Voto de segundo turno em Bolsonaro ‘custou’ 4 centavos

Sonia Racy

30 Outubro 2018 | 00h45

BOLSONARO E HADDAD. FOTO: ADRIANO MACHADO E RODOLFO BUHRER/REUTERS

BOLSONARO E HADDAD. FOTO: ADRIANO MACHADO E RODOLFO BUHRER/REUTERS

Considerando a arrecadação das campanhas, cada voto de segundo turno em Jair Bolsonaro custou meros 4 centavos. Já o voto em Haddad custou 69 centavos

Leia mais notas da coluna:
Atenção agora irá aos sinais que Bolsonaro dará sobre política econômica
Muitos eleitores optam por ‘look’ branço, em aceno a paz