Vinho quente 2

Sonia Racy

04 de janeiro de 2011 | 23h07

A “invenção” deste selo foi patrocinada pelos produtores de vinhos do Rio Grande do Sul.

A princípio, a Receita Federal rejeitou a tese. No entanto, instância superior foi convencida pelo presidente da Federação das Indústrias do RS, Paulo Tigre. Justificativa? Evitar contrabando.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.