Coleção vinda de Madri reúne 20 gravuras do espanhol Francisco de Goya
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Coleção vinda de Madri reúne 20 gravuras do espanhol Francisco de Goya

Júlia Corrêa

27 de julho de 2017 | 18h02

A produção de uma das fases mais obscuras e complexas do espanhol Francisco de Goya (1746-1828) chega à cidade na exposição ‘Loucuras Anunciadas’, que reúne 20 gravuras do artista.

Pertencentes à Real Academia de Bellas Artes de San Fernando, em Madri, os trabalhos formam um conjunto intitulado ‘Disparates’, produzido possivelmente entre 1815 e 1820, mas jamais lançado por Goya. À época, ele temia a perseguição aos iluministas.

Foto: The art Company

 

A decisão do artista mostra-se compreensível à medida que se revelam os temas das obras: sexo; violência; críticas ao clero e a instituições ligadas ao regime absolutista.

Com curadoria de Mariza Bertoli, a mostra tem ainda uma área interativa, com ampliações das obras e acessórios para o público se caracterizar.

ONDE: Caixa Cultural. Pça. da Sé, 111, Centro, 3321-4400. QUANDO: Inauguração: sáb. (29), 11h. 9h/19h (fecha 2ª). Até 24/9. QUANTO: Grátis.

CONFIRA OUTRAS INAUGURAÇÕES:

Foto: Robert Mappelthorpe

Alair Gomes e Robert Mappelthorpe
Uma mostra contrasta como o brasileiro Alair Gomes e o americano Robert Mapplethorpe (detalhe acima) retratam o corpo masculino em suas fotos. Paralelamente, Iran do Espírito Santo exibe 12 desenhos. Galeria Fortes D’Aloia e Gabriel. R. Fradique Coutinho, 1.500, V. Madalena, 3032-7066. Inauguração: 5ª (3). 10h/19h (sáb., 10h/18h; fecha dom. e 2ª). Até 16/8. 

Adelina Galeria
O espaço recebe duas exposições. ‘Fig. 1 e Fig. 2 Espalhada Alternadas’, de Cristina Suzuki, traz simulações digitais feitas no Instagram. ‘The Empty Project’, do argentino Claudio Roncoli, traz pinturas que destacam formas e cores de marcas comerciais. R. Cardoso de Almeida, 1.285, Perdizes, 3868-0050. Inauguração: 4ª (2). 10h/ 19h (sáb., até 17h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 16/9.

Common Sense
A mostra reúne 11 obras feitas com pedras portuguesas por nomes como Estúdio Campana e Jasper Morrison. Instituto Bardi. Casa de Vidro. R. General Almério de Moura, 200, Morumbi, 3743-3875. Inauguração: 5ª (3). 10h/16h (fecha 2ª, 3ª e 4ª). R$ 20. Até 27/8.

Dimitre Lima
Na instalação ‘Estilhaço’, o artista une cacos de vidro, computação visual e luzes de LED para reproduzir a estética de uma explosão de espelhos. Cartel 011. R. Artur de Azevedo, 517, Cerqueira César, 3081-4171. Inauguração: sáb. (29). 11h/23h (fecha 2ª). Grátis. Até 6/8.

Fábio Magalhães
‘Além do Visível, Aquém do Intangível’ reúne pinturas marcadas por distorções da realidade. Para a produção das obras, o artista usa fotografias como ponto de partida. Caixa Cultural. Pça. da Sé, 111, Centro, 3321-400. Inauguração: sáb. (29), 11h. 9h/ 19h (fecha 2ª). Grátis. Até 24/9.

Silvio Dworecki
A mostra ‘No Body’ traz fotografias e vídeos em que sombras sugerem a imagem do corpo humano. Também traz pinturas de paisagens, feitas com materiais que vão de tinta a óleo a grafite em pó. Galeria Virgílio. R. Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 426, Pinheiros, 97743-4662. Inauguração: 5ª (3). 10h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom.). Grátis. Até 2/9.

Tendências: