Bares paulistanos celebram Dia da Cachaça com receitas especiais para a data
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bares paulistanos celebram Dia da Cachaça com receitas especiais para a data

Humberto Abdo

13 de setembro de 2019 | 14h16

Para o Dia da Cachaça, celebrado no dia 13 de setembro, bares destacam receitas com o destilado nacional

Foto: Marcela Arone

+ Instalado no subsolo de um sobrado dos anos 1930, o Cava Bar destaca o clássico ‘Rabo de Galo’ (R$ 26; foto), preparado com cachaça Claudionor, vermute carpano clássico e bitter Cynar. R. Guarará, 565, Jd. Paulista. 18h/0h (6ª e sáb., 18h/2h; fecha dom., 2ª e 3ª). Cc.: todos. Cd.: todos.

+ Três opções especiais foram criadas para a data no Eugênia Café Bar, como o ensopadinho de carne de caju flambado na cachaça de jambu Jós, servido em canecas com caldo de capim-limão (R$ 25). De sobremesa, tem a trufa de chocolate com cachaça na colher (R$ 10). Para acompanhar o menu, também será servido o drinque ‘Gaya’ (R$ 25), feito com cachaça Quinta das Castanheiras Prata Jequitibá, xarope artesanal de acerola, Cynar e limão taiti. As receitas serão servidas entre 10 e 14/9. R. Cônego Eugênio Leite, 953, Pinheiros, 3064-1352. 19h/1h (fecha dom. e 2ª). Cc.: todos. Cd.: todos.

+ No Tatu Bola Bar, uma das opções para a data é a ‘Caipirinha de Uva com Hortelã’ (R$ 24,99; foto à esq.), feita com cachaça Saliníssima, envelhecida em tonéis de bálsamo. A lista inclui, ainda, sabores como rapadura, jabuticaba e morango e maracujá. R. Augusta, 3.000, Cerqueira César, 4328-1011. 17h30/1h (sáb., 13h/1h; dom., 15h/1h; 3ª, 18h/1h; fecha 2ª. Cc.: todos. Cd.: todos.

+ No Fortunato Bar, a receita do drinque especial leva cachaça, xarope e espuma de gengibre e suco de limão-siciliano (R$ 29). R. Joaquim Távora, 1.356, V. Mariana, 4680-2966. 17h/23h (4ª e 5ª, 17h/ 23h30; 6ª, 16h30/23h30; sáb., 12h/23h30; dom., 12h/23h). Cc.: todos. Cd.: todos.

Cachaçaria Ouro Verde. Foto: Humberto Abdo

+ Em uma esquina da Rua do Oratório, a Cachaçaria Ouro Verde serve cerca de 90 rótulos de cachaças, com marcas de Estados como Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Ceará. Receitas artesanais da casa e uma ótima cachaça de jambu fazem parte da lista – com tantas opções, o ideal é pedir sugestões dos garçons. Peça, por exemplo, a Nova Aliança (R$ 11,90, a dose), envelhecida em barril de bálsamo, ou a Cedro do Líbano (R$ 16,90, a dose). R. do Oratório, 1.750, Mooca, 2084-0508. 17h30/1h (sáb., 12h30/1h; dom., 12h30/23h; fecha 3ª). Cc.: todos. Cd.: todos.

+ Com a cachaça paulista Wiba!, o Bar Diniz prepara drinques como o ‘Caravella Spritz’ (16,90), que leva licor limoncello com espumante e água-tônica. R. São Sebastião, 169, S. Amaro, 5524-1733. 17h/0h (6ª, 17h/1h; sáb., 12h/1h; dom., 12h/22h; fecha 2ª). Cc.: todos. Cd.: todos.

+ O gastrobar Piracás lista duas novidades, servidas apenas na 6ª (13): o prato ‘Barriga de Porco’ (R$ 56), carne assada lentamente em baixa temperatura com mandioquinha e gel de pimenta biquinho com cachaça Ypióca Ouro; e um drinque feito com Cachaça Ypióca 5 Chaves, tangerina, infusão de capim-limão com gengibre e pimenta rosa (R$24). Neste dia, quem pedir o prato principal ganha o drinque. R. Piracuama, 128, Perdizes, 3871-9653. 18h/1h (sáb., 12h/1h; dom., 12h/0h; 2ª e 3ª, 18h/0h). Cc.: todos. Cd.: todos.

+ Entre os dias 11 e 14/9, o St. Marche recebe o Festival da Cachaça, com workshops sobre cachaça em algumas unidades do mercado: no dia 11/9, na unidade Itaim Bibi (Av. São Gabriel, 600), das 17h às 20h45; em 12/9, no Alto de Pinheiros (Av. São Gualter, 903), das 17h às 20h; em 13/9, das 17h às 21h, na unidade Brooklin (R. Nova York, 245); e no dia 14/9 na unidade Mooca (Av. Cassandoca, 102), das 15h às 19h. As inscrições devem ser feitas no local e incluem temas como ‘Cachaça e Sustentabilidade’ e ‘História da Cachaça e da Caipirinha’. Inf.: www.marche.com.br

+ O Olívio Bar apresenta o drinque ‘Ilha Secreta’ (R$ 38), criação de João Paulo Warzée. A bebida leva Bacardi 8 anos, cachaça de banana, creme artesanal de casca de banana, vermute seco e gotas de azeite com infusão de manjericão. R. Delfina, 196, V. Madalena, 4680-2967. 12h/15h e 17h/0h (5ª e 6ª, 12h/15h e 17h/1h; sáb., 12h/1h; dom., 14h/22h). Cc.: todos. Cd.: todos.

Foto: Gladstone Campos

+ No Bar Desembargador, das 17h às 20h do dia 13/9, será servido o drinque ‘Cajueiro’ (R$ 28; foto), feito com cachaça Santo Grau Paraty, suco de caju, limão-siciliano e xarope de baunilha. Ao pedir a bebida, o cliente ganha uma dose da mesma cachaça. R. Desembargador do Vale, 253, Pompeia, 3672-3676. 17h/1h (6ª e sáb., 12h/1h; dom., 12h/22h). Cc.: todos. Cd.: todos.

+ O bar-balada Vila 567 vende, até 21h do dia 13/9, doses da cachaça de jambu Jós (R$ 22,90) no sistema double – ao comprar uma, outra é grátis. Jambu é uma erva originária da região Norte do Brasil, conhecida pela sensação de dormência e formigamento nos lábios, língua e céu da boca quando ingerida. A casa também serve três drinques: ‘Marajós’ (R$ 32,90), com xarope de maracujá e água tônica; ‘Treme Treme’ (R$ 32,90), com xarope de morango e refrigerante de limão; e ‘Tropical Mule’ (R$ 32,90), com ginger beer e espuma de frutas vermelhas. R. Aspicuelta, 567, V. Madalena. 18h/3h (6ª, 18h/4h; sáb., 16h/6h; dom., 16h/2h; fecha 2ª a 4ª). Cc.: todos. Cd.: todos.

LEIA MAIS | Novo bar na República serve bons drinques autorais e petiscos de boteco; leia a resenha

Tudo o que sabemos sobre:

barescachaçadia da cachaça

Tendências: