Vodu na vitrine

Sonia Racy

26 de maio de 2010 | 08h58

Pouco mais de quatro meses depois do terremoto no Haiti, o Museu Afro Brasileiro tira do forno uma mostra de arte vodu do país.

“Importa” 300 obras da ilha, acompanhadas de Yves Telemac, artista especializado em trabalhos religiosos para ministrar oficinas no Museu.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: