Villalva é tido como estudioso, sério e prático

Villalva é tido como estudioso, sério e prático

Sonia Racy

12 Janeiro 2019 | 00h55

MÁRIO VILALVA, BOLSONARO E ERNESTO ARAÚJO. FOTO: MRE

MÁRIO VILALVA, BOLSONARO E ERNESTO ARAÚJO. FOTO: MRE

Quem conhece de perto o embaixador Mario Vilalva, novo presidente da Apex, garante que o polêmico episódio que precedeu sua nomeação terminou muito bem. Villalva é definido, entre amigos, como “diplomata estudioso, sério e muito prático”.

Como embaixador na Alemanha foi figura fundamental, é o que se diz, para a posição do Brasil na Conferência do Clima de 2017, em Bonn. Também soube cuidar de problemas migratórios quando atuou em Boston – e seu livro sobre a África do Sul tornou-se “uma espécie de bússola” do Itamaraty e das diplomacias continentais.

Leia mais notas da coluna:
+ MP decide investigar se André Sturm violou princípios ao afastar o Odeon do Municipal
Advogados ‘terão de se manter vigilantes’, diz criminalista