Wizard proíbe, na Aloha, venda porta a porta aos domingos

Wizard proíbe, na Aloha, venda porta a porta aos domingos

Sonia Racy

10 Dezembro 2017 | 01h10

CARLOS WIZARD

CARLOS WIZARD. FOTO: CLAYTON DE SOUZA/ESTADÃO

Novato no concorrido mercado de venda porta a porta com a recém-criada Aloha, Carlos Wizard – fundador da Wizard, hoje Multi Educação – assustou-se com a cultura do setor, de promover eventos em fins de semana. Proibiu, sob pena de rescisão contratual, qualquer atividade da empresa aos domingos.

Leia mais notas da coluna: 

IDDD vai participar da ação do PSOL para descriminalizar aborto

Exposição de gravuras chega ao Tomie Ohtake em 2018