‘Aladdin’ é aventura grandiosa para toda a família
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Aladdin’ é aventura grandiosa para toda a família

Redação Divirta-se

23 de maio de 2019 | 15h26

Foto: Disney Enterprises

Danilo Casaletti  (especial para o Estado)

Bastam poucos minutos de Will Smith na pele do Gênio, no ‘live-action’ de Aladdin, para perceber que um dos personagens mais icônicos da Disney lhe cai muito bem. E o desafio é grande: na versão animada da história, lançada em 1992, quem emprestou, brilhantemente, a voz ao personagem foi Robin Williams.

Quando Smith aparece na tela, na primeira metade do filme, o longa ganha novo ritmo – o ator imprime uma fala ágil, dando ênfase às piadas. A direção de Guy Ritchie ajuda na tarefa, e o Gênio torna-se uma figura contemporânea.

Smith também forma uma grande dupla com Mena Massoud, que vive Aladdin – emprestando malícia ao candidato à príncipe que, anti-herói, transita entre o órfão que comete pequenos delitos para sobreviver e o moço capaz de tudo para conquistar o amor  da solitária princesa Jasmine (Naomi Scott).

Embora seja uma aventura  musical, a música não é a protagonista. Mas ela gera bons momentos no filme – especialmente o da cena que mostra a chegada do príncipe Ali a Agrabah, cidade fictícia onde se passa a história. A sequência é grandiosa e o diretor explora as cores e os costumes do Oriente. É de encher a tela.

Por todos esses elementos, ‘Aladdin’ apresenta-se como um filme que pode agradar a diferentes faixas etárias – está longe de ser indicado somente para crianças. Trata-se de um remake com inspiradas cenas de perseguição e grandes efeitos visuais. Vale para toda a família.

Confira salas e horários de exibição 

Tudo o que sabemos sobre:

cinemaestreias

Tendências: