15 boas exposições para visitar neste fim de ano em SP
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

15 boas exposições para visitar neste fim de ano em SP

Júlia Corrêa

20 de dezembro de 2018 | 19h42

ÚLTIMA SEMANA

Albano Afonso
O artista apresenta ‘Viver em Mundo Abstrato’, mostra composta por uma grande instalação, esculturas, pinturas, desenhos e fotografias inéditas. Casa Triângulo. R. Estados Unidos, 1.324, Jd. América, 3167-5621. 10h/19h (fecha dom.). Grátis. Até sáb. (22).

Grande Coletiva de Arte Naïf
Com obras de nomes como Ana Maria Dias, Eduardo Ungar e Lourdes de Deus, a Galeria Jacques Ardies apresenta a exposição que tradicionalmente encerra suas atividades anuais. R. Morgado de Mateus, 579, V. Mariana, 5539-7500. 10h/17h30 (sáb., 10h/16h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até sáb. (22).

Hugo Curti
Esculturas, fotografias, desenhos e objetos fazem parte da exposição ‘Tudo Posso Naquilo que me Conduz’. Com referências surrealistas, o artista busca ‘ressignificar’ objetos do cotidiano. Emmathomas Galeria. Al. Franca, 1.054, Jd. Paulista, 3045-0755. 11h/19h (sáb., 11h/ 15h; fecha dom.). Grátis. Até 6ª (21).

ARTE E PASSEIO

Quadrinhos
Com revistas, artes originais e itens raros, a exposição conta a trajetória das HQs em uma experiência imersiva por 14 ambientes, que incluem áreas dedicadas a regiões como a América Latina e os Estados Unidos, editoras como a Marvel e a DC Comics, além de estúdios como os de Ziraldo e Mauricio de Sousa. MIS. Av. Europa, 158, Jd. Europa, 2117-4777. 10h/22h (dom. e fer., 9h/20h; fecha 2ª).
Fecha 2ª (24) e 3ª (25). R$ 30. Até 31/3/2019. Vendas pelo site: www.ingressorapido.com.br

Trem das Onze – Uma Viagem pelo Mundo de Adoniran
A exposição destaca a vida e a obra de Adoniran Barbosa (1910-1982) por meio do acervo do músico. Entre os itens exibidos, estão partituras de músicas, objetos pessoais e trechos de filmes e vídeos. Farol Santander. R. João Bricola, 24, Centro, 3553-5627. 9h/20h (dom., 9h/19h; fecha 2ª). Fecha 3ª (25). R$ 20. Até 27/1/2019.

EM CARTAZ

50 Anos de Realismo – Do Fotorrealismo à Realidade Virtual
A mostra apresenta representações da realidade na arte contemporânea. Com cerca de 90 obras de 30 artistas, como Hildebrando de Castro e John de Andrea, a mostra traz exemplos de fotorrealismo, hiper-realismo e realidade virtual. CCBB. R. Álvares Penteado, 112, Centro, 3113-3651. 9h/21h (fecha 3ª). Fecha 2ª (24) e 3ª (25). Grátis. Até 14/1/2019.

Ai Weiwei Raiz
A mostra reúne 70 obras do chinês, com curadoria de Marcello Dantas. Trabalhos emblemáticos dele são expostos ao lado de obras inéditas, resultado de uma imersão do artista na cultura brasileira. Oca. Pq. Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portões 1, 2 e 3, 5082-1777. 11h/20h (dom. e fer., 11h/19h; fecha 2ª), com visitas de hora em hora. Fecha 2ª (24) e 3ª (25). R$ 20 (vendas pelo site: eventim. com.br/exporaiz). Até 20/1/2019.

A Biblioteca à Noite
Concebida pelo multiartista canadense Robert Lepage, em parceria com o escritor argentino Alberto Manguel, a mostra propõe, a partir de realidade virtual, uma imersão por bibliotecas ao redor do mundo, como a Biblioteca da Abadia de Admont, na Áustria; a Biblioteca do Congresso Americano. Sesc Avenida Paulista. Av. Paulista, 119, metrô Brigadeiro, 3170-0800. 10h30/21h (dom. e fer., 10h30/18h30; fecha 2ª). Fecha 2ª (24) e 3ª (25). Grátis (necessário agendamento pelo site: bit.ly/agdbiblio). Até 10/2/2019.

Burle Marx: Arte, Paisagem e Botânica
Com curadoria de Cauê Alves, a exposição (foto) reúne 70 trabalhos do artista (1909-1994), entre desenhos, pinturas, esculturas, tapeçarias, projetos paisagísticos e registros de espécies botânicas. MuBe. R. Alemanha, 221, Jd. Europa, 2594-2601. 10h/18h (fecha 2ª). Fecha 2ª (24) e 3ª (25). Grátis. Até 17/3/2018.

Foto: SRBM/IPHAN/MINC

Claudia Andujar – A Luta Yanomami
Com mais de 300 obras da fotógrafa brasileira, a exposição, com curadoria de Thyago Nogueira, traça um panorama de sua dedicação ao povo indígena ianomâmi, desde os anos 1970. IMS. Av. Paulista, 2.424, metrô Paulista, 2842-9120. 10h/20h (5ª, 10h/22h; fecha 2ª). Fecha 2ª (24) e 3ª (25). Grátis. Até 7/4/2019.

Imagens Impressas: um Percurso Histórico pelas Gravuras do Itaú Cultural
Com mais de cem itens, a exposição mapeia seis séculos da produção gráfica europeia, incluindo trabalhos de nomes como Delacroix, Goya, Manet, Rembrandt e Toulouse-Lautrec. Além disso, ganham destaque duas obras incorporadas recentemente à coleção: a litogravura ‘David et Bethsabée’, de Pablo Picasso, e a xilogravura ‘Girls on the Bridge’, assinada por Edvard Munch. Av. Paulista, 149, metrô Brigadeiro, 2168-7777. 9h/20h30 (sáb., dom. e fer., 11h/20h; fecha 2ª). Fecha de hoje (21) a 3ª (25). Grátis. Até 17/2/2019.

Lasar Segall: Ensaio Sobre a Cor
A questão cromática na produção de Lasar Segall é tema da mostra, que reúne 87 pinturas, desenhos, fotos e documentos do artista. Sesc 24 de Maio. R. 24 de Maio, 109, metrô República, 3350-6300. 9h/21h (dom. e fer., 9h/18h; fecha 2ª). Fecha 3ª (25). Grátis. Até 5/3/2019.

Masp
O museu abre duas mostras simultâneas. ‘Lucia Laguna: Vizinhança’ reúne 21 obras da produção recente da pintora, que trazem como tema a paisagem observada pela janela de seu ateliê no Rio de Janeiro. E ‘Pedro Figari: Nostalgias Africanas’ apresenta 63 telas do pintor modernista uruguaio, que registra a memória e os costumes da população afro de seu país. Av. Paulista, 1.578, metrô Trianon-Masp, 3149-5959. 10h/18h (3ª, 10h/20h; fecha 2ª). Fecha 2ª (24) e 3ª (25). R$ 35. Até 10/2/2019.

Rafael e a Definição da Beleza – Da Divina Proporção à Graça
Além de três obras originais de Rafael de Urbino, como a pintura ‘La Perla di Modena’, são exibidos trabalhos de discípulos como Giulio Romano e Perin del Vaga. A mostra também conta com recursos visuais, como uma projeção, em escala original, de ‘Escola de Atenas’. Centro Cultural Fiesp. Av. Paulista, 1.313, metrô Trianon-Masp, 3146-7439. 10h/22h (dom., 10h/20h; fecha 2ª). Fecha 2ª (24) e
3ª (25). Grátis. Até 13/1/2019.

Rosana Paulino: A Costura da Memória
Na retrospectiva, são exibidas mais de 140 obras que revelam uma das marcas principais da artista – a abordagem crítica de temas sociais, étnicos e de gênero. Entre os destaques, a série ‘Bastidores’, realizada em diferentes suportes, busca escancarar o ‘silenciamento’ de mulheres negras. Pça. da Luz, 2, metrô Luz, 3324-1000. 10h/18h (fecha 3ª). Fecha 2ª (24) e 3ª (25). R$ 6 (sáb., grátis). Até 4/3/2019.