Zélia no teatro

Sonia Racy

02 de setembro de 2011 | 23h01

Comemorando 30 anos de carreira, Zélia Duncan se aventura no teatro. Com a experiência de quem estudou há muitos anos na CAL, do Rio, ela estreia hoje o espetáculo TôTatiando, no Sesc Belenzinho – homenagem à obra de Luiz Tatit.

TôTatiando é uma peça de teatro, um show ou um musical solo?

Eis a pergunta mais difícil. É o desejo de representar os personagens que há em muitas das músicas de Tatit. Ou representar a maneira como eu as vejo, de forma teatral.

Por que homenagear Luiz Tatit?

Por pura paixão e arrebatamento pela sua obra.

Qual é sua experiência teatral?

Fiz Casa das Artes de Laranjeiras há muitos anos. Participei de uma montagem de O Mambembe, de Arthur de Azevedo, por Amir Haddad. Sempre procurei atores para dirigir meus shows musicais por gostar desse olhar sobre o trabalho.

E a carreira musical?

Vai muito bem. Este espetáculo é o segundo dos três presentes que estou me dando pelos 30 anos de carreira. O primeiro foi o DVD Pelo Sabor do Gesto – Em Cena, que acabei de lançar e com o qual estou em turnê. O último será um álbum só com canções de Itamar Assumpção.

/DÉBORA BERGAMASCO

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: