Visitantes da Bienal homenageiam Jaider Esbell

Visitantes da Bienal homenageiam Jaider Esbell

Sonia Racy

03 de novembro de 2021 | 20h00

 

Homenagens na Bienal de Arte de São Paulo para Jaider Esbell. Foto: Frederico Mendes

Homenagens na Bienal de Arte de São Paulo para Jaider Esbell. Foto: Frederico Mendes

Quem visitou a 34ª Bienal de Arte de São Paulo ontem, no dia em que Jaider Esbell faleceu, viu flores depositadas junto a algumas obras e legendas da exposição. Eram homenagens anônimas e espontâneas do público ao artista makuxi que morreu inesperadamente.

Esbell, que também atuava como escritor, curador e ativista, teve um papel central no movimento de consolidação da arte indígena contemporânea no Brasil. As homenagens dos visitantes mostram que sua memória e sua luta permanecem vivas assim como seu legado.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.