Violência da polícia e de manifestantes faz parte população deixar de ir às ruas na Colômbia

Violência da polícia e de manifestantes faz parte população deixar de ir às ruas na Colômbia

Sonia Racy

07 de maio de 2021 | 00h40

Proposta de reforma tributária na Colômbia deflagrou uma ‘guerra’ entre o governo e a população. Foto: Carlos Ortega/EFE

Apesar do tamanho sem precedentes na história da Colômbia, os protestos – iniciados depois do aumento de impostos proposto pela reforma tributária – estão perdendo apoio de parte da população, segundo fonte diplomática conhecedora dos problemas do país vizinho.

Por um lado, porque “a polícia da Colômbia não estava preparada para lidar com esse tipo de protesto e muitas vezes reagiu mal” e por outro, porque surgem hoje, nas as redes sociais, “vídeos de vandalismo explícito dos manifestantes”.

A proposta de reforma foi retirada por Iván Duque. As manifestações ganharam força na crise da pandemia diante do “auxílio econômico baixo e de curta duração”.

Muro 

 Quem assistiu ontem de manhã, ao depoimento de Marcelo Queiroga, na CPI da Pandemia, teve a sensação que o ministro da Saúde fez de tudo para evitar problemas para seu antecessor Eduardo Pazuello.

Deu respostas como “sou aqui testemunha e posso testemunhar pelos fatos que presenciei”…

 Posição neutra 

 Atacada nas redes, conforme publicou a coluna anteontem, Gabriela Manssur, promotora de Justiça, não se arrepende de ter ido a almoço com Bolsonaro na semana passada. “Dialogo com todas as pessoas, independentemente de quem elas sejam.”

Portugal- Brasil 

Surdina, do cineasta português Rodrigo Areias, vai estrear no Brasil no dia 13. Com roteiro do escritor valter hugo mãe – em seu primeiro trabalho como roteirista – o longa leva o público a um Portugal interiorano.

Segundo Rodrigo, o clima tem muito do cinema brasileiro. “Eu diria que o diretor brasileiro que mais me influenciou foi o Glauber Rocha”, conta. Na plataforma de streaming do Cine Sesc.

 Madrid online 

Quatro clássicos de Pedro Almodóvar produzidos nos anos 1980 e 1990 estreiam em exibição gratuita no streaming do CineSesc.

Maus hábitos, Mulheres a Beira de um Ataque de Nervos, A Flor do Meu Segredo e Carne Trêmula ficam em cartaz até dia 20 deste mês.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.