Zumbi

Sonia Racy

10 de janeiro de 2012 | 23h10

Alckmin pediu à Secretaria de Justiça urgência no processo de reconhecimento de comunidades quilombolas do Estado. Com isso, as famílias comprovadamente descendentes de quilombos entram em programas sociais específicos.

A ordem do governador será repassada ao Instituto de Terras em reunião nos próximos dias.

Zumbi 2

Em 2005, no primeiro mandato, Alckmin liberou verba para o reconhecimento de dez dessas comunidades. Sete anos depois, apenas metade delas passou por estudos e foi reconhecida, segundo dados apresentados pela deputada Leci Brandão.

O documento diz ainda haver cerca de 40 comunidades, somando 5 mil famílias, na fila do reconhecimento.

Zumbi 3

Na mesma reunião, o governador prometeu campanha para dar mais publicidade à lei que criminaliza o racismo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.