Fake news no WhatsApp preocupam governo, diz secretário

Fake news no WhatsApp preocupam governo, diz secretário

Sonia Racy

19 Outubro 2018 | 00h45

WHATSAPP. FOTO: ÁLVARO IBÁÑEZ/CREATIVE COMMONS

WHATSAPP. FOTO: ÁLVARO IBÁÑEZ/CREATIVE COMMONS

Enquanto Twitter, Google e Facebook tiveram agilidade no combate às fake news, o WhatsApp “permanece como desafio”, na avaliação de Thiago Camargo Lopes.

O secretário de Políticas Digitais do governo Temer explicou à coluna que o WhatsApp tem mostrado preocupação, à secretaria e ao TSE, com “possível uso indevido da plataforma”.

Entre as atitudes tomadas pela equipe do Whats está a limitação de grupos e encaminhamentos. “Infelizmente, não foi suficiente”, avalia Lopes. O maior desafio, explica, é combater o fenômeno sem diminuir a privacidade do cidadão ou da liberdade de expressão.

Leia mais notas da coluna:
Bolsonaro quer distribuir celulares como estratégia de comunicação
Magno Malta, derrotado, agora busca ministério