Zé Celso comemora liminar que impede obras na área do Teatro Oficina

Zé Celso comemora liminar que impede obras na área do Teatro Oficina

Sonia Racy

27 Setembro 2018 | 00h10

JOSÉ CELSO MARTINEZ CORRÊA

JOSÉ CELSO MARTINEZ CORRÊA. FOTO: DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO

“É inacreditável”, comemorou ontem por telefone, à coluna, o diretor José Celso Martinez Corrêa ao saber que o Ministério Público do Meio Ambiente pediu à Justiça, em liminar, que impeça o início das obras imobiliárias na área do Teatro Oficina.

“Aquilo foi resolvido sem nenhuma discussão séria”, emendou. “Fico feliz de saber que temos muita gente de olho nisso, e do nosso lado”. Na liminar, o promotor Carlos Henrique Camargo também pede que se suspenda a tramitação do assunto na Secretaria de Urbanismo, no Conpresp e no Condephaat.