Voto de protesto

Redação

14 de outubro de 2008 | 08h13

O partido de Soninha “kassabou”, mas ela deve mesmo anular o voto. “Não quero pregar isso, mas estou quase decidida a votar 23, ou seja, nulo.” Motivo? A vereadora classificou como “ato terrorista de campanha” o spot do PT questionando se Gilberto Kassab é casado e tem filhos.

Por outro lado, ela também diz que não gostou nada, nada de seu nome ser usado na campanha de Kassab.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: