Confira boas exposições de arte para visitar em São Paulo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Confira boas exposições de arte para visitar em São Paulo

Júlia Corrêa

17 Dezembro 2017 | 16h30

Julio Le Parc: da Forma à Ação
O Instituto Tomie Ohtake recebe retrospectiva do argentino, conhecido como um dos pioneiros da arte cinética. Com curadoria de Estrellita B. Brodsky, a mostra (foto abaixo) exibe mais de cem trabalhos do artista. Av. Brig. Faria Lima, 201, Pinheiros, 2245-1900. 11h/20h (fecha 2ª). Grátis. Até 25/2/2018.

Foto: Instituto Tomie Ohtake

No Subúrbio da Modernidade – Di Cavalcanti 120 Anos
Com mais de 200 pinturas, desenhos e ilustrações, a mostra engloba seis décadas da produção do modernista (1897-1976). Ao mesmo tempo que abordava a diversidade brasileira – com retratos de travestis e prostitutas –, ele queria chamar atenção para o atraso do Brasil em relação à Europa. Pinacoteca. Pça. da Luz, 2, Luz, 3324-1000. 10h/17h30 (fecha 3ª). R$ 6 (dezembro., grátis). Até 22/1/2018.

A ‘Arte Degenerada’ de Lasar Segall 
A mostra relembra a perseguição nazista à arte moderna e o impacto das ideias do regime no Brasil, com obras de Segall confiscadas na Alemanha e arquivos sobre manifestações antifascistas daqui. Museu Lasar Segall. R. Berta, 111, V. Mariana, 2159-0400. 11h/19h (fecha 3ª). Grátis. Até 30/4/2018.

Foto: Acervo Museu Lasar Segall/Ibram/MinC

 

Tunga: o Corpo em Obras
Com cerca de cem itens, é a última exposição do programa de 2017 do Masp, dedicado ao tema da sexualidade. No conjunto exposto, esse recorte erótico é sugerido de forma mais sutil – a partir dos vínculos e das relações que o artista cria, nas obras, entre formas, materiais e linguagens. Av. Paulista, 1.578, metrô Trianon-Masp, 3149-5959. 10h/18h (5ª, 10h/20h; fecha 2ª). Grátis. Até 11/3/2018.

Amélia Toledo
‘Lembrei que Esqueci’ celebra os 60 anos de carreira de Amélia Toledo, um dos ícones da contracultura brasileira, que morreu no último mês, aos 90 anos. Com curadoria de Marcus Lontra, a mostra reúne 60 obras da artista, entre esculturas, peças de design, pinturas e desenhos. CCBB. R. Álvares Penteado, 112, Centro, 3113-3651. 9h/21h (fecha 3ª). Grátis. Até 8/1/2018.

Foto: Du Ribeiro

Levantes
Idealizada pelo instituto Jeu de Paume, de Paris, a mostra aborda atos populares a partir de cerca de 200 obras garimpadas pelo curador Georges Didi-Huberman. Entre os artistas, estão Graciela Sacco e Eduardo Gil. Sesc Pinheiros. R. Paes Leme, 195, 3095-9400. 10h30/ 21h30 (sáb., 10h/21h; dom.,10h/18h30; fecha 2ª). Grátis. Até 28/1/2018.