As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bar Drosophyla reabre em casarão dos anos 1920

Redação Divirta-se

29 de janeiro de 2015 | 15h00

Foto: Divulgação

Maria Eugênia de Menezes

Depois de passar seis meses fechado, o Drosophyla está de volta, agora em outro endereço. Deixou o espaço que ocupou por mais de uma década na Rua Pedro Taques e reabriu, no último dia 13, em um antigo casarão na rua Nestor Pestana, no Centro.

Tombado pelo patrimônio histórico, o edifício dos anos 1920 dá o tom do bar em sua nova fase. Com as restrições impostas pelos órgãos de proteção, pouco ou nada pôde ser alterado na estrutura da casa, que conserva paredes cobertas por imensos painéis de madeira e pinturas murais originais.

De estilo de nítida influência germânica, a construção tem história: foi residência de uma artista chinesa, a poeta, cantora e atriz Lili Wong. Para renovar a decoração, a inspiração veio justamente dessa antiga moradora. Os móveis, quadros e itens de memorabilia fazem menção ao que seria a China do início do século 20. Já a trilha sonora, a cargo de Adriana Tavares, mescla canções estrangeiras e brasileiras da época.

No cardápio, Madame Lili – conforme é referenciada – também surge como figura constante e pauta as renovações. Entre os novos drinques, opções como o ‘Shanghai Tang’ (R$ 26,50), que leva vodca, gengibre , licor de macadâmia e canela em pó e o ‘Jasmineiro’ (R$ 28), uma combinação de vodca, Aperol, xarope de cardamomo, água com gás, limão siciliano e chá de jasmim, servido em xícara de porcelana.

Na ala dos petiscos, as mudanças foram menos inspiradas. Sugestões como os palitos de abobrinha (R$ 18), lascas do vegetal empanadas em parmesão, e os quadradinhos de tapioca com queijo de coalho e geleia de pimenta (R$ 28) não superam itens já tradicionais na cozinha do bar, como o ‘Harumaki de lá de cima’ (R$ 28,50) massa de rolinho primavera recheada de moqueca de camarão ou o ‘Francesinho mon amour’ (R$ 44,50), queijo Camembert assado com pesto de manjericão e cogumelos.

ONDE: R. Nestor Pestana, 163, Consolação, 3120- 5535. QUANDO: 18h/1h (3ª, até 0h; 6ª e sáb., até 2h; fecha dom. e 2ª). QUANTO: Cc.: E, M e V. Cd.: E, M e V. D.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.