Yusk Imai

Yusk Imai

Redação

31 de janeiro de 2009 | 06h00

Foto: Paulo Giandalia/AE

Ele desenha desde sempre, mas só resolveu “pintar de verdade” há três anos. O suficiente para decolar no exterior. Com quadros expostos na Itália e dois projetos em andamento, uma mostra em Munique e outra individual em Tóquio, Yusk, que usa as raízes japonesas como principal inspiração, prova que não brinca em serviço: “Pinto todos os dias, sem exceção.”

Leia outras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.