Companhia fundada por Pina Bausch é uma das atrações de dança da semana
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Companhia fundada por Pina Bausch é uma das atrações de dança da semana

Júlia Corrêa

22 Novembro 2018 | 17h20

Foto: Meyer Originals

Tanztheater Wuppertal
Fundada em 1973 por Pina Bausch, a companhia encerra a Temporada Alfa 2018 com o espetáculo ‘Néfes’ (foto acima), assinado pela coreógrafa e inspirado na cultura de Istambul. 170 min. Livre. Teatro Alfa (1.118 lug). R. Bento Branco de Andrade Filho, 722, S. Amaro, 5693-4000. 5ª (29), 21h; 30/11, 21h30; 1º/12, 20h; 2/12, 18h. R$ 75/R$ 225.

XI Mostra Lugar Nômade de Dança e Teatro
Idealizado por João Andreazzi, da Cia. Corpos Nômades, o evento reúne 11 espetáculos. Hoje (23), às 20h30, Mônica Cristina Bernardes, da companhia Taanteatro, abre a programação com ‘Verbar’ (40 min.; 14 anos), solo que aborda temas como a crise de sensibilidade na era digital. Espaço Cênico O Lugar (65 lug.). R. Augusta, 325, Consolação, 3237-3224. 6ª (23) e sáb. (24), 20h30; dom. (25), 19h30. R$ 30. Inf.: bit.ly/corpnom

Asas Para Voar – Iluminations
O espetáculo do Balé da Cidade é resultado de um projeto iniciado em 2017, que abre espaço para os bailarinos desenvolverem suas próprias coreografias. No total, são oito trabalhos para os quais o elenco e o diretor artístico da companhia, Ismael Ivo, inspiraram-se nas obras da mostra ‘Histórias Afro-Atlânticas’, que esteve em cartaz no Masp e no Instituto Tomie Ohtake até outubro. 100 min. 12 anos. Teatro Arthur de Azevedo (349 lug.). Av. Paes de Barros, 955, Mooca, 2605-8007. 6ª (23)
e sáb. (24), 21h; dom. (25), 19h. Grátis (retirar ingresso 1h antes).

Encontros Improváveis
O Núcleo OMSTRAB apresenta espetáculo originado da parceria com duplas de artistas de diversas áreas, como diretores teatrais, músicos e poetas. Com reflexões sobre a situação política atual, o trabalho traz música executada ao vivo, citações poéticas e textos adaptados de notícias jornalísticas. Galeria Olido. Sala Paissandu (139 lug.). Av. São João, 473, metrô República, 3397-0171. Estreia 5ª (29). 5ª, 6ª e sáb., 20h; dom., 19h. Grátis. Até 9/12.

O Lago dos Cisnes
Com direção de Inês Bogéa, a São Paulo Companhia de Dança celebra seus dez anos com a encenação do clássico de Tchaikovski, cuja coreografia, imortalizada por Marius Petipa e Lev Ivanov, ganha versão assinada por Mario Galizzi. 150 min (com intervalo). Livre. Teatro Sérgio Cardoso. Sala Sérgio Cardoso (835 lug.). R. Rui Barbosa, 153, Bela Vista, 3288-0136. 4ª, 5ª e sáb., 21h; 6ª, 21h30; dom., 18h. R$ 30/R$ 50. Até 2/12.

Peças Fáceis
A bailarina Janice Vieira e a filha Andréia Nhur partem de uma série de peças de fácil execução de Johann Sebastian Bach para realizar espetáculo que celebra o afeto por meio de memórias familiares e culturais. 45 min. Livre. Teatro Sérgio Cardoso. Sala Paschoal Carlos Magno (144 lug.). R. Rui Barbosa, 153, Bela Vista, 3288-0136. 4ª (28) e 5ª (29), 20h. R$ 20.