11º Festival de Cinema Latino-americano de São Paulo exibe 118 filmes de 13 países
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

11º Festival de Cinema Latino-americano de São Paulo exibe 118 filmes de 13 países

Rafael Sousa Muniz de Abreu

14 Julho 2016 | 16h45

CINER5 MAE SO HA

Foto: Divulgação.

11º Festival de Cinema Latino-americano de São Paulo exibe 118 filmes de 13 países de 20/7 a 27/7. O festival ocupa oito salas da cidade, dando destaque aos trabalhos de mulheres, que dirigiram 53 dos filmes da programação.

A sessão de abertura, realizada no quarta-feira (20/7), às 20h30, no Memorial da América Latina, é do longa ‘Mãe Só Há Uma’ (2016; foto), de Anna Muylaert, homenageada desta edição.

A seguir, confira os destaques da programação:

Memorial da América Latina (tenda de projeções):
4ª (20):

20h30 – Sessão de Abertura: Mãe Só Há Uma (2016), de Anna Muylaert.

5ª (21):

16h – Espantalho (2012), de Ricardo del Conde e No Corpo Errado (2010), de Marilyn Solaya.

18h – Horizontes Mínimos (2012), de Marcos Pimentel.

20h – Que Horas Ela Volta? (2015), de Anna Muylaert.

Memorial da América Latina (Espaço Petrobrás de Encontros):

5ª (21):

11h – Homenagem a Anna Muylaert, com a diretora e Laerte.

Memorial da América Latina. Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664, Barra Funda, 2769-8098. Grátis.

CineSesc:
5ª (21):

15h – A Riqueza do Diabo (1952), de Alejandro Galindo.

17h – Parque Lênin (2015), de Itziar Leemans e Carlos Mignon.

19h – A Última Terra (2016), de Pablo Lamar.

21h – Maria Candelária (1943), de Emilio Fernández.

Cinesesc. R. Augusta, 2.075, Cerqueira César, 3087-0500. R$ 10.

CCBB:

5ª (21):

15h – Sessão de Curtas e Vídeos, de Anna Muylaert.

17h – Laura (2010), de Felipe Barbosa.

19h – Querido Camilo (2007), de Daniel Ross Mix e Julio Molina.

CCBB. R. Álvares Penteado, 112, Centro, 3113-3651. R$ 10.

CCSP:

5ª (21):

16h – Na Palma de Tua Mão (1950), de Roberto Gavaldón.

18h – Enamorada (1946), de Emilio Fernández.

CCSP. R. Vergueiro, 1.000, Paraíso, 3397-4002. R$ 8.

Spcine Olido:
5ª (21):

17h – Durval Discos (2002), de Anna Muylaert.

Spcine Olido. Av. São João 473, Centro, 3331-8399. Grátis.