Viracopos pode virar hub para facilitar comércio com a China

Viracopos pode virar hub para facilitar comércio com a China

Sonia Racy

08 de agosto de 2019 | 10h58

AEROPORTO DE VIRACOPOS. FOTO VIRACOPOS.COM

Hub chinês?

Na linha empreendimento próprio, tentando juntar pontas, o Edgard Leite Advogados Associados montou projeto detalhado visando a operação do aeroporto de Viracopos, em Campinas. Com ele em mãos, está negociando com investidores chineses interessados em assumir a concessão.

O escritório concluiu, depois de levantamento feito, que o aeroporto tem grande potencial, na condição de hub, para receber e distribuir carga comercializada entre Brasil e China.

Segundo Edgard Leite, “as negociações estão em estágio avançado”.

Hub 2

Ontem, a iniciativa ganhou novo adendo com a publicação do decreto 9.957 – que regulamenta qualquer devolução amigável de concessão à União. Ele vem complementar a lei de 2017. Sabe-se que a falta dessa regulamentação empurrou a concessionária de Viracopos para recuperação judicial, tentando evitar caducidade.

Segundo round

Com a decisão de se transferir Lula para Tremembé, em SP – horas depois cancelada no STF – já se pergunta quanto falta para o TRF-4, em Porto Alegre, dar sua sentença sobre o caso de Atibaia.

A apelação da defesa está desde final de junho, pelo que se apurou, nas mãos do relator do processo, Pedro Gebran Neto – sem prazo para decidir. Dele, o processo segue para um revisor, que avaliará em detalhes tudo de novo.

Segundo round 2

Só depois disso o caso será pautado para julgamento final na 8.ª Turma do TRF gaú-cho. “A sentença pode sair em um mês ou ficar para o ano que vem”, resume fonte da coluna.

Terceiro round

No horizonte, outro prazo incerto para Lula: a discussão sobre prisão em segunda instância no STF, que Toffoli desmarcou, mas pode remarcar a qualquer momento.

Back to the future
Os que se preocupam com Gustavo Franco, ex-BC, podem se tranquilizar. Depois de um sangramento interno na cabeça seguido de tratamento adequado – não foi necessária operação –, o economista e integrante do Novo sai sem sequelas do acidente vascular. E passa bem no hospital Samaritano do Rio.
.
Tipo importação

Pelo que se apurou, há grandes chances de o tradicional Prêmio de Música Brasileiro ser realizado em São Paulo ainda este ano. Depois de 30 anos de prestígio e reconhecimento de parte do público, de artistas e mídia especializada.

Reconhecimento

Na moda eco-fashion, o Brasil começa a se destacar. Vanessa Montoro, por exemplo, foi convidada – pela segunda vez – a desfilar este ano em Mônaco. A estilista vende grande parte de sua pequena e sofisticada produção para o mercado externo.

Reconhecimento

Vanessa foi a primeira marca de luxo brasileira a conseguir o selo B de sustentabilidade. “Não pela urgência que ela merece, mas por consciência”, explica. Segredo? Trabalha com fios de seda ‘fiados’ em roca e tingidos, manualmente, com pigmentos naturais.

 

Leia mais notas da coluna:
+China terá lei exigindo 10% de etanol na gasolina
+‘Não há como prever futuro da guerra EUA-China’, diz Gustavo Loyola

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: