Votação do Estatuto de Segurança Privada deve demorar

Sonia Racy

28 Abril 2018 | 00h47

Tudo indica que vai demorar, no Senado, a votação do Estatuto de Segurança Privada, recém-chegado da Câmara. Na polêmica entre transportadoras de valores e empresas ligadas aos bancos, pelo direito de transportar valores no País, estas últimas sustentam que a concentração do setor, de fato, está do outro lado.

Com eleições no horizonte, a aposta é que o presidente da Casa, Eunício Oliveira, deixará o texto na gaveta enquanto der. Leia-se, até 2019.

Leia mais notas da coluna:

Lei sancionada por Temer “teria impedido” que Dilma deixasse o poder

Juiz impede Estado de pagar R$ 85 mil por retrato de Serra