‘Ausência’, com Irandhir Santos, está entre as estreias de cinema da semana
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Ausência’, com Irandhir Santos, está entre as estreias de cinema da semana

Redação Divirta-se

26 de novembro de 2015 | 17h19

 

Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

Vencedor dos prêmios especial do júri e de melhor ator (Matheus Fagundes) no Festival do Rio de 2014, Ausência é um filme de poucas palavras e pequenos gestos. No segundo longa de ficção de Chico Teixeira, há imagens em que nada ‘acontece’, com cenas cotidianas e dramaticidade esparsa.

A partida e o abandono do pai atravessam o protagonista do drama, Serginho (Fagundes). A câmera discreta acompanha os que ficaram: o menino na puberdade, seu irmão pequeno e sua mãe alcoólatra (Gilda Nomacce).

Gravado na Mooca, o longa foca o amadurecimento silencioso do garoto. Enquanto tenta entender seu novo lugar na família, ele experimenta a sexualidade e, meio perdido, passa os dias trabalhando, ficando à toa ou visitando o professor Ney (Irandhir Santos), que aos poucos torna-se uma figura ambígua, entre pai e confidente. Rafael Abreu

 

 

Consolo da vida após a morte? É o que oferece Para o Outro Lado, de Kiyoshi Kurosawa. Pelo menos, à primeira vista. É assim quando Mizuki (Eri Fukatsu), uma professora viúva há três anos, vê seu marido reaparecer em casa. Ele, Ujsuke (Tadanobu Asano), não apenas retorna e reconforta a mulher, como a convida a viajar.

E o espectador também é seduzido a acompanhar o casal de novo reunido nessa viagem. Convite à fantasia, claro, que, para ser aceito, exige abolir a desconfiança e embarcar num mundo com regras próprias.

Kurosawa nos conduz por ele com delicadeza e também tomando o tempo que lhe parece necessário. Imagine-se num sonho: o filme é isso. De certa forma, o cinema, e toda a representação artística, também o são.

A emoção é o veículo que serve a essa mágica que o diretor, com imagens suaves, sabe produzir. Luiz Zanin Oricchio

 

Chico – Artista Brasileiro foi dirigido por um amigo próximo do cantor: Miguel Faria Jr., diretor de outro documentário sobre Vinicius de Moraes, ‘Vinicius’ (2005). No longa, uma apresentação de Chico Buarque é entremeada por depoimentos em que o compositor comenta momentos de sua carreira na música e na literatura.

 

Diretor de filmes de suspense como ‘Sinais’ (2002) e ‘O Sexto Sentido’ (1999), o indiano
M. Night Shyamalan lança um novo longa de terror. Em A Visita, duas crianças, Rebecca (Olivia DeJonge) e Tyler (Ed Oxenbould), descobrem um segredo macabro de seus avós ao passar um tempo na casa deles, enquanto a mãe viaja.

 

OUTRAS ESTREIAS

American Ultra: Armados e Alucinados
(American Ultra, EUA-Suíça/2015, 96 min.) – Comédia. Dir. Nima Nourizadeh. Com Jesse Eisenberg, Kristen Stewart, Connie Britton. O maconheiro Mike não sabe que foi treinado pela CIA em combates e técnicas letais. Ele e Phoebe, sua namorada deprimida, se tornam alvo de uma operação do governo americano. 16 anos. DUBLADO: Plaza Sul. LEGENDADO: Anália Franco, Bourbon – Espaço Itaú Pompeia, Central Plaza, Cidade Jardim, Eldorado, Frei Caneca – Espaço Itaú, Interlar Aricanduva, Jardim Sul, Market Place, Metrô Santa Cruz, Metrô Tucuruvi, Pátio Paulista, Shopping D.

Através
(Brasil/2015, 105 min.) – Drama. Dir. André Michiles, Fabio Bardella e Diogo Martins. Com Cinthia Rodríguez Paredes, Geovanys Federico Vistoste. Em 2012, os cubanos passam a poder viajar para o exterior mais facilmente. Com a abertura, Cintia considera a possibilidade de se mudar para os EUA, onde mora o namorado. 16 anos. Caixa Belas Artes.

Ídolo
(Brasil/2014, 103 min.) – Documentário. Dir. Ricardo Calvet. O longa aborda Nilton Santos, lateral esquerdo do Botafogo. O jogador sabia tanto de futebol que seu apelido era ‘Enciclopédia’. 12 anos. Frei Caneca – Espaço Itaú.

Iván
(Brasil/2015, 109 min.) – Documentário. Dir. Guto Pasko. Documentário sobre Iván Bojko, um ucraniano que sobreviveu à Segunda Guerra. Tirado de seu país para fazer trabalho forçado na Alemanha, conseguiu fugir para o Brasil em 1948. Livre. Frei Caneca – Espaço Itaú.

Para o Outro Lado
(Kishibe no Tabi, Japão/2015, 129 min.) – Drama. Dir. Kiyoshi Kurosawa. Com Eri Fukatsu, Tadanobu Asano, Yû Aoi. Três anos após a morte de seu marido, a viúva Mizuki recebe uma visita dele, que a convida para uma viagem. 14 anos. Espaço Itaú Augusta, Iguatemi Alphaville.

Três Lembranças da Minha Juventude (leia resenha aqui)
(Trois Souvenirs de Ma Jeunesse, França/2015, 120 min.) – Drama. Dir. Arnaud Desplechin. Com Quentin Dolmaire, Lou Roy Lecollinet, Mathieu Amalric. No drama, premiado em Cannes neste ano, Paul relembra três momentos importantes de sua vida. 16 anos. Cinearte, Reserva Cultural.

Victor Frankenstein
(Victor Frankenstein, 2015/2015, 110 min.) – Fantasia. Dir. Paul McGuigan. Com James McAvoy, Daniel Radcliffe, Jessica Brown Findlay. Igor Strausman é o assistente do famoso cientista Victor Frankenstein, antes de criar sua ‘criatura’. Ao vê-lo se tornar em um idealista antiético, Igor tenta salvá-lo da loucura. 12 anos. DUBLADO: Anália Franco, Boavista, Boulevard Tatuapé, Central Plaza, Interlagos, Interlar Aricanduva, Jardim Sul, Lapa, Mais Shopping Largo 13, Marabá, Metrô Itaquera, Metrô Tatuapé, Metrô Tucuruvi, Penha, Plaza Sul, Santana Parque, Shopping D, SP Market, Tietê Plaza, West Plaza. LEGENDADO: Anália Franco, Boulevard Tatuapé, Bourbon – Espaço Itaú Pompeia, Bristol, Cidade Jardim, Cidade São Paulo, Eldorado, Iguatemi Alphaville, Jardim Sul, JK Iguatemi, JK Iguatemi (4DX), Kinoplex Vila Olímpia, Lar Center, Marabá, Market Place, Metrô Santa Cruz, Metrô Tucuruvi, Mooca Plaza, Pátio Higienópolis, Pátio Paulista, Plaza Sul, Splendor Paulista, Villa Lobos.

Confira o roteiro completo de cinema aqui.