvares Penteado, 151, Centro, 3291-9200. 8h/19h (sáb., 9h/12h; fecha dom.). Inauguração: 3ª (1º). Grátis. Até 31/3.

Última semana

15. Prestes a se mudar para os Jardins, a Luciana Brito Galeria comemora 15 anos da sede na Vila Olímpia. A mostra reúne artistas que fizeram parte de sua história, como Geraldo de Barros e Marina Abramovic. Galeria Luciana Brito. R. Gomes de Carvalho, 842, V. Olímpia, 3842-0634. 10h/19h (sáb., 11h/18h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até sáb. (27).

AquiÁfrica. Sob a curadoria de Adelina von Fürstenberg, premiada na 56ª Bienal de Veneza, a mostra propõe um panorama da arte contemporânea na África. Nela, estão reunidas criações de 13 artistas do continente, como o senegalês Omar Ba e o camaronense Barthélémy Toguo. Sesc Belenzinho. R. Pe. Adelino, 1.000, 2076-9700. 13h/21h (sáb., dom. e fer., 11h/19h; fecha 2ª). Grátis. Até dom. (28).

Bienal Caixa de Novos Artistas. Para a mostra, os curadores Fernando Oliva e Rosemeire Odahara Graça selecionaram 36 obras de 24 artistas iniciantes. Entre eles, Nubia Abe, Rodrigo Moreira e Betina Silva Guedes. Caixa Cultural. Pça. da Sé, 111, Centro, 3321-4400. 9h/19h (fecha 2ª). Grátis. Até dom. (28).

Campos Alterados. Criado em 2014, o programa ‘rural.scapes – Laboratório em Residência’ leva artistas para uma fazenda no interior do Estado. Agora, 25 trabalhos do projeto estão na mostra. MAC-USP Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, 2648-0254. 10h/18h (fecha 2ª). Grátis. Até dom. (28).

Cordão dos Mentecaptos. Neste carnaval, a Pivô convidou artistas para criar adereços e fantasias para um bloco. Após o desfile, o material produzido ganhou mostra. Entre as ‘obras carnavalescas’, há um cordão de Sonia Gomes e um estandarte de Leda Catunda. Pivô. Ed. Copan. Av. Ipiranga, 200, bloco A, lj. 54, Centro, 3255-8703. 13h/20h (sáb., 13h/19h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até sáb. (27).

Empresa Colonial. As heranças do Brasil antes da independência são o mote da mostra coletiva. Com curadoria de Tomás Toledo, a mostra reúne criações de Beto Shwafaty, Bruno Baptistelli, Clara Ianni, Jaime Lauriano e Lais Myrrha. Caixa Cultural. Pça. da Sé, 111, 3321-4400. 9h/20h (fecha 2ª). Grátis. Até dom. (28).

Imigrantes do Café. Em parceria com o Museu do Café, de Santos, a mostra remonta as histórias e memórias dos imigrantes que chegaram ao País para trabalhar nas lavouras cafeeiras. São exibidos fotografias, áudios de depoimentos e objetos. Museu da Imigração. R. Visconde de Parnaíba, 1.316, Mooca, 2692-1866. 9h/ 17h (dom., 10h/17h; fecha 2ª). R$ 6 (sáb., grátis). Até dom. (28).

Museu Encantador. No projeto, Rita Natálio e Joana Levi coletaram objetos de artistas colaboradores a partir da pergunta: ‘O que você doaria a um museu do encantamento cultural entre Brasil e Portugal?’. Com eles, foi criada uma instalação, na qual as duas executam performances aos sábados e domingos, às 17h. Caixa Cultural. Pça. da Sé, 111, Centro, 3321-4400. 9h/19h (fecha 2ª). Grátis. Até dom. (28).

Tertúlia. O mote da mostra é o papel de mulheres artistas nos 15 anos da Galeria Fortes Vilaça. Entre os nomes selecionados para compor a exposição, estão Adriana Varejão, Leda Catunda, Tamar Guimarães e Rivane Neuenschwander. Galeria Fortes Vilaça. R. Fradique Coutinho, 1.500, V. Madalena, 3032-7066. 10h/19h (6ª, 10h/18h; fecha sáb. e dom.). Grátis. Até sáb. (27).

Thiago Carvalho. Na produção de um documentário, o fotógrafo visitou aldeias dos índios Guarani Mbyá, no bairro Jaraguá. Ele apresenta alguns de seus registros fotográficos da região. Salão da Fotografia Consigo. R. Cons. Crispiniano, 105, 1º andar, Centro, 3214-2660. 9h/18h (sáb., 9h/12h; fecha dom.). Grátis. Até sáb. (27).

