Boas exposições para ver no primeiro fim de semana de 2020 em São Paulo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Boas exposições para ver no primeiro fim de semana de 2020 em São Paulo

Júlia Corrêa

31 de dezembro de 2019 | 10h22

Fernando Lemos – Mais a Mais ou Menos
A exposição apresenta mais de 80 obras do artista português, entre fotografias, desenhos, aquarelas, nanquins, postais e pinturas. Sob curadoria de Rosely Nakagawa, a seleção contempla a trabalhos desde a década de 1940 até os dias de hoje. Sesc Bom Retiro. Al. Nothmann, 185, Bom Retiro, 3332-3600. 9h/21h (sáb., 10h/21h; dom. e fer., 10h/18h; fecha 2ª). Grátis. Até 26/1/2020.

Fernanda Gomes
Conhecida por lançar mão de materiais ordinários, como gesso, madeira e vidro, os quais recolhe no cotidiano, a artista apresenta a mostra no formato de uma grande instalação composta por fragmentos, que se desdobra em sete galerias do museu. O formato exige, assim, papel ativo do público para a observação do trabalho. Pinacoteca. Pça. da Luz, 2, Luz, 3324-1000. 10h/18h (fecha 3ª). R$ 10 (sáb., grátis). Até 24/2/2020.

Franz Weissmann: o Vazio Como Forma
A exposição destaca a produção do austríaco, que passou a vida no Brasil. São exibidas mais de 800 peças, entre desenhos e esculturas de tamanhos variados. Itaú Cultural. Av. Paulista, 149, metrô Brigadeiro, 2168-1777. 9h/20h30 (sáb., dom. e fer., 11h/20h; fecha 2ª). Grátis. Até 9/2/2020.

León Ferrari: Nós Não Sabíamos
A mostra exibe, pela primeira vez em sua totalidade, duas séries do artista conceitual argentino e enfatiza o aspecto político que marcou sua produção, sobretudo pela crítica contundente às instituições de arte, aos sistemas políticos e à moral vigente nas décadas de 1960 e 1970. Pinacoteca. Pça. da Luz, 2, Luz, 3324-1000. 10h/18h (fecha 3ª). R$ 10. (sáb., grátis). Até 16/2/2020.

Mostra imersiva dedicada ao mestre Leonardo da Vinci. Foto: Tiago Queiroz/Estadão

Leonardo da Vinci – 500 Anos de um Gênio
Em um área expositiva de 1,7 mil m2, a mostra (foto acima), em parceria com o Museo Leonardo da Vinci, em Roma, traz cerca de cem peças, réplicas das invenções e das obras do mestre renascentista italiano. A seção ‘Os Segredos de Mona Lisa’ revela os bastidores de criação de uma das pinturas mais importantes da história da arte. MIS Experience. R. Vladimir Herzog, 75, Água Branca, 2117-4777. 10h/20h (fecha 2ª). R$ 30/ R$ 40. Até 1º/3/2020.

Marcia Pastore: Contracorpo
A Estação Pinacoteca inaugura mostra que reúne 40 trabalhos produzidos ao longo de quase 30 anos pela artista paulista. No ambiente expositivo, suas esculturas parecem ‘emergir’ da arquitetura. Lgo. Gal. Osório, 66, Luz, 3324-1000. 10h/18h (fecha 3ª). Grátis. Até 6/4/2020.

Musicais no Cinema
Fruto de parceria entre o MIS e Musée de la Musique – Philharmonie de Paris, a mostra reúne fotografias, cartazes, trechos de filmes, figurinos de grandes musicais da história do cinema, como ‘Rocketman’ e ‘Cantando na Chuva’. MIS. Av. Europa, 158, Jd. Europa, 2117-4777. 10h/20h (dom. e fer., 10h/19h; fecha 2ª). R$ 30 (até 29/12, R$ 20; 3ª, grátis). Vendas pelo site: bit.ly/musicaisMIS. Até 16/2/2020.

O Pasquim 50anos
A exposição busca rememorar a irreverência da publicação por meio de materiais gráficos, além de atrações como a recriação de rotativas e a reprodução, em tamanho real, de alguns de seus colaboradores, como Millôr Fernandes, Vinicius de Moraes e Jô Soares. Sesc Ipiranga. R. Bom Pastor, 822, 3340-2000. 9h/21h30 (sáb., 10h/21h30; dom. e fer., 10h/18h30; fecha 2ª). Grátis. Até 12/4/2020.

Sebastião Salgado
Depois de passar pelo Sesc Avenida Paulista, a exposição chega à unidade Guarulhos. Com mais de 50 registros feitos na década de 1980, a mostra ‘Gold – Mina de Ouro na Serra Pelada’ retrata a rotina de trabalhadores no garimpo a céu aberto brasileiro. Sesc Guarulhos. R. Guilherme Lino dos Santos, 1.200, 2475-5550. 9h/21h30 (sáb., 9h/20h; dom., 9h/18h, fecha 2ª). Grátis. Até 16/2/2020.

Susan Meiselas: Mediações
A exposição destaca a produção da fotógrafa americana, integrante da Magnum Photos, contemplando quatro décadas de sua trajetória. A seleção inclui desde retratos de strippers na Nova Inglaterra, passando por imagens da Revolução Sandinista, na Nicarágua, até registros cotidianos de garotas de seu bairro, em Nova York. IMS. Av. Paulista, 2.424, metrô Paulista, 2842-9120. 10h/20h (5ª, 10h/22h; fecha 2ª). Grátis. Até 1º/3/2020.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.