Viva a Amélia

Sonia Racy

20 de agosto de 2011 | 23h06

Consumidoras reclamaram ao Conar do comercial da Sky. Classificaram de machista o fato de Gisele Bündchen esfregar o chão e buscar cerveja para o marido.

Não por acaso, uma conselheira foi escalada como relatora do caso. Por unanimidade, a ONG “absolveu” a campanha.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: