Chiharu Shiota inaugura sua primeira mostra individual no Brasil
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Chiharu Shiota inaugura sua primeira mostra individual no Brasil

Celso Filho

10 Setembro 2015 | 17h43

Instalação de Chiharu Shiota

Foto: Márcio Fernandes/Estadão

Na Bienal de Veneza deste ano, a japonesa Chiharu Shiota montou uma teia de fios vermelhos com 50 mil chaves suspensas. Para sua primeira mostra no Brasil, que inaugura sábado (12), no Sesc Pinheiros, linhas parecidas criam a instalação ‘Além do Continente’, formada por 300 sapatos doados por pessoas comuns.

Essas teias de fios também compõem outras duas instalações da exposição ‘Em Busca do Destino’. Além dos sapatos, a artista também pediu que o público brasileiro lhe enviasse cartas pessoais. Em um emaranhado de fios pretos, elas estão expostas, e abertas à leitura, na obra ‘Cartas de Agradecimento’.

Em uma última instalação, ‘Acumulação – Em Busca do Destino’, ela criou uma nuvem de 200 malas, que parecem flutuar sobre a escadaria do prédio.

ONDE: Sesc Pinheiros. R. Paes Leme, 195, 3095-9400. QUANDO: 10h/21h30 (sáb., 10h/20h30; dom. e fer., 10h/18h30; fecha 2ª). Inauguração: sáb. (12). Até 10/1/2016. QUANTO: Grátis.

Veja outras inaugurações da semana:

+ Em Cárceres a Duas Vozes, que reabre oficialmente o Museu Lasar Segall, são expostas 16 gravuras de Giovanni Piranesi (detalhe acima). As obras inspiraram Ana Maria Tavares na série ‘Airshafts’, que também é exibida na mostra. Museu Lasar Segall. R. Berta, 111, V. Mariana, 2159-0400. 11h/19h (fecha 3ª). Inauguração: sáb. (12), 17h. Grátis. Até 9/11.

+ A partir do poema de Vinícius de Moraes, a mostra A Casa reúne 18 obras de artistas como Leda Catunda e José Carratu (foto). Sob a curadoria de Katia Canton, cada criação é exposta como se exercesse função em uma casa. MAC-USP Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, 2648-0254. 10h/18h (fecha 2ª). Inauguração: sáb. (12), 11h. Grátis. Até 31/7/2016.

Alberto de Sampaio. O advogado virou fotógrafo amador no final do século 19, registrando paisagens do Rio. Cerca de 120 dessas imagens estão na mostra, além de filmes e objetos pessoais do artista amador. Instituto Tomie Ohtake. Av. Brig. Faria Lima, 201, Pinheiros, 2245-1900. 11h/ 20h (fecha 2ª). Inauguração: 5ª (17), 20h. Grátis. Até 1º/11.

Cesar Paternosto. Em ‘O Som do Silêncio’, o argentino apresenta 16 pinturas abstratas de sua carreira. A mostra também traz duas esculturas inéditas de Paternosto. Dan Galeria. R. Estados Unidos, 1.638, Jd. Paulista, 3083-4600. 10h/18h (sáb., 10h/ 13h; fecha dom.). Inauguração: sáb. (12). Grátis. Até 12/10.

Essa Cidade É Invisível? SP|NYC. De Nova York, o projeto ‘Essa Cidade É Invisível?’ discute o espaço público nas cidades. Neste ano, propõe um diálogo entre as duas metrópoles. O resultado é a mostra com obras de 16 artistas do Brasil e do EUA, como Ingrid Burrington, Tec e Felipe Russo. CCSP. R. Vergueiro, 1.000, metrô Vergueiro, 3397-4002. 10h/20h (sáb. e dom., 10h/18h; fecha 2ª). Inauguração: sáb. (12). Grátis. Até 9/11.

Galeria Gravura Brasileira. O espaço inaugura duas mostras. Wladimir Fontes expõe trabalhos feitos entre 2005 e 2015, com diferentes técnicas, como desenho, xilogravura e colagem. Já Paula Almozara explora processos gráficos e fotográficos em ‘Ar’. Galeria Gravura Brasileira. R. Dr. Franco da Rocha, 61, Perdizes, 3624-0301. 10h/18h (sáb., 11h/13h; fecha dom.). Inauguração: 3ª (15), 19h. Grátis. Até 24/10.

Galeria Lume. Em ‘Transe’, Fábio Cardoso apresenta 16 aquarelas, nas quais retrata corpos em momentos de intimidade. A galeria também expõe esculturas de Claudio Alvarez. Galeria Lume. R. Gumercindo Saraiva, 54, Jd. Europa, 4883-0351. 10h/19h (sáb., 11h/17h; fecha dom.). Inauguração: 3ª (15), 19h. Grátis. Até 10/10.

Juliana Barros. A fotógrafa esteve em Veneza entre 2011 e 2015 para registrar o carnaval da cidade. O ensaio está na mostra ‘Commedia Dell’Arte’. Galeria Porão. R. Aspicuelta, 145, V. Madalena, 2371-1701. 11h/20h (dom., 12h/18h; fecha 2ª). Inauguração: 5ª (17), 19h. Grátis. Até 20/9.

Tapas: Design Espanhol para Gastronomia. Com curadoria de Juli Capella, a mostra explora a relação entre o design e a gastronomia na tradição das tapas espanholas. São cerca de 250 objetos utilizados no preparo e nas refeições. Museu da Casa Brasileira (MCB). Av. Brig. Faria Lima, 2.705, Jd. Paulistano, 3032-3727. 10h/18h (fecha 2ª). Inauguração: 3ª (15), 19h30. R$ 6 (sáb., dom. e fer., grátis). Até 8/11.

Zipper Galeria. Estela Sokol expõe oito pinturas e seis esculturas recentes na mostra ‘Mastro’. Nelas, a artista utiliza diferentes materiais, como pedras e plástico. A galeria também recebe obras de Zé Vicente no espaço Zip’Up. Zipper Galeria. R. Estados Unidos, 1.494, 4306-4306. 10h/ 19h (sáb., 11h/17h; fecha dom.). Inauguração: 5ª (17), 19h. Grátis. Até 17/10.