Confira o roteiro de exposições
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Confira o roteiro de exposições

Celso Filho

04 de fevereiro de 2016 | 17h04

A seguir, as principais exposições entre os dias 5/2 e 11/2:

Inaugurações

Cordão dos Mentecaptos. Neste carnaval, a Pivô convidou artistas para criar adereços e fantasias para um bloco de rua. Após o desfile deste ‘bloco-exposição’ no sábado (6), às 10h, o material produzido ganhará mostra com curadoria de Ricardo Sardenberg e Fernanda Brenner. Entre as ‘obras carnavalescas’, há um cordão de Sonia Gomes e um estandarte de Leda Catunda. Pivô. Ed. Copan. Av. Ipiranga, 200, bloco A, lj. 54, Centro, 3255-8703. 13h/ 20h (sáb., 13h/19h; fecha dom. e 2ª). Inauguração: 5ª (11). Grátis. Até 27/2.

Jose Rufino - foto Vicente de Mello AAA1637 redux

Foto: Vicente de Mello/divulgação

+ Recém-inaugurada, Vértice expõe cerca de 200 obras da coleção de arte contemporânea de Sérgio Carvalho. Com foco na produção brasileira, reúne nomes de destaque, como José Rufino (foto), Berna Reale, Nelson Leirner e Antonio Dias. Centro Cultural Correios. Av. São João, s/nº, Vale do Anhangabaú, 3227-9461. 11h/17h (fecha 2ª). Grátis. Até 27/3. 

Mulheres em Fúria. As artistas Panmela Castro (Anarkia Boladona) e Siss apresentam intervenções na zona norte pelo projeto Grafiterritórios ZN. Elas criaram um mural próximo ao Sesc Santana, na rua Viri, no qual abordam questões de gênero. R. Viri, entre a r. Pedro Ribeiro e a av. Luiz Dumont Villares. 24h. Inauguração: sáb. (6). Grátis. Até 10/7.

Última semana

#ImmediateAttention. Fundadores da Copenhagen Ultracontemporary Biennale, Tierry Geoffroy, da França, e Tijana Miskovic, da Sérvia, ocupam a Galeria Emma Thomas. Com uma proposta de ‘mostra mutável’, as criações são feitas durante o período expositivo. Galeria Emma Thomas. R. Estados Unidos, 2.205, Jd. América, 3063-2149. 11h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom.). Grátis. Até hoje (5).

34º Panorama da Arte Brasileira. Na mostra, esculturas pré-históricas são expostas ao lado de obras contemporâneas. Com curadoria de Aracy Amaral e Paulo Miyada, a edição reúne trabalhos de seis nomes: Berna Reale, Cao Guimarães, Cildo Meireles, Erika Verzutti, Miguel Rio Branco e Pitágoras Lopes. MAM. Pq. Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 3, 5085-1300. 10h/17h30 (fecha 2ª). R$ 6 (dom., grátis). Até 4ª (10).

34° Panorama da Arte Brasileira, no Museu de Arte Moderna de São Paulo. Na foto obras de Érica Verzutti. FOTO: HÉLVIO ROMERO/ESTADÃO

Obras da 34ª edição do Panorama da Arte Brasileira. Foto: Hélvio Romero/Estadão

47ª Anual de Arte Faap. Nesta edição, estão reunidas 24 criações dos artistas selecionados. Também são expostas obras de Rodrigo Sassi e Ulysses Bôscolo, do Programa de Residência Artística da Faap, na Cité des Arts, de Paris. MAB-Faap. R. Alagoas, 903, prédio 1, Higienópolis, 3662-7198. 10h/20h (sáb., dom. e fer., 13h/ 17h; fecha 2ª). Grátis. Até 4ª (10).

Alice Brill. No início dos anos 2000, 14 mil negativos da artista alemã Alice Brill (1920-2013) foram adquiridos pelo Instituto Moreira Salles. Cerca de 90 imagens, agora, ganham mostra. São registros históricos de cidades como São Paulo e Rio. IMS. R. Piauí, 844, 1º andar, Higienópolis, 3825-2560. 13h/19h (sáb., dom. e fer., 13h/18h; fecha 2ª). Grátis. Até dom. (7).

Galeria Mendes Wood. A galeria encerra duas exposições. O catalão Daniel Steegmann apresenta dois trabalhos multimídia. Neles, o artista convida o público a adentrar em uma floresta tropical brasileira. Já a mostra ‘Every Camel Tells a Story’ reúne criações inéditas de Adriano Costa. Mendes Wood DM. R. da Consolação, 3.358, Cerq. César, 3081-1735. 10h/19h (fecha dom.). Grátis. Até hoje (5).

Plural. O galerista Eduardo Fernandes pediu a cinco artistas que ampliassem séries próprias já iniciadas. As novas criações estão na mostra. São trabalhos de Ana Amelia Genioli, Daisy Xavier, Rogerio Medeiros, Silvia Mecozzi e Vicente de Mello. Galeria Eduardo Fernandes. R. Harmonia, 145, V. Madalena, 3812-3894. 10h/19h (sáb., 11h/ 15h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até sáb. (6).

Sergio Camargo. Com o mármore, Sergio Camargo (1930-1990) criava composições de formas geométricas, como cubos e cilindros, para explorar a sombra e a luz. Sua carreira é lembrada em mais de cem peças. Além das obras, há poemas, fotografias, documentos e uma réplica de seu ateliê. Itaú Cultural. Av. Paulista, 149, metrô Brigadeiro, 2168-1776. 9h/20h (sáb., dom. e fer., 11h/20h; fecha 2ª). Grátis. Até 3ª (9).

Arte e passeio

Imigrantes do Café. Em parceria com o Museu do Café, de Santos, a mostra remonta as histórias e memórias dos imigrantes que chegaram ao País para trabalhar nas lavouras cafeeiras paulistas. São exibidas fotografias históricas, áudios de depoimentos e objetos. Museu da Imigração. R. Visconde de Parnaíba, 1.316, Mooca, 2692-1866. 9h/17h (dom. e fer., 10h/17h; fecha 2ª). Fecha 4ª (10). R$ 6 (sáb., grátis). Até 28/2.

Em cartaz

III Programa de Exposições 2015. Na terceira edição do programa de 2015, foram selecionados trabalhos de Daniel Bilac, Luiza Baldan, Pedro Caetano e Viviane Teixeira. Em paralelo à mostra, Teresa Viana e Vitor Cesar também exibem criações recentes. CCSP. R. Vergueiro, 1.000, metrô Vergueiro, 3397-4002. 10h/20h (sáb., dom. e fer., 10h/ 18h). 4ª (10), a partir das 12h. Grátis. Até 21/2.

Acervo em Transformação. De longa duração, a mostra retoma os emblemáticos cavaletes de vidro de Lina Bo Bardi como parte da expografia do museu. Com pequenas adaptações técnicas, as peças expõem 119 obras do acervo do Masp, com nomes como Cézanne, Matisse e Portinari. Masp. Av. Paulista, 1.578, metrô Trianon-Masp, 3149-5959. 10h/18h (5ª, até 20h; fecha 2ª). R$ 25 (3ª, grátis). Por tempo indeterminado.

Amelia Toledo. Homenageada na 5ª edição do Prêmio Marcantonio Vilaça, em 2015, a paulistana volta a merecer uma mostra na cidade. Nesta exposição, o foco é sua produção mais recente, com obras feitas a partir de 1993, entre pinturas, escultura e instalações. Galeria Marcelo Guarnieri. Al. Lorena, 1.966, Jd. Paulista, 3063-5410. 10h/19h (sáb., 10h/17h; fecha dom.). Fecha de sáb. (6) a 3ª (9); 4ª (10), a partir das 12h. Grátis. Até 19/2.

AquiÁfrica. Sob a curadoria de Adelina von Fürstenberg, premiada na 56ª Bienal de Veneza, a mostra propõe uma panorama da arte contemporânea na África subsaariana. Nela, estão reunidas criações de 13 artistas do continente, como o senegalês Omar Ba. Sesc Belenzinho. R. Pe. Adelino, 1.000, 2076-9700. 13h/21h (sáb., dom. e fer., 11h/19h). Abre 2ª (8). Grátis. Até 28/2.

Campos Alterados. Criado em 2014, o programa ‘rural.scapes – Laboratório em Residência’ leva artistas para uma fazenda no interior do Estado. Agora, 25 trabalhos do projeto estão na mostra coletiva. MAC-USP Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, 2648-0254. 10h/ 18h (fecha 2ª). Grátis. Até 21/2.

Carla Zaccagnini. A instalação ‘Elementos de Beleza’, pertencente ao acervo do Masp, é exibida no museu pela primeira vez. Nela, Carla se inspirou em seu livro homônimo, criando a instalação que aborda os movimentos sufragistas da Inglaterra nos anos 1910. Masp. Av. Paulista, 1.578, metrô Trianon-Masp, 3149-5959. 10h/18h (5ª, até 20h; fecha 2ª). R$ 25 (3ª, grátis). Até 14/2.

Coleções em Diálogo: Museu Paulista e Pinacoteca de São Paulo. Ainda nas comemorações dos seus 110 anos, a mostra propõe um diálogo entre as coleções da Pinacoteca e do Museu Paulista. São exibidas 50 criações – o que inclui peças do acervo do ‘museu do Ipiranga’, fechado para reformas. Pinacoteca. Pça. da Luz, 2, 3324-1000. 10h/17h30 (fecha 3ª). 4ª (10), a partir das 12h. R$ 6 (sáb., grátis). Até 29/1/2017.

Depero Futurista e Artista Global. Um dos principais nomes do futurismo na Itália, Fortunato Depero (1892-1960) levou os preceitos desta vanguarda estética para além da pintura. Na mostra, estão reunidas 65 criações do modernista, incluindo alguns de seus trabalhos publicitários. MAC-USP Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, 2648-0254. 10h/18h (fecha 2ª). Grátis. Até 27/3.

As Donas da Bola. A mostra reúne 42 obras de um projeto de onze fotógrafas, entre elas, Nair Benedicto, Luciana Whitaker e Bel Pedrosa. Nas imagens, elas registraram a relação das mulheres com o futebol em diferentes regiões do País. Museu do Futebol. Estádio do Pacaembu. Pça. Charles Miller, s/nº, 3664-3848. 9h/17h (sáb., dom. e fer., 10h/18h). Fecha 2ª (8) e 4ª (10). R$ 9 (sáb., grátis). Até 3/4.

Empresa Colonial. As heranças do Brasil antes da independência são o mote da mostra coletiva. Com curadoria de Tomás Toledo, a mostra reúne criações dos artistas Beto Shwafaty, Bruno Baptistelli, Clara Ianni, Jaime Lauriano e Lais Myrrha. Caixa Cultural. Pça. da Sé, 111, 3321-4400. 9h/19h (fecha 2ª). Grátis. Até 28/2.

Foto Cine Clube Bandeirante: do Arquivo à Rede. Recentemente incorporada ao acervo do Masp, a coleção do Foto Cine Clube Bandeirante é exibida ao público. São 279 imagens, de 85 artistas do grupo, como German Lorca, Jacob Polacow e Thomaz Farkas. Masp. Av. Paulista, 1.578, 3149-5959. 10h/18h (5ª, até 20h; fecha 2ª). R$ 25 (3ª, grátis). Até 20/3.

FotoRetrospectiva 2015. Organizada pela Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos de São Paulo, a mostra faz uma retrospectiva de 2015 por meio de 80 imagens. São trabalhos de 59 fotojornalistas, como os fotógrafos do Estado Tiago Queiroz e JF Diório. Shopping Ibirapuera. Av. Ibirapuera, 3.103, Moema, piso Jurupis, 5095-2300. 10h/ 22h. Grátis. Até 21/2.

Goeldi/Jardim: A Gravura e o Compasso. Com curadoria de Claudio Mubarac, a exposição apresenta 40 trabalhos de Oswaldo Goeldi e Evandro Carlos Jardim que pertencem ao acervo do museu. Entre as obras, há 17 gravuras de Jardim doadas recentemente ao MAC-USP. São expostas técnicas como xilogravura, água-forte e desenho. MAC-USP Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, Ibirapuera, 2648-0254. 10h/18h (3ª, 10h/21h; fecha 2ª). Grátis. Até 27/3.

A Gravura de Arthur Luiz Piza. O paulistano também é homenageado com mostra na Galeria Raquel Arnaud. Na Estação, é exibida uma coleção de 137 gravuras doadas por Piza à instituição – visitando suas experimentações desde que se mudou para a França, nos anos 1950. Estação Pinacoteca. Lgo. Gal. Osório, 66, Luz, 3335-4990. 10h/18h (fecha 3ª). 4ª (10), a partir das 12h. R$ 6 (sáb., grátis). Até 13/3.

Harun Farocki. Em instalações, a mostra ‘Programando o Visível’ recupera seis vídeos do artista e cineasta, que morreu em 2014. Entre os trabalhos, cinco são inéditos no País. Paço das Artes. Av. da Universidade, 1, Cid. Universitária, 3814-3842. 10h/19h (sáb., dom. e fer., 11h/18h; fecha 2ª e 3ª). 4ª (10), a partir das 12h. Grátis. Até 27/3.

Jaques Faing. Com a fotografia, o artista procurou registrar o movimento e as cores do carnaval no Rio e em São Paulo. O resultado destes ensaios está na mostra ‘Giracorpogira II’, com 38 imagens. Museu Afro Brasil. Pq. Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 10, 3320-8900. 10h/17h (fecha 2ª). Fecha 3ª (9); 4ª (10), a partir das 13h. R$ 6 (sáb., grátis). Até 3/4.

Mondrian e o Movimento De Stijl. A mostra apresenta tanto o trajeto percorrido por Piet Mondrian até o neoplasticismo quanto as influências do grupo da revista ‘De Stijl’ nas artes visuais, na arquitetura e no design. Das 70 obras, 30 são de Mondrian. A lista inclui nomes como Gerrit Rietveld e Theo van Doesburg. CCBB. R. Álvares Penteado, 112, Centro, 3113- 3651. 9h/21h (fecha 3ª). 4ª (10), a partir das 12h. Grátis. Até 4/4.

Um Corpo Estranho. A mostra comemora o centenário de ‘A Metamorfose’, de Franz Kafka (1883-1924). A vida e a obra do autor checo também são lembrados na exposição, que tem uma sala especial inspirada no quarto do personagem Gregor Samsa. Casa das Rosas. Av. Paulista, 37, metrô Brigadeiro, 3285-6986. 10h/22h (dom. e fer., 10h/18h; fecha 2ª). Fecha hoje (5); 4ª (10), a partir das 14h. Grátis. Até 29/2.

Visões da Arte no Acervo do MAC-USP 1900-2000: Bastidores. Em março de 2016, o MAC-USP percorre um século por meio do seu acervo na mostra que receberá o mesmo nome. Por enquanto, é possível ver a montagem da exposição e 24 obras de nomes, como Kandinsky e Brecheret. MAC-USP Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, 2648-0254. 10h/18h (fecha 2ª). Grátis. Até 28/2.

Waltercio Caldas. Em ‘Ateliê Transparente’, Caldas expõe 67 cadernos de anotações. Além deles, o artista também reuniu para a mostra objetos, maquetes, desenhos e projetos de esculturas. IAC. R. Dr. Álvaro Alvim, 90, 1º andar, V. Mariana, 3255-2009. 10h/18h (sáb., 10h/ 16h). Fecha de sáb. (6) a 4ª (10). Grátis. Até 20/2.

Tudo o que sabemos sobre:

exposições

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.