Confira dez exposições em São Paulo que destacam a produção de artistas mulheres
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Confira dez exposições em São Paulo que destacam a produção de artistas mulheres

Júlia Corrêa

09 de setembro de 2019 | 11h00

Adriana Oliver

Pinturas de pop art ligadas a questões feministas são apresentadas na mostra ‘All the Lonely People’, da artista espanhola. Galeria Houssein Jarouche. R. Estados Unidos, 2.109, Jd. América, 3061-0690. 10h/19h (sáb., 10h/17h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 14/9.

Anna Maria Maiolino

O Masp promove retrospectiva com uma seleção de nove vídeos da artista ítalo-brasileira. Sob curadoria de Horrana de Kássia Santoz, as obras são exibidas em três telas: duas laterais, com vídeos experimentais dos anos 1970 e 1980, e uma central, com outros dos anos 2000. Av. Paulista, 1.578, metrô Trianon- Masp, 3149-5959. 10h/18h (3ª, 10h/20h; fecha 2ª). R$ 40 (3ª, grátis). Até 27/10.

Camille Kachani

Em ‘Solilóquio’, mostra com curadoria de Taisa Palhares, a artista apresenta um conjunto de esculturas ligadas a processos de transformação e deslocamentos. Zipper Galeria. R. Estados Unidos, 1.494, Jd. América, 4306-4306. 10h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom.). Grátis. Até 5/10.

Edith Derdyk

As origens do livro são o tema de ‘Protolivro’, mostra em que a artista apresenta investigações em torno de páginas, objetos antigos e outros vestígios. Casa de Cultura do Parque. Av. Prof. Fonseca Rodrigues, 1.300, Alto de Pinheiros, 3811-9264. 11h/19h (sáb. e dom., 10h/18h; fecha 2ª e 3ª). Grátis. Até 13/10.

Foto: Grada Kilomba/Cortesia da artista

Grada Kilomba: Desobediências Poéticas

A mostra exibe a produção da artista portuguesa, que busca destacar vozes silenciadas ao longo da história. Entre as obras, a série de vídeos ‘Illusions’ inspira-se na tradição oral africana. Pinacoteca. Pça. da Luz, 2, Luz, 3324-1000. 10h/18h (fecha 3ª). R$ 10 (sáb., grátis). Até 30/9.

Histórias das Mulheres: Artistas Antes de 1900

A diversidade temática e técnica das quase cem obras da mostra ajuda a contestar estereótipos como a existência de um ‘modo feminino’ de criação artística. Entre as obras exibidas, a maioria são pinturas, com criações de mulheres que atravessaram o Barroco e o Renascimento, como Artemisia Gentileschi e Sofonisba Anguissola, além de pioneiras latino-americanas, como Magdalena Mira Mena. De origens como Inglaterra, Índia e Andes Latinos, têxteis de autoria desconhecida, mas com registros que indicam terem sido produzidos por mulheres, também ganham destaque. Masp. Av. Paulista, 1.578, metrô Trianon- Masp, 3149-5959. 10h/18h (3ª, 10h/20h; fecha 2ª). R$ 40 (3ª, grátis). Até 17/11.

Histórias Feministas: Artistas Depois de 2000

Com obras de artistas contemporâneas – brasileiras e estrangeiras – como Aline Motta, Ana Mazzei, Giulia Andreani, Katia Sepúlveda e Mônica Ventura, a mostra busca ir além do recorte geracional. A ideia é salientar as formas como tais produções têm partido de diferentes ‘feminismos’ – ou de assuntos ligados a essas perspectivas – para propor novos conhecimentos, diálogos e narrativas. Masp. Av. Paulista, 1.578, metrô Trianon- Masp, 3149-5959. 10h/18h (3ª, 10h/20h; fecha 2ª). R$ 40 (3ª, grátis). Até 17/11.

Janaina Tschäpe

A artista exibe pinturas abstratas em grande formato em ‘Mapping the Unattainable’. Obras como ‘Radiant Hues of Paradise’ resultam de sua observação da natureza. Fortes D’Aloia & Gabriel. Galpão. R. James Holland, 71, Barra Funda, 3392-3942. 10h/19h (sáb., 10h/18h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 28/9.

Letizia Battaglia: Palermo

A mostra reúne cerca de 90 imagens da fotógrafa italiana que, ao longo de quatro décadas, registrou a Guerra da Máfia em Palermo, além do cotidiano, a vida cultural e as transformações da cidade. IMS Paulista. Av. Paulista, 2.424, metrô Paulista, 2842-9120. 10h/20h (5ª, 10h/22h; fecha 2ª). Grátis. Até 22/9.

Lucia Koch

A artista apresenta ‘Tumulto, Turbilhão’, mostra composta por instalações e objetos. Uma das obras que dão nome à exposição, ‘Tumulto’ propõe, por exemplo, um cruzamento de cortinas que recortam o salão principal da galeria, em um acúmulo de camadas semi-transparentes. Galeria Nara Roesler. Av. Europa, 655, Jd. Europa, 2039-5454. 10h/19h (sáb., 11h/15h; fecha dom.). Grátis. Até 19/10.

Tendências: