XP enfrenta boatos sobre caminhos de sócios

Sonia Racy

27 de janeiro de 2019 | 00h55

Além do desgaste promovido pelo BTG contra a XP Investimentos, a corretora enfrenta boatos sobre caminhos de sócios. Dos fundadores, Henrique Loyola saiu em 2013, Marcelo Maisonnave em 2015 e Julio Capua – braço direito de Guilherme Benchimol – vendeu metade de suas ações no ano passado.

Neste ano, deixou a XP o número quatro na hierarquia, Daniel Lemos.

Pelo que se apurou, as alterações não se devem a qualquer briga. A mobilidade seria fruto do modo como o partnership foi montado, abrindo espaço a novos participantes, evitando o que aconteceu com outras corretoras.

Leia mais notas da coluna:
PF paulista já usa ‘metas’ de Bolsonaro para pedir mais pessoal
Presidente em exercício, Mourão recebe prefeitos

Mais conteúdo sobre:

XP Investimentos