A União Soviética Através da Câmera. Em parceria com o Museu Oscar Niemeyer, de Curitiba, a antiga União Soviética é representada por meio de 200 imagens. São trabalhos de seis fotógrafos soviéticos, como Vladimir Lagrange e Leonid Lazarev. Memorial da América Latina. Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664, Barra Funda, 3823-4600. 9h/18h (fecha 2ª). Grátis. Até dom. (28).

Visões da Arte no Acervo do MAC-USP 1900-2000: Bastidores. Em março, o MAC-USP percorrerá um século por meio do seu acervo na mostra que receberá o mesmo nome. Por enquanto, é possível ver a montagem da exposição e 24 obras de nomes como Kandinsky e Brecheret. MAC-USP Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, 2648-0254. 10h/18h (fecha 2ª). Grátis. Até dom. (28).

Em cartaz

Abusus. A mostra interativa aborda o papel da polícia na sociedade – seja no abuso de poder ou na imagem do policial como herói. As obras foram feitas pelo coletivo Acab, mas são assinadas pelo artista fictício AK47. Matilha Cultural. R. Rego Freitas, 542, República, 3256-2636. 12h/20h (sáb., 14h/20h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Por tempo indeterminado.

Acervo Videobrasil em Contexto #1. A mostra é o resultado da residência artística de Cláudio Bueno e Mahmoud Khaled. A partir da imersão no acervo da Associação Videobrasil, os artistas criaram trabalhos que são exibidos ao lado das obras que os inspiraram. Galpão VB. Av. Imperatriz Leopoldina, 1.150, V. Leopoldina, 3645-0516. 13h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 19/3.

Angelo Venosa. A partir de recursos digitais, o artista cria trabalhos que remetem a formas orgânicas. Venosa, que pertenceu à Geração 80, exibe três dessas séries recentes em ‘Giusè’. Galeria Nara Roesler. Av. Europa, 655, Jd. Europa, 3063-2344. 10h/19h (sáb., 11h/15h; fecha dom.). Grátis. Até 26/3.

Coleções em Diálogo: Museu Paulista e Pinacoteca de São Paulo. A mostra propõe um diálogo entre as coleções da Pinacoteca e do Museu Paulista. São exibidas 50 criações, incluindo peças do acervo do Museu Paulista, fechado para reforma. Pinacoteca. Pça. da Luz, 2, 3324-1000. 10h/ 17h30 (fecha 3ª). R$ 6 (sáb., grátis). Até 29/1/2017.

Depero Futurista e Artista Global. Um dos principais nomes do futurismo na Itália, Fortunato Depero (1892-1960) levou os preceitos desta vanguarda estética para além da pintura. Na mostra, estão reunidas 65 criações do modernista, incluindo seus trabalhos publicitários. MAC-USP Ibirapuera.
Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, 2648-0254. 10h/18h (fecha 2ª). Grátis. Até 27/3.

Galeria Leme. Em ‘Totemonumento’, a curadora Isabella Rjeille reúne trabalhos de oito artistas para refletir sobre questões relacionadas à memória. São criações de nomes como Cildo Meireles, Clara Ianni e Jaime Lauriano. A galeria também recebe um intervenção de Ricardo Alcaide. Galeria Leme. Av. Valdemar Ferreira, 130, Butantã, 3093-8184. 10h/19h (sáb., 10h/17h; fecha dom.). Grátis. Até 5/3.

A Gravura de Arthur Luiz Piza. O paulistano é homenageado por seu trabalho como gravurista. É exibida uma coleção de 137 gravuras doadas por Piza à instituição – visitando suas experimentações desde que se mudou para a França, nos anos 1950. Estação Pinacoteca. Lgo. Gal. Osório, 66, Luz, 3335-4990. 10h/18h (fecha 3ª). R$ 6 (sáb., grátis). Até 13/3.

Harun Farocki. Em instalações, ‘Programando o Visível’ recupera seis vídeos do artista e cineasta, que morreu em 2014. Entre os trabalhos, cinco são inéditos no País. Paço das Artes. Av. da Universidade, 1, Cid. Universitária, 3814-3842. 10h/19h (sáb. e dom., 11h/ 18h; fecha 2ª e 3ª). Grátis. Até 27/3.

Idas e Vindas – Segall e o Brasil. Na mostra, o Museu Lasar Segall apresenta um recorte de seu acervo com foco na produção do pintor no Brasil. São expostas cerca de 80 criações de Segall, além de objetos de seu ateliê e de sua residência, onde está o museu. Museu Lasar Segall. R. Berta, 111, V. Mariana, 2159-0400. 11h/19h (fecha 3ª). Grátis. Até 26/9.

Jaques Faing. Com a fotografia, o artista procurou registrar o movimento e as cores do carnaval no Rio e em São Paulo. O resultado destes ensaios está em ‘Giracorpogira II’, com 38 imagens. Museu Afro Brasil. Pq. Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 10, 3320-8900. 10h/17h (fecha 2ª). R$ 6 (sáb., grátis). Até 3/4.

León Ferrari: Entre Ditaduras. Doadas pelo próprio artista, mais de 90 obras estão na mostra. Abordando a instabilidade política, os trabalhos do argentino foram, em sua maioria, feitos durante seus 15 anos de exílio no Brasil. Masp. Av. Paulista, 1.578, metrô Trianon-Masp, 3149-5959. 10h/18h (5ª, 10h/20h; fecha 2ª). R$ 25 (3ª, grátis). Até 6/3.

Marina Saleme. Em ‘O Céu que nos Protege’, a pintora apresenta suas obras mais recentes. Além das pinturas, a mostra também expõe trabalhos de Marina com a fotografia, como registros do Regent Park, de Londres. Galeria Luisa Strina. R. Pe. João Manuel, 755, Jd. Paulista, 3088-2471. 10h/19h (sáb., 10h/17h; fecha dom.). Grátis. Até 26/3.

Mestres Santeiros Paulistas do Século XVII. A mostra reúne 54 obras do acervo do colecionador Ladi Biezus. O recorte apresenta esculturas sacras, feitas por mestres santeiros em São Paulo, como Frei Agostinho de Jesus e Mestre de Porto Feliz. Museu de Arte Sacra. Av. Tiradentes, 676, metrô Tiradentes, 3326-3336. 9h/17h (sáb. e dom., 10h/18h; fecha 2ª e 3ª). R$ 6 (sáb., grátis). Até 29/5.

Mondrian e o Movimento De Stijl. A mostra apresenta tanto o trajeto percorrido por Piet Mondrian até o neoplasticismo quanto as influências do grupo da revista ‘De Stijl’ na arquitetura e no design. Das 70 obras, 30 são de Mondrian. A lista também inclui nomes como Gerrit Rietveld e Theo van Doesburg. CCBB. R. Álvares Penteado, 112, Centro, 3113- 3651. 9h/21h (fecha 3ª). Grátis. Até 4/4.

O Mundo de Tim Burton. O imaginário do cineasta é revelado por meio de 500 objetos. Além de referências a seus filmes, estão reunidos desenhos, pinturas e outras peças, expostos em áreas que representam os sentimentos de Burton. MIS. Av. Europa, 158, Jd. Europa, 2117-4777. 10h/20h (sáb., 9h/21h; dom., 11h/19h; fecha 2ª). R$ 12 (3ª, grátis). Até 15/5.

Niura Bellavinha. O média-metragem ‘NháNhá’, gravada no interior de Minas, é um dos destaques de ‘iTa LíTica Barroca’. Além da obra, a mostra exibe desenhos, pinturas e fotografias da artista. Galeria Millan. R. Fradique Coutinho, 1.360, Pinheiros, 3013-6007. 10h/19h (sáb., 11h/18h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 19/3.

Thereza Salazar. Com impressões em vidro e serigrafias, Thereza cria cenas, misturando elementos da ciência, animais e seres imaginários. Ela reúne obras inéditas em ‘Fantasmas’. Galeria Emma Thomas. R. Estados Unidos, 2.205, Jd. Europa, 3662-3634. 11h/19h (sáb., 11h/15h; fecha dom.). Grátis. Até 16/3.

Túlio Pinto. Bolhas de vidro, aço e cordas são alguns dos materiais que o artista combina para criar suas esculturas. Entre as obras de ‘Azul e Unicórnio’, ele também exibe um vídeo gravado no deserto do Arizona, nos EUA. Baró Galeria (Jardins). R. da Consolação, 3.417, Cerq. César, 3666-6489. 10h/19h (fecha dom.). Grátis. Até 26/3.

Vértice. A mostra expõe cerca de 200 obras da coleção de arte contemporânea de Sérgio Carvalho. Com foco na produção brasileira, reúne nomes de destaque, como José Rufino, Nelson Leirner e Antonio Dias. Centro Cultural Correios. Av. São João, s/nº, Vale do Anhangabaú, 3227-9461. 11h/17h (fecha 2ª). Grátis. Até 27/3.

Zipper Galeria. A galeria recebe duas mostras. Marcelo de Amorim exibe obras abordando a relação entre homens e máquinas. Já Elaine Pessoa apresenta fotografias feitas no Uruguai. Zipper Galeria. R. Estados Unidos, 1.494, Jd. América, 4306-4306. 10h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom.). Grátis. Até 26/3.

Tudo o que sabemos sobre:

exposições

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.