Wajngarten tem apoio mas ‘continua sob pressão’

Wajngarten tem apoio mas ‘continua sob pressão’

Sonia Racy

18 de janeiro de 2020 | 00h30

FABIO WAJNGARTEN. FOTO: NIKLTON FUKUDA/ESTADÃO

Fábio Wajngarten, uma das pontes entre Bolsonaro e a comunidade judaica paulista, conta – até aqui – com o apoio de seus pares judeus. Interlocutores que o conhecem acham que seu caso é “uma questão política” e não de conflito de interesses. Fábio é chefe da Comunicação do Planalto e ao mesmo tempo dono da JW, que tem contratos com empresas que recebem do governo. Para essas fontes, Fábio não aguenta a pressão. “Dependendo do nível, ele pede para sair”.

Surpresa de olavistas com Alvim
atravessou a madrugada

O vídeo que derrubou Roberto Alvim chegou às mãos de olavistas por volta de 23 horas da quinta, duas horas antes de a imprensa divulgar. Incrédulo, Olavo de Carvalho, dos EUA, perguntou: “Mas ele cita mesmo Goebbels”? Do outro lado, o interlocutor com quem ele falava teve que ler o que disse o agora ex-secretário.

Médico a bolsonaristas sobre
ex-ministro: ‘a neurociência explica’

Olavo, que é guru de Bolsonaro, já havia dito que o então secretário não estava “bem da cabeça”. Ao que apurou a coluna, um médico chegou a dizer a bolsonaristas, meses atrás, que o caso do dramaturgo “a neurociência explica” e que o quadro poderia piorar devido ao estresse a que Alvim estava submetido.

André Sturm foi sondado
para suceder Alvim

André Sturm, segundo uma fonte, enviou mensagem de agradecimento a Alvim pelo convite que este lhe fizera para ser secretário do Audiovisual. Alvim respondeu agradecendo por tê-lo “ajudado”. Ontem, Sturm recebeu telefonema sondando-o para a vaga, antes de Regina Duarte.

Secos e Molhados
vão ‘virar filme’

Depois de longo silêncio, João Ricardo, criador do grupo Secos e Molhados, vai contar em filme a história da banda. Com produção da Interface, que fez o documentário Sepultura Endurance e A Árvore da Música.

O show…

A inauguração do Centro de Convenções de Salvador acontece em duas datas: uma dia 23, com show de Maria Bethânia, contratada pela GL Events, que vai administrar o local pelos próximos 25 anos. E outra dia 26, com apresentação de Cláudia Leitte, organizada pela Prefeitura, que construiu o centro. Cláudia não cobrou cachê.

….continua

“Como o governo do Estado abandonou o antigo centro, a gente decidiu construir um novo, na orla da Boca do Rio, que vai representar uma movimentação econômica anual em torno de R$500 milhões em 50 setores ligados ao turismo”, disse à coluna ACM Neto.

Homenagem

Confirmadas para dia 23 as presenças de Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre. Nome do estádio? Antonio Carlos Magalhães. A homenagem está em lei sancionada por Neto.

 

Família de Gugu vai
criar fundação beneficente

Maria do Céu Liberato, mãe de Gugu, e a tia dele, Aparecida Liberato, aproveitaram encontro informal na quarta-feira com Doria, no Palácio, para falar de projetos em nome do apresentador, que devem tomar corpo nos próximos meses — e que contam com apoio e simpatia do governador tucano.

O primeiro será uma fundação ou instituto para capacitação de pessoas de baixa renda e estímulo ao empreendedorismo. O segundo, uma parceria com a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos, ABTA, para estimular doações ainda em vida. Ação que terá Gugu como protagonista.

 

Tendências